A AEW transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do Rampage no canal TNT, a partir da MVP Arena em Albany, Nova Iorque, rumo ao Grand Slam dos próximos dias 21 e 23 de Setembro.

Resultados

– Darby Allin venceu Matt Hardy
– Penelope Ford venceu Willow Nightingale
– Ethan Page venceu Danhausen
ROH World TV Champion Samoa Joe venceu Josh Woods

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Darby Allin venceu Matt Hardy: O opener do Dynamite começou de forma técnica, mas a agressividade começou a aumentar com o passar dos minutos e foi Matt Hardy que com um erro de Darby Allin acabou por ficar no controlo.

O veterano dominou durante algum tempo, mas o ex-TNT Champion nunca se dá por vencido e começou a suar a sua velocidade para virar o ímpeto a seu favor. Nos minutos seguintes, os dois lutadores foram tendo hipótese para vencer e no final Darby Allin conseguiu apanhar Matt Hardy com o Last Supper e conquistou a vitória.

Depois do combate terminado, as luzes da arena apagaram-se e quando se reacenderam, Brody King atacou Matt Hardy, tendo a seguir, desafiado Darby Allin e Sting para um combate de equipas sem desqualificações no Rampage: Grand Slam.

A seguir, foi também anunciado para o Rampage, um combate entre Eddie Kingston e Sammy Guevara.

Em ringue tivemos o ROH World Champion Claudio Castagnoli e Wheeler Yuta em ringue a serem entrevistados por Tony Schiavone, com o jovem a não perder tempo a dizer que irá aprender com a sua derrota e irá reconquistar o ROH Pure Championship. Já o ROH World Champion Claudio Castagnoli, falou do combate entre Jon Moxley e Bryan Danielson no Dynamite e que não interessa quem ganha, o Blackpool Combat Club irá ter sempre dois campeões mundiais.

Chris Jericho interrompeu então a entrevista e afirmou que ele é o melhor campeão de sempre e quer o seu oitavo título mundial e quer conquistar um título que nunca conquistou, o ROH World Championship. O “Lionheart” formalizou então o desafio para que esse combate aconteça no próximo Dynamite, tendo Claudio Castagnoli aceitado o desafio de bom grado.

Nos bastidores, a TBS Champion Jade Cargill estava a ser entrevistada, mas foi interrompida por Diamante que a desafiou para um combate no Grand Slam.

– Penelope Ford venceu Willow Nightingale: WIllow Nightingale usou a sua força para ter o ímpeto inicial, mas Penelope Ford com alguma batota à mistura ficou no controlo deste embate. O domínio durou pouco tempo, pois Willow Nightingale voltou a virar o combate a seu favor e quase venceu por algumas vezes.

No final, Penelope Ford virou o ímpeto a seu favor e com um Indian Deathlock fez a sua adversária desistir.

Nos bastidores, foi anunciada a Grand Slam Golden Ticket Battle Royal, que acontecerá no próximo Rampage e em que o vencedor irá ganhar uma hipótese de lutar pelo AEW World Championship. Quando a Dark Order estava a ser entrevistada sobre este combate, Rush interrompeu-os e tentou comprar o grupo, mas estes rejeitaram a oferta.

– Ethan Page venceu Danhausen: Ethan Page não deu hipótese e em cerca dum minuto venceu Danhausen.

A seguir, tivemos uma promo de Ricky Starks a dizer que Powerhouse Hobbs irá pagar pelo que lhe fez e os dois se irão ver em Nova Iorque.

Antes do main event, Mark Henry entrevistou Josh Woods que prometeu vitória, já o ROH World TV Champion Samoa Joe, afirmou que para além de ir vencer, ainda irá confrontar Mark Sterling após o combate.

– ROH World TV Champion Samoa Joe venceu Josh Woods: O main event abriu de forma agressiva e foi Samoa Joe que foi levando a melhor, até que uma distração abriu espaço para Tony Nese atacar o campeão e ajudar Josh Woods a ficar no controlo.

O domínio durou alguns minutos, mas o “Samoan Submission Machine” não se deu por vencido e foi começando a aumentar o ritmo para equilibrar as contas deste combate. Nos minutos seguintes, ambos os lutadores quase venceram, sendo que no final Tony Nese tentou interferir mas sem sucesso, pois Samoa Joe conquistou a vitória com o seu Muscle Buster.

Após o combate, Tony Nese e Josh Woods atacaram Samoa Joe pelas costas, isto até o TNT Champion Wardlow aparecer e fazer os dois lutadores e Mark Sterling fugir. O Rampage terminou com o anúncio que Samoa Joe e Wardlow irão enfrentar Tony Nese e Josh Woods num combate de equipas.


O que achaste deste AEW Rampage?

3 Comentários

  1. Bom Rampage, destaco o combate do Samoa Joe, mas ele também está noutro nível não é? Que combate técnico, muito bom.
    Até o combate da Penelope eu gostei.
    Ethan Page vai mostrar que merece o destaque que vai receber, fantástico wrestler, e vai crescer muito.
    Darby Allin vs Matt Hardy foi bom mas foi melhor a história que veio a seguir deste, mal posso esperar por esse tag team match, pena o que se envolveu com Jeff Hardy porque ainda me lembro que os Hardys eram para se terem tornado tag team champions, que Jeff Hardy recupere dessa doença e que a AEW consiga o ajudar rapidamente.

  2. Anónimo2 semanas

    Destaco o main event.

  3. Gostei:
    – Matt Hardy vs Darby Allin. O típico “novato” vs veterano. Houveram boas sequências e bons spots. O Matt Hardy ainda tentou sacar algumas coisas novas, mas a agilidade do Darby sobressaiu.
    – Chris Jericho desafia Claudio Castagnoli pelo ROH Title. Vai ser um combate interessante de se ver. O segmento em si foi sólido, nada por aí além.
    – Samoa Joe (c) vs Josh Woods. O combate foi bom, mas podia ter sido muito melhor sem todas as distrações e interferências. Devia ter tido um final limpo.

    Não Gostei:
    – Penelope Ford vs Willow Nightingale. Um combate medíocre. A Willow foi o destaque, a conseguir conectar-se com o público. A Penelope não foi nada por aí além, tirando ali no final onde finalmente ganhou alguma chama.
    – Ethan Page vs Danhausen. Squash. Avançando.

    Overall: 3.5/10. Não sei, pá, a cada episódio do Rampage fico com menos vontade de o ver. Começa a parecer um bocado o Dark, tirando um ou outro combate. Esperemos que o especial da próxima semana seja bem melhor.