A AEW transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do Rampage no canal TNT, a partir da Blue Cross Arena em Rochester, Nova Iorque.

O AEW Rampage é transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– Bryan Danielson venceu Nick Jackson
– Jade Cargill venceu Thunder Rosa e Nyla Rose (No Disqualification Triple Threat Match)
– Orange Cassidy venceu Jack Evans (Hair vs Hair Match)

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Bryan Danielson venceu Nick Jackson: O membro dos Young Bucks quis começar a brincar e a provocar Bryan Danielson, mas este fê-lo pagar durante vários minutos, atacando de forma bastante agressiva, quer fosse com strikes, quer fosse com manobras de submissão.

Nick Jackson só conseguiu virar o embate a seu favor quando atirou Bryan Danielson para fora do ringue e nas costas do árbitro o seu irmão atacou o “American Dragon”.

O lutador dos The Elite dominou até ao momento em que decidiu começar aos pontapés ao seu adversário, e isso irritou Bryan Danielson que começou a virar o embate a seu favor, isto até dar um pontapé contra o poste do ringue.

Os dois lutadores mantiveram-se bastante agressivos e depois de várias quase vitórias, o “American Dragon” acertou várias cotoveladas antes de aplicar o seu Cattle Mutilation e ter feito Nick Jackson desistir.

Assim que o combate terminou, a The Elite veio ao ringue ajudar Nick Jackson, sendo que os Jurassic Express e Christian Cage vieram em auxílio de Bryan Danielson. O esperado aconteceu e os lutadores envolveram-se numa brawl que terminou com Jungle Boy fazer Adam Cole desistir com o a sua Snare Trap e com Bryan Danielson a fazer Kenny Omega desistir com a LeBell Lock.

A seguir tivemos a Team Taz a enviar uma mensagem a Brian Cage, mensagem essa que foi enviada através de um video package por parte do FTW Champion Ricky Starks.

Em seguida tivemos CM Punk a explicar que conseguiu vencer Powerhouse Hobbs por pouco e que ele quer tentar vencer os melhores, mesmo que acabe por morrer tentando. Como tal, quem quiser chegar-se à frente tem de perceber que a hora da sesta está sempre no menu quando entram em ringue contra ele.

– Jade Cargill venceu Thunder Rosa e Nyla Rose (No Disqualification Triple Threat Match): Thunder Rosa tentou despachar as suas adversárias o mais rapidamente possível, mas a força de Jade Cargill e Nyla Rose foram um factor bastante importante neste embate. Com o passar dos minutos tivemos várias armas a entrar em ação, sendo que quando estavam no apron a lutar, Thunder Rosa fez Nyla Rose atravessar uma mesa que estava fora do ringue.

Parecia que a antiga NWA Women’s Champion ia vencer, mas Jade Cargill com várias cadeiradas virou o ímpeto a seu favor e acabou mesmo por vencer este combate.

Logo a seguir ouvimos Malakai Black a explicar que a black mist que usou no combate contra Cody Rhodes foi algo que lhe veio do coração, e que quanto aos outros lutadores da AEW, há muitos que têm de pagar a sua conta.

O video package que vimos a seguir foi do novo TNT Champion Sammy Guevara, onde este falou do desafio feito por Bobby Fish para o combate que irá acontecer no próximo Dynamite.

A seguir foram anunciados os primeiros 4 lutadores para o Casino Ladder Match que acontecerá no próximo Dynamite, sendo eles: Jon Moxley, Lance Archer, PAC e Andrade El Idolo.

Antes do main event tivemos Mark Henry a entrevistar os lutadores que irão lutar no mesmo, com Matt Hardy e Jack Evans decididos em cortar o cabelo de Orange Cassidy. Já o “Freshly Squeezed”, só neste momento percebeu que o seu cabelo estava em jogo e então explicou que não vai perder.

– Orange Cassidy venceu Jack Evans (Hair vs Hair Match): Os jogos psicológicos de Orange Cassidy fizeram com que este dominasse durante os primeiros minutos, sendo que o popular lutador só perdeu o controlo deste main event por causa de Matt Hardy. Jack Evans dominou durante alguns minutos, mas o “Freshly Squeezed” acabou por usar a sua pouca ortodoxa ofensiva para virar o combate a seu favor, mas foi o lutador da Hardy Family Office que teve as primeiras verdadeiras oportunidades para vencer este Hair vs Hair Match.

Quando Orange Cassidy estava prestes a vencer, vários lutadores do grupo de Matt Hardy tentaram interferir, mas foram parados pelos Best Friends. Matt Hardy chamou mais lutadores, mas a Dark Order também veio em auxílio de Orange Cassidy. Toda esta confusão abriu espaço para que este último acertasse o seu Orange Punch e vencesse o combate.

