Quando Bryan Danielson saiu da WWE e rumou à AEW, deixou claro que queria também lutar noutras promotoras de Wrestling, quer seja na NJPW no Japão ou até noutras promotoras independentes norte-americanas.

No entanto, cerca de oito meses e dezenas de combates na AEW depois, isso ainda não aconteceu, e alguns fãs de Wrestling começam a “desesperar” por ver o experiente lutador noutro ringue que não apenas o de Tony Khan.

Já durante um evento da DEFY no passado fim de semana, Jon Moxley falou aos fãs e afirmou que se estes fizerem barulho suficiente, talvez da próxima vez ele leve Bryan Danielson até lá, para lutar na promotora.

No entanto, na Wrestling Observer Newsletter desta semana, Dave Meltzer explicou que a AEW apenas permite que Bryan Danielson lute em cidades pelas quais já tenha passado, o que não é o caso de Seattle.

Assim, o “American Dragon” não deverá poder aparecer e lutar pela DEFY antes que a AEW passe pela principal cidade do estado de Washington, a menos que essa política tenha ou venha a ser mudada.


Gostarias de ver Bryan Danielson a lutar noutras promotoras além da AEW?

14 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Ui, não é possível, então, a empresa da liberdade não deixa o Bryan fazer o que quer?

  2. Cebola3 semanas

    Título da matéria muito tendencioso…

    • Blissful3 semanas

      Não. Se a AEW não permite porque eles ainda não passaram pelo local, continua sendo uma restrição como qualquer outra.

  3. Taty Castellanos3 semanas

    Maior bobagem tenque passar pela cidade pro Bryan danielson luta na outra promotora ? Simplesmente Tony kham

    • Facebook Profile photo
      Klaus3 semanas

      Na verdade faz sentido. Assim a empresa ganha dinheiro com as estréias. Se o wrestler ja tiver passado por lá as pessoas ja não tem interesse em ver mais do mesmo.

    • Ximira2 semanas

      Na verdade eu acredito que deveria ser ao contrário Klaus, o certo seria as pessoas assistirem a performance do wrestler no show (seja um house show ou circuito indie), elas se interessam e procuram onde o lutador que o agradou trabalha…
      Desse jeito, o talento em questão ganha fãs novos (ou ativa novamente os antigos) e,por consequência, trás novos espectadores ao show que ele performa (que no caso é o AEW Dynamite e Rampage).

  4. El Cuebro3 semanas

    Sinceramente essa política é um tanto ridícula hein, eu pensei que o Tony fosse tranquilo quanto a dar certa liberdade para seus atletas lutarem em indies e/ou outros eventos por aí, mas essa “regra” é um tanto sem noção, torcer para a AEW chegar logo à costa oeste! Outro dia eu vi um post de eventos da empresa em Las Vegas e Los Angeles, respectivamente na T-Mobile Arena e no Inglewood Forum, irão mesmo acontecer?

  5. Política ridícula ou não, o Bryan aceitou por isso criticarem a empresa não faz sentido nenhum

    • Facebook Profile photo
      Klaus3 semanas

      Exactamente. Se preferem a WWE aonde os bons wretlers viram jobbers, façam favor de voltarem para lá

  6. Não era suposto ter mais liberdade? Pobre dele..

  7. O Tony Khan já está começando a virar o Vince mcmahon……

    • The Name3 semanas

      Só por isto? O que o Vince já fez de mal dava para escrever um livro e muito mais 😂