A AEW transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do Rampage no canal TNT, a partir do Liacouras Center em Philadelphia, Pennsylvania.

Resultados

– AEW World Tag Team Champions The Acclaimed (Anthony Bowens & Max Caster) venceram Private Party (Isiah Kassidy & Marq Quen) e The Butcher & The Blade
– Lee Moriarty venceu Fuego Del Sol
– Jamie Hayter venceu Willow Nightingale
– RUSH venceu John Silver

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– AEW World Tag Team Champions The Acclaimed (Anthony Bowens & Max Caster) venceram Private Party (Isiah Kassidy & Marq Quen) e The Butcher & The Blade: Os campeões entraram melhor neste opener, mas rapidamente o caos se instalou, algo que beneficiou a dupla de The Butcher & The Blade.

Ainda assim nenhuma das equipas conseguiu ter um domínio muito claro e com isso, o cansaço foi sendo cada vez mais evidente.

Com as três equipas a ficar cada vez mais perto da vitória, os seis lutadores foram mostrando cada vez maior sentido de urgência e no final, os campeões conseguiram limpar o ringue, tendo Anthony Bowens deixado The Blade por terra, o que permtiu a Max Caster acertar o Mic Drop que deu a vitória aos Acclaimed.

Nos bastidores, Stokely Hathaway, The Gunn Clubb & W. Morrisey foram entrevistados, com os filhos de Billy Gunn a desafiarem os Acclaimed para um combate pelos AEW World Tag Team Championships.

A seguir, Lexy Nair entrevistou a TBS Champion Jade Cargill que afirmou não haver competição para ela. Nyla Rose, Marina Shafir & Vickie Guerrero confrontaram a campeã, tendo a “Native Beast” lançado um desafio à campeã invicta.

– Lee Moriarty venceu Fuego Del Sol: Lee Moriarty dominou desde cedo, sendo que Fuego Del Sol tentou fazer de tudo para ter alguma ofensiva, mas sem muito sucesso. No final, Lee Moriarty aplicou o Border City Stretch e conquistou a vitória.

Após o combate, W.Morrissey aplicou um Chokeslam em Fuego Del Sol para alegria de Stokely Hathaway.

Nos bastidores, Preston “10” Vance, Evil Uno e “Hangman” Adam Page estavam a ser entrevistados mas foram interrompidos por Jose The Assistant & Andrade El Idolo. O lutador mexicano não perdeu tempo e desafiou Preston “10” Vance para um combate máscara vs carreira.

– Jamie Hayter venceu Willow Nightingale: As duas lutadoras entraram de forma agressiva e a tentarem usar a sua força para dominar, tendo sido Willow Nightingale que conseguiu ter o ímpeto do seu lado.

Ainda assim, Jamie Hayter virou o rumo do combate a seu favor e dominou durante alguns minutos, mas Willow Nightingale nunca se deu por vencida e começou a equilibrar as contas deste embate.

No final, as duas lutadoras ficaram perto da vitória por várias vezes, mas o fator decisivo acabou por ser uma distração causada por Britt Baker que abriu espaço para Jamie Hayter conquistar o combate depois dum grande Delayed German Suplex e da sua Ripcord Lariat.

No backstage, o TNT Champion Wardlow e o ROH TV Champion Samoa Joe fizeram uma promo onde afirmaram que quem se meter no seu caminho irá sofrer.

No ringue, tivemos Ryan Nemeth a insultar a cidade de Filadélfia, Rocky Balboa e a ECW, uma ideia que lhe correu mal, quando o FTW Champion HOOK apareceu e o atacou.

Quando HOOK já estava de saída, os Trustbusters apareceram e deram um envelope ao jovem.

A seguir, tivemos o AEW Jon Moxley e “Hangman” Adam Page a falar sobre o combate que terão pelo título, com o ex-campeão a dizer que precisa do título e está desapontado em saber que este embate será na cidade natal do atual campeão.

A seguir, John Silver e Rush foram entrevistados, tendo o mexicano afirmado que ia destruir o membro da Dark Order.

Ainda antes do main event, tivemos Trent Beretta a lançar um desafio ao AEW All-Atlantic Champion PAC para a próxima edição do Battle of the Belts.

– Rush venceu John Silver: O main event começou de forma algo técnica, mas John Silver começou a levar a melhor, isto até que Rush conseguiu virar o ímpeto a seu favor. “El Toro Blanco” dominou durante vários minutos, mas o popular lutador da Dark Oder nunca se deu por vencido e com o passar do tempo começou a virar o ímpeto a seu favor, tendo até quase vencido depois duma sequência de vários golpes.

As quase vitórias continuaram a suceder-se e no final, Andrade El Idolo distraiu John Silver o que abriu espaço para Rush acertar uma cabeçada e o Bull’s Horns que lhe deu a vitória.

Assim que o combate terminou, Andrade El Idolo atacou Alex Reynolds e John Silver, o que fez com que vários elementos da Dark Order aparecessem para equilibrar as contas, isto até The Butcher and The Blade também deixarem a sua marca.

Tudo terminou, quando “Hangman” Adam Page apareceu e “limpou a casa”, tendo terminado o ataque com a sua Buckshot Lariat em Jose The Assistant.


O que achaste deste AEW Rampage?

3 Comentários

  1. The Name2 meses

    Foi um bom show, muito consistente e notou-se que parecia um show com mais importância, espero que continue assim e melhore cada vez mais, destaco o combate entre Hayter vs Willow, duas grandes lutadoras que são o futuro da empresa!

  2. Gostei:
    – Three Way Match pelos AEW World Tag Team Titles. Foi um bom combate para deixar os campeões fortes. A vitória destes nunca esteve em dúvida.
    – Willow Nightingale vs Jamie Hayter. Um bom combate que mostra bem porque é que a Jamie é das melhores na divisão e que a promotora já devia ter arriscado nela. A Willow também esteve bem, mas a Jamie esteve noutro nível.
    – John Silver vs Rush. Um bom combate, com build existente (raro no Rampage) e captou o meu interesse. Os dois combinaram bem neste main event. Podia ter durado 1 ou 2 minutos menos e teria sido da mesma qualidade.

    Não Gostei:
    – Fuego Del Sol vs Lee Moriarty. Gostava de ter visto mais destes 2, mas o que tivemos foi uma squash, essencialmente.

    Overall: 5/10. Um bom show esta semana, comparado com outros mais recentes.

  3. Anónimo2 meses

    Bom combate pelos AEW World Tag Team Titles.