A All Elite Wrestling realizou este sábado, na Wintrust Arena na cidade de Chicago, no estado do Illinois, o seu primeiro grande evento de 2020, o AEW Revolution.

Resultados

– Dark Order (Stu Grayson & Evil Uno) venceram SCU (Scorpio Sky & Frankie Kazarian) (Buy-In)
– Jake Hager venceu Dustin Rhodes
– Darby Allin venceu Sammy Guevara
– AEW World Tag Team Champions Kenny Omega & “Hangman” Adam Page venceram The Young Bucks
– AEW Women’s World Champion Nyla Rose venceu Kris Statlander
– MJF venceu Cody
– PAC venceu Orange Cassidy
– Jon Moxley venceu AEW World Champion Chris Jericho

Vídeos

Watch Wrestling

Report

Dark Order (Stu Grayson & Evil Uno) venceram SCU (Scorpio Sky & Frankie Kazarian). O primeiro combate da noite aconteceu no Buy-In e tivemos o duo de Stu Grayson & Evil Uno a dominar boa parte do mesmo, enquanto conseguiram manter Frankie Kazarian no ringue. No entanto, quando Scorpio Sky fez o tag, virou o combate do avesso com a sua agilidade.

Porém, os Dark Order, com alguma batota à mistura, conseguiram vencer o combate. Assim que o mesmo terminou, os creepers que estavam fora do ringue atacaram Frankie Kazarian & Scorpio Sky. Só que, primeiro Colt Cabana e depois Christopher Daniels, vieram no auxílio dos ex-AEW World Tag Team Champions.

Jake Hager venceu Dustin Rhodes. O primeiro combate do card principal do AEW Revolution viu a força e o background de Wrestling amador de Jake Hager contra a força de vontade e matreirice de Dustin Rhodes. Desde cedo, a força do homem forte dos Inner Circle fez a diferença neste combate.

Porém, Dustin Rhodes nunca desistiu e até quase venceu o combate algumas vezes. No entanto, a vontade de lesionar Jake Hager, como este lhe tinha feito no passado, foi o seu ponto fraco. Dustin Rhodes tentou fazer Jake Hager desistir com um Cross Armbreaker, o que deu espaço a Jake Hager para mostrar o seu background de wrestling amador. Primeiro tendo quase feito Dustin Rhodes desistir com o Ankle Lock, conquistando depois a vitória com o Triangle Choke.

Darby Allin venceu Sammy Guevara. Darby Allin e Sammy Guevara decidiram não esperar pela ordem do árbitro para começar a lutar e os dois deram tudo e arriscaram a sua saúde para lesionar o adversário, em especial com um 630 de outro mundo do “Spanish God” em Darby Allin.

Já no ringue, a ação continuou a grande velocidade, com Sammy Guevara quase a vencer em especial depois de um grande Spanish Fly. No entanto, a contagem de 3 só chegou depois do Coffin Drop de Darby Allin no mais jovem lutador dos Inner Circle.

AEW World Tag Team Champions Kenny Omega & “Hangman” Adam Page venceram The Young Bucks. No primeiro combate com títulos em jogo do AEW Revolution, tivemos quatro dos melhores atletas em ringue, e a amizade entre eles foi rapidamente deitada “fora” com “Hangman” Page a cuspir na cara de Nick Jackson nos minutos iniciais. Estava dado o mote para este combate.

A partir daí a ação que tivemos é quase impossível de descrever, com manobras de high flying, tanto no ringue como fora do ringue, com as duas equipas a explorarem as lesões dos seus amigos, mas adversários neste pay-per-view.

Os minutos finais foram do mais caótico que se viu nos últimos anos no mundo do Wrestling, com várias false finishes, mas a vontade de Kenny Omega vencer e reter os seus títulos, fizeram os Young Bucks tentar o Golden Trigger em Kenny Omega, que não gostou deste insulto.

