A AEW transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do Rampage no canal TNT, a partir do Petersen Events Center em Pittsburgh, Pensilvânia.

Resultados

Adam Cole venceu Tomohiro Ishii (Men’s Owen Hart Tournament Qualifying Match)
– Lance Archer venceu Serpentico
– Eddie Kingston venceu Daniel Garcia
– TBS Champion Jade Cargill venceu Marina Shafir

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Adam Cole venceu Tomohiro Ishii (Men’s Owen Hart Tournament Qualifying Match): Tomohiro Ishii usou a sua força e agressividade para dominar Adam Cole, sendo que este teve problemas em colocar a sua estratégia em jogo.

Com a agressividade empregue pelos dois lutadores, as quase vitórias foram começando a surgir rapidamente, sendo que por várias vezes parecia que o “Stone Pitbull” iria sair deste Rampage vitorioso. No final, Jay White atacou Rocky Romero que estava perto do ringue, o que distraiu o lutador japonês, e isso abriu espaço para que Adam Cole primeiro com um golpe baixo e depois o Boom conquistasse a vitória.

A seguir tivemos imagens da Jericho Appreciation Society a ser barrada à porta da arena, tendo só Daniel Garcia autorização para entrar.

Nos bastidores, Lexy Nair estava a tentar entrevistar HOOK, mas foram interrompidos por Danhausen que estava a destruir um pacote de batatas. HOOK agarrou o estranho lutador e explicou que se ele queria a sua atenção já a tem.

– Lance Archer venceu Serpentico: Serpentico ainda tentou dar luta, mas Lance Archer não teve problemas em acertar o seu Blackout que lhe garantiu a vitória. Assim que o combate terminou, o “Murderhawk Monster” acertou mais três Chokeslams no seu adversário.

– Eddie Kingston venceu Daniel Garcia: Os dois lutadores entraram de forma bastante agressiva, algo que beneficiou o “Mad King” que dominou até que o jovem o atirasse contra o poste.

Daniel Garcia dominou durante alguns momentos, mas o equilíbrio foi a nota de destaque deste embate. O cansaço foi sendo cada vez mais evidente e com isso as quase vitórias foram sendo bastante frequentes, e no final, Eddie Kingston acertou o seu Spinning Back Fist e conquistou a vitória sobre Daniel Garcia.

Depois do combate terminar, o “Mad King” pegou no seu cinto para chicotear Daniel Garcia, mas depois pegou no microfone e explicou que estas chicotadas estão guardadas para Chris Jericho.

Nos bastidores, Keith Lee e Swerve Strickland foram entrevistados e estes afirmaram que Taz lhes estragou o combate na semana passada, e voltaram a desafiar os lutadores da Team Taz para um combate.

Continuando no backstage, Tony Schiavone entrevistou Dr. Britt Baker D.M.D., Jamie Hayter e Toni Storm, com esta última a dizer que na primeira ronda irá vencer Jamie Hayter e se calhar na segunda irá vencer a ex-campeã.

A seguir tivemos a habitual promo entre os dois lutadores do main event do Rampage, tendo Mark Sterling falado da festa que irá acontecer depois da vitória de Jade Cargill e com Marina Shafir a prometer que irá ser a próxima TBS Champion.

– TBS Champion Jade Cargill venceu Marina Shafir: Marina Shafir entrou de forma agressiva, sendo que Mark Sterling teve de distrair a árbitra para que fora do ringue Red Velvet e Keira Hogan se juntassem a Jade Cargill no ataque a candidata principal.

Isso abriu espaço para que a campeã dominasse durante vários minutos, mas Marina Shafir usou a sua técnica e agressividade para equilibrar a contenda. No final, a lutadora moldava quase fez a campeã desistir, mas a campeã invicta resistiu e no final acertou o seu Jaded que lhe garantiu a 30ª vitória na sua carreira.


O que achaste deste AEW Rampage?

6 Comentários

  1. Excelente show. A Jade só melhora.

  2. L26MC2 meses

    Bom combate entre o Cole e o Ishii, não conhecia este último, ontem dei uma leve espreitadela no YouTube e deu para ver que era um tipo duro, ainda assisti a 2 vitórias dele, uma contra o Omega e outra contra o Keith Lee… lutador interessante e é incrível o nível que se apresentam estes veteranos, da NJPW.
    Vamos ver como se vai desenrolar esta parceria entre o Jay e o Cole, visto que trabalham para empresas diferentes e vão ter que colidir.

    Gosto bastante do Archer, mas o percurso dele começa a parecer o do Strowman na WWE, mas muito pior.
    O Archer engrena uma sequência de vitórias, é lançado para uma disputa por um título, perde, desaparece e volta para engrenar novamente uma sequência de vitórias, é lançado para uma disputa pelo título, perde e desaparece… voltasse novamente a repetir a mesma ideia. Está difícil.
    Cada vez vejo menos futuro nele, na empresa, vamos ver se a ROH vêm trazer melhorias e mais espaços.

    A Jade, têm melhorado bastante a cada combate, têm crescido bastante em termos de personagem, como disse anteriormente este título TBS, está lado a lado, com o título mundial.
    Curioso para ver onde vai parar este recorde e quem o vai destronar.

  3. Zickelous2 meses

    Bom combate da Jade e Marina, mas acho que desandou um pouco no momento que a Marina foca na perna dela e ela anda como se nada tivesse acontecido

  4. El Cuebro2 meses

    Jade e Marina fazendo um grande main event hein, acho que foi a melhor luta que vi de ambas, a Marina foi certamente a oponente mais forte que a Jade encarou até agora pelo TBS Title, pelo menos em minha visão, e espero que ambas tenham mais bons combates pela frente, no caso a Marina mais combates num todo e quem sabe possamos vê-las no futuro combatendo pelo Women’s World Title, no mais grande luta do Eddie e do Garcia, duas gerações diferentes em ação, Archer destruindo e ainda Cole e Ishii num combate bem duro, o “pitbull” do Japão não foi nada moleza!

  5. Gostei:
    – Adam Cole vs Tomohiro Ishii. Ótimo combate. Cole mudou o seu estilo de luta para esta match e funcionou muito bem, com ótimas near falls nos últimos momentos. No entanto, o final saiu mal, o que é uma pena.
    – Entrevista com Hook, interrompida por Danhausen. Isto é talvez o maior momento da história da AEW: Hook falou!!! Adoro esta feud!
    – Daniel Garcia vs Eddie Kingston. Foi um bom combate. Podia ter sido bem melhor, mas não me importo do que tivemos aqui.
    – Jade Cargill (c) vs Marina Shafir. Aceito a opinião da malta que não gostou deste combate, mas eu achei ótimo. A história do combate em si entregou e parece que o treino de Danielson a Cargill está a mostrar frutos. Jade Cargill está cada vez melhor a cada combate que passa, tanto em ring como em character work. Ótimo final de show.

    Não Gostei:
    – Lance Archer vs Serpentico. Squash para Lance Archer (para variar 🙄). Ao menos temos um Archer vs Wardlow na próxima semana e isso deve ser divertido.

    Overall: 6/10. Um Rampage divertido. Não tão bom quanto semanas anteriores, mas nem sempre podemos ter o melhor conteúdo possível. Destaco o main event e o combate de abertura.

  6. Anónimo2 meses

    Ótimo combate entre o Adam Cole e Tomohiro Ishii. Destaco também o fato de o Hook ter falado pela primeira vez.