A AEW transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do Rampage no canal TNT, a partir da NOW Arena em Chicago, Illinois, rumo All Out do próximo domingo, dia 4 de Setembro.

Resultados

– “Hangman” Adam Page & Dark Order (Alex Reynolds & John Silver) venceram Orange Cassidy & Best Friends (Chuck Taylor & Trent Beretta) (Semi-final do AEW World Trios Championship Tournament)
– Rey Fenix venceu Blake Christian
Ortiz & Ruby Soho venceram AAA Mixed Tag Team Champions Sammy Guevara & Tay Melo (Non-Title Match)
– Ricky Starks venceu QT Marshall

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– “Hangman” Adam Page & Dark Order (Alex Reynolds & John Silver) venceram Orange Cassidy & Best Friends (Chuck Taylor & Trent Beretta) (Semi-final do AEW World Trios Championship Tournament): Os Best Friends quase ganharam nos momentos iniciais quando Danhausen amaldiçou “Hangman” Adam Page com essa distração dominaram os minutos iniciais deste opener, isto até que o ex-AEW World Champion virou o ímpeto a favor da sua equipa.

A dupla da Dark Order e de “Hangman” Adam Page dominou durante alguns momentos, mas o trio dos Best Friends voltou a equilibrar as contas e com isso as quase vitórias foram começando a surgir de forma cada vez mais frequente.

No final, até parecia que os Best Friends iriam seguir para a final, mas John Silver com um pin rápido em Chuck Taylor venceu o combate.

A seguir, tivemos um video package a promover o combate entre Eddie Kingston e Tomohiro Ishii que vai acontecer no Zero Hour do All Out.

– Rey Fenix venceu Blake Christian: Os dois lutadores entraram a 100 à hora e Blake Christian até foi tendo um pouco mais de ofensiva que Rey Fenix, porém o luchador conseguiu virar o ímpeto a seu favor e com o Fear Factor conquistou a vitória.

Nos bastidores, o FTW Champion HOOK ia ser entrevistado, mas foi logo interrompido por Matt Menard e Angelo Parker. O campeão quis enfrentar os dois logo naquele momento, mas “Daddy Magic” afirmou que o jovem terá de esperar pelo All Out.

– Ortiz & Ruby Soho venceram AAA Mixed Tag Team Champions Sammy Guevara & Tay Melo (Non-Title Match): Este embate começou de forma agressiva, com a dupla de Ortiz & Ruby Soho a levarem a melhor nos minutos iniciais, isto até que que Sammy Guevara e Tay Melo fizeram batota para virar o ímpeto a seu favor.

O casal dominou durante alguns minutos, mas Ortiz conseguiu aguentar a ofensiva e fez o tag a Ruby Soho que com a sua ofensiva quase venceu o combate sozinha. Nos minutos seguintes, as duas equipas foram tendo hipóteses para vencer, e no fim Ruby Soho apanhou Tay Melo com um O’Connor Roll e ganhou este combate.

Nos bastidores, a Dark Order e “Hangman” Adam Page iam ser entrevistados, mas Don Callis interrompeu-os, o que irritou o ex-campeão que expulsou o manager para fora do balneário.

A seguir, Mark Henry entrevistou a TBS Champion Jade Cargill e Athena, com a campeã a afirmar que a “Fallen Goddess” irá ser a sua 37ª vítima. Já Athena prometeu que iria vencer, para se vingar de todas as pessoas que tiveram de lidar com Jade Cargill e as Baddies.

Ainda no backstage, Tony Schiavone entrevistou os AEW Tag Team Champions Shane “Swerve” Strickland & Keith Lee e os The Acclaimed, com as duas equipas a prometer vitória no All Out.

De regresso ao ringue tivemos o TNT Champion Wardlow e os AAA, ROH & IWGP Champions FTR, com Dax Harwood a falar do ano incrível que eles estão a ter, mas rapidamente foi interrompido pelos Motor City Machine Guns, que vinham acompanhados pelo grupo liderado por Jay Lethal. Alex Shelley afirmou que os FTR até podem ser a melhor equipa do Mundo, mas não respeitados como os Motor City Machine Guns, sendo que a promo terminou com Sonjay Dutt a insultar a filha de Dax Harwood.

Antes do main event, tivemos Mark Henry a entrevistar QT Marshall e Ricky Starks, com o “Absolute” a revelar que trancou os restantes membros dos The Factory no balneário, o que fez com que os dois começassem à pancada ainda no balneário.

– Ricky Starks venceu QT Marshall: A agressividade continuou bastante alta quando o combate começou de forma oficial, e acabou por ser QT Marshall que foi levando a melhor durante alguns minutos, mas Ricky Starks nunca se deixou ficar.

O “Absolute” foi começando a virar o ímpeto deste main event, até que os outros membros dos The Factory tentaram interferir, mas Ricky Starks conseguiu livrar-se deles e já dentro do ringue acertou um Spear seguido do Roshambo que lhe deu a vitória.

Assim que o combate terminou, Powerhouse Hobbs veio ao ringue e envolveu-se numa brawl com Ricky Starks, que teve de ser parada por vários árbitros, sendo que na mesa de comentadores Bryan Danielson veio provocar Chris Jericho.


O que achaste deste AEW Rampage?

1 Comentário

  1. Gostei:
    – Best Friends & Cassidy vs The Dark Order & Page. O típico Trios Match da AEW – divertido de se ver. A ação foi muito boa, as nearfalls igualmente. O resultado era previsível e continuo a achar a vitória da The Elite na final óbvia, apesar da inclusão do Adam Page neste torneio.
    – Guevara & Melo vs Ortiz & Soho. Foi sólido, com as 2 mulheres a terem o destaque, Soho pelo seu trabalho in ring e Melo pelos seus maneirismos heel. Agora, isto deu na semana passada. Voltou a dar hoje. E ainda vamos ter uma 3ª vez seguida no PPV. Por amor da Santa.

    Não Gostei:
    – Rey Fenix vs Blake Christian. Squash. Continuando.
    – Ricky Starks vs QT Marshall. Cumpriu o seu propósito de dar uma vitória ao Ricky antes do seu combate com Hobbs. Esta match em si, medíocre.

    Overall: 5.5/10. Mais um Rampage esquecível, o que é fraco para um go-home show. O único destaque vai para o combate de abertura.