Já quando parecia que Kenny Omega iria dar a vitória à sua equipa, o seu ombro que PAC lesionou no último AEW Dynamite, fez efeito, mas “Hangman” Adam Page entrou em ringue decidido em vencer os Young Bucks sozinho, e foi isso que fez. Primeiro um One Winged Angel, seguido de duas Buckshot Lariats, que levaram assim à vitória da sua equipa, naquele que foi um dos melhores, senão mesmo o melhor combate da história da All Elite Wrestling.

Já depois do combate, os Young Bucks cumprimentaram Kenny Omega, mas Adam Page recusou cumprimentar os seus adversários, até parecendo que iria atacar o seu parceiro.

AEW Women’s World Champion Nyla Rose venceu Kris Statlander. Num combate entre duas das lutadoras mais fortes da divisão feminina da All Elite Wrestling, a campeã dominou grande parte dos primeiros minutos do mesmo. Porém, Kris Statlander, com a sua ofensiva pouco ortodoxa, quase venceu a campeã por várias vezes.

No final, Nyla Rose acabou por usar a sua força de forma definitiva, para com uma Powerbomb da segunda corda vencer o combate e reter o título.

MJF venceu Cody. O combate mais pessoal deste AEW Revolution até começou a um ritmo baixo, com MJF a sair do ringue por várias vezes nos primeiros minutos. Esta estratégia colheu frutos, pois foi MJF que dominou grande parte do combate, tendo até chegado a morder o dedo partido de Cody.

Ainda assim, Cody continuou na luta e até fez MJF sangrar, e parecia que iria vencer o combate. Os últimos minutos foram equilibrados, até que Cody aumentou o ritmo e ficou perto de vencer depois de dois Cross Rhodes. No entanto, MJF iria conseguir contra atacar e, depois de um soco com o Diamond Ring, venceu o combate e bateu o seu rival.

PAC venceu Orange Cassidy. Orange Cassidy ia-se esforçar, foi isso que os Best Friends nos tinham prometido, mas os primeiros minutos pareciam que iríamos ter o mesmo Orange Cassidy, despreocupado como é habitual.

PAC, que não estava com vontade de brincar, foi para cima de Orange Cassidy com tudo e podia ter ganho o combate rapidamente, mas assim não o quis fazer, e isso foi um erro… Pois Orange Cassidy quis realmente esforçar-se e quase ganhou o combate depois de um DDT da 2ª corda, que PAC conseguiu escapar.

No final e apesar do esforço de Orange Cassidy, PAC mostrou ainda estar um passo à frente e fez o despreocupado lutador desistir com o Brutalizer.

Jon Moxley venceu AEW World Champion Chris Jericho. O “Le Champion” e Jon Moxley não perderam tempo e partiram para a guerra assim que o combate começou, com Chris Jericho a fazer de tudo para ser desqualificado.

No entanto, isso não aconteceu, mas até foi Chris Jericho a dominar grande parte do combate, tendo lesionado novamente o olho de Jon Moxley (ou assim pensávamos nós). Nos momentos finais, quando Chris Jericho pensava que tinha cegado Jon Moxley de vez, este tirou a pala e mostrou que afinal já estava curado.

Chris Jericho ficou em choque e o “Death Rider” aproveitou para com o seu Paradigm Shift vencer o combate, e assim tornar-se no novo e segundo AEW World Champion da história da All Elite Wrestling!

Já depois do combate, Jon Moxley fez um pequeno discurso a agradecer aos fãs e afirmou que não se vai esconder atrás do título, e que o irá defender sempre que puder.


Qual o combate que mais gostaste do AEW Revolution?

45 Comentários

  1. Paulo Alexandre Gonçalves Baltarejo12 meses

    Otimo show. Grandes feuds ate ao momento. Agr blood and guts para Março muito bom. Penso é que será numa edição do Dynamite pois no video promocional tinha lá por baixo do Logo da Aew, Dynamite.