Enquanto os Best Friends rapavam o cabelo a Jack Evans foi anunciado que Orange Cassidy e Matt Hardy também irão participar no Casino Ladder Match do próximo Dynamite, sendo que o Joker do combate só será conhecido durante o mesmo.

O AEW Rampage terminou com os Best Friends e a Dark Order a dar um abraço!


O que achaste do AEW Rampage desta semana?

7 Comentários

  1. O Bryan é tão bom… até contra uma vassoura…

  2. Gostei:
    – Bryan Danielson vs Nick Jackson. Combate fantástico. Ambos os lutadores estiveram ótimos, especialmente Jackson dado a raridade de ele ter um singles match. Danielson vence com o Cattle Mutilation.
    – Após o combate, parecia que Omega, Cole e Matt Jackson iam atacar Danielson mas os Jurassic Express e Christian salvaram. A brawl termina com Danielson e Jungle Boy a prender Omega e Cole em manobras de submissão, enquanto Luchasaurus e Christian mantém o restante da Elite longe. Um bom segmento mas que já começa a ser mais do mesmo…
    – Promo package de CM Punk. Ele diz que experiência permitiu a vitória contra Powerhouse Hobbs e há que continuar agora. Curioso para ver a próxima feud de CM Punk. Isto é um sonho meu, mas não me importava que fosse Spears.
    – Thunder Rosa vs Nyla Rose vs Jade Cargill. Uma boa triple threat, com muita ação e muitas armas. Jade Cargill vence após espancar Rosa com uma cadeira.
    – Orange Cassidy vs Jack Evans, Hair vs Hair. Era o que se esperava, comédia, Orange Cassidy a fazer coisas brutais com as mãos nos bolsos e Jack Evans a voar. A HFO tentou interferir mas os Best Friends e a Dark Order impediram, e com isto, Cassidy vence. Após o combate, Cassidy rapa a cabeça de Jack Evans. Em geral foi ótimo.

    Não Gostei:
    – Promo de Ricky Starks. Ele fala de Brian Cage. Uma promo bem básica, algo nada habitual em Starks.

    Overall: 7/10. Um bom episódio do Rampage. Não teve nada de impressionante, mas foi tudo maioritariamente bom. Só aponto o único negativo: a feud da Team Taz e Brian Cage já passou o prazo de validade.

  3. L26MC3 semanas

    Bryan vs Nick – Combate super técnico por parte do Bryan, o Nick acabou por não fazer quase nada no combate. Esperava pela habilidade que o Nick Jackson têm em ringue que conseguisse criar um grande combate, mas preferiram dar apenas destaque ao Bryan e tornar a sua vitória meio óbvia e fácil.
    Gostei do segmento pós luta.

    Rose vs Thunder vs Jade – Combate muito mau trabalhado. Gostei da Thunder a mandar a Rose para cima da mesa, mas segundos depois a Jade com aqueles músculos todos, parecia que aquelas cadeiradas todas não faziam mossa a ninguém, não sei se só eu é que achei.
    Vitória meio óbvia e deve ser provavelmente a Jade a próxima a desafiar a Baker pelo título, sempre achei que era ela que ia tirar o título à Baker, mas espero bem que a Baker mantenha porque não sei se espero grande qualidade se houver um futuro combate entre ambas.

    Main Event: Orange vs Evans – Combate sem grandes expectativas, serviu mesmo para entreter o pessoal, de resto nem o segmento final, nem o combate cativaram-me.

    Se desse uma nota a este Rampage seria um 4/10, diria que o combate da noite foi Bryan vs Nick Jackson e mesmo assim nem foi lá grande coisa.

    • Achei o show nada de especial, mas bem agradável como sempre, por isso discordo da nota negativa
      Achei um bom combate a começar, óbvio que Bryan iria ganhar, também gostei do segmento posterior.
      Rose vs Thunder vs Jade, também achei um bom combate. Acho que serviu para baixar a Thunder Rosa nos rankings para não desafiar já a Britt Baker, e creio que a Shida será a próxima candidata pois acho que se vencer a Serena passa para a frente do ranking.
      Quanto ao main event foi entretido. Destaco a parte do Brodie Lee Jr, a AEW sabe mesmo como fazer estas coisas
      Por tudo isto a minha nota seria um 6 ou 7

  4. Episódio digerível de se assistir. Belo opener entre Bryan Danielson e Nick Jackson e bom pós-match em que há um confronto entre The Elite e Bryan, Christian Cage e Jurassic Express, e final enternecedor com a Dark Order a festejar no centro do ringue.

  5. Anónimo3 semanas

    Bom combate entre o Bryan e Nick Jackson.