  2. 12 meses

    Gostei do show, para mim conseguiu ser melhor que o Full Gear. O MJF vingou-se do que lhe fizeram no FG, achei o final do Cody x MJF um bocado esquisito.

    • Esquisito secalhar na parte em que o Cody aplica 2 finishers seguidos e o MJF depois ainda consegue reagir com um soco.
      Não sei se reparaste mas ele tirou uma soqueira dentro das cuecas e foi isso que deixou o Cody K.O. Contudo uma vitória para já acertada, mas espero que esta rivalidade continue e haja pelo menos mais 2 combates.

    • 12 meses

      Por acaso só reparei no soco, a soqueira passou-me completamente ao lado.

    • Andrey12 meses

      Ele usou o anel de diamante que ganhou no Dynamite Dozen Battle Royale.

    • @Andrey Exato, vi à pouco a foto no perfil do MJF.

  3. Dina12 meses

    No feral foi um bom show se bem que esperava mais, pois, teve uma boa construção mas não deixou de ser agradavel.

    Dustin vs hager- a luta foi decente porém não deveria ter sido a luta de abertura do show. Me pareceu mais uma luta para um dynamite do que para um ppv. 3,25*

    Darby vs Sammy- foi muito curto. Mais uns 10 minutos e teriamos um 5* match. Aquele 630 splash foi lindo. 4*

    Hangman e Kenny vs the young bucks- luta da noite e melhor luta tag team da aew desde a fundação. O unico ponto negativo foi excesso de near falls mas eles mostraram que é possivél fazer spotfest com storytelling ao mesmo tempo. 👏 👏 👏 4,75*

    Nyla vs Kris- mehhh. A nyla está bem verde no ring e só boa luta com a riho é yuka. Kris estava doente então merece algum credito. 2*

    Cody vs mjf- não gostei. Está foi a pior luta do Cody. 3*

    Pac vs orange Cassidy- foi uma luta engraçado. OC é humilde por aceitar perder em seu debut. 3.5*

    Mox vs Jericho- Mox precisa melhorar um pouco mais no ring. 3*
    Nota 7 para o show

  4. Grande PPV!
    O público esteve ao rubro, eu confesso que só assisti ao Kickoff com a esperança de saber quem iria ser o Exalted One, tinha quase a certeza que iria ser o Christopher Daniels, ou alguém do roster da AEW que não estávamos à espera, mas ainda bem que não se confirmou estas opções, torço muito que seja realmente o Matt Hardy pela sua criatividade e mais valia para o grupo e AEW, caso não seja ele voto no Harper.
    Não vou estar aqui a escrever testamentos porque realmente tivemos enormes momentos… destaco a enorme reação ao Orange Cassidy, teve um grande combate com o Pac e espero que continue a haver investimento no Cassidy.
    Destaco a vitória do Hagman e do Omega, que combate!!!! Quando pensava que tudo ia acabar lá um deles soltava-se do pin e continuava o combate, a certo ponto pensei eu haveria novos campeões porque parecia que o Omega estava a engonhar e mais tarde ou mais cedo ia trair o Hagman e dar os títulos aos Bucks. Acho que se houver algum Heel turn futuro vai ser da parte do Omega, porque todos tão focados no Hagman e esquecem que ele está a ter um grande apoio do público, a AEW deve querer aproveitar isso para o futuro e dar um grande push ao Hagman.
    Gostei da vitória do MJF, a brincar a brincar um gajo que não dava nada, só tem 1 derrota e tem sido um dos grandes destaques desta AEW. Espero que esta rivalidade continue, pelo menos para mais 2 combates de desforra é que o último seja com uma estipulação mais agressiva.
    Por fim a vitória do Moxley, não estava nada à espera porque o Jericho tem feito um trabalho gigantesco como campeão mundial e o grupo por ser novo, não acreditava que para já ia perder o título. Estou ansioso por saber o que vai acontecer ao Jericho e ao seu grupo, provavelmente haverá uma revanche ou qualquer combate de grupo vs grupo e deixarem para mais tarde um novo Jericho vs Moxley. Quando falo em combate de grupo é o grupo do Jericho vs uns aliados do Moxley, não sei, há tanto por onde se pegar.

  5. renato agastao da silva12 meses

    otimo show teve alguns momentos estranhos mais ta valendo todas as promotoras erram isso e normal mais esta de parabens a aew wrestling quer eles continuen assim so ligando por shows deles porque eles tem tudo para serem ainda melhor e so esquecer a wwe ate porque hoje em termo de show de estrutura eles nao devem em nada a wwe estao otimos

  6. Beatriz Lynch12 meses

    Um PPV otimo. Sammy Guevara vs Darby Allin foi muito boa, esses dois tem futuro e Darby é ouro, e Pac Vs Cassidy foi puro entertainment e Orange é simplesmente OURO, o gajo é simplesmente uma estrela(e teve humildade em perder na estreia solo na empresa, diferente do Pac). Jon Moxley vs Jericho foi uma luta solida, e teve um vencedor que eu até que não esperava, mas foi no timing certo, Jon esta muito over com o publico e seguiram com o booking que foi construido. As outras lutas foram solidas e acho que foi o esperado.

    Otimo Show, otimos combates, e muito bom entertainment, nota 8,5 pelo conjunto geral.

  7. Antonio12 meses

    Um show normal, muito normal para o que é a AEW. Aos poucos vão apreendendo como se faz shows de qualidade.

    • Beatriz Lynch12 meses

      Exagero, claro que poderia ter sido melhor, mas foi um bom PPV sim. Teve coisas bastante interessantes.

    • John Doe12 meses

      A AEW em 2020 tem sido fenomenal mas antes disso, teve bastantes shows de grande qualidade, só quem estava desatento que não sabia isso.

    • Antonio12 meses

      Exagero ? Que nada ! Só vê a sequência das lutas para tirar as conclusões. Não me impressionou, em nada!

    • Beatriz Lynch12 meses

      Vi tanto o show completo quanto highlights e digo que foi um otimo show(que como eu disse, podia ser melhor claro) e vejo que a maioria concorda comigo.

  8. A AEW vem se tornando a prova viva de que um bom personagem importa mais do que uma boa luta, que chega até ser irônico.😁
    O seus fãs vivem enchendo a boca que o AEW é um wrestling puro, de verdade, mas no fim do dia o lutador que mais consegue viralizar fora da bolha do wrestling é o Orange Cassidy.
    Não é que eu queira dizer que ele é mau wrestler, que sei que não é, mas não há duvidas que o deixar over é a personagem dele.

    • Beatriz Lynch12 meses

      Uma das poucas coisas que tenho que concordar com vc. Ser um High Flyer(os caras do spotfest) de alto nivel tem muitos por ai, mas ser bom wrestler com uma personagem boa é algo muito melhor.

    • Anónimo12 meses

      Por isso muitas vezes se vê lutadores que até não são grande coisa em ringue, mas como a personagem deles é relevante, isso ajuda-os.

    • JP12 meses

      mas ai está O Orange Cassidy pode perfeitamente ser um high flyer, se forem a ver os combates da gimmick anterior dele (Fire Ant) vão ver isso. Mas com gimmick actual passou de ser apenas “mais um” bom wrestler, para ouro puro, a maneira como do nada passa de estar totalmente alheado do combate a ser sovado a montar sequências brutais, para a seguir voltar a ser “the king of Sloth Style”, resulta com público de forma brilhante, quem só visse as reacções do publico pensaria que seria um combate tipo The Rock vs Steve Austin.
      E quem não desatou a rir, aquando de ele estar a rebolar calmamente de uma lado do ringue para o outro e dar de caras com o PAC e faz aquele sorriso… tenho pena de vocês 😀

  9. El Cuebro12 meses

    Devo dizer que só não acertei o resultado da luta pelo título feminino e a luta do Allin contra o Guevara, mas show muito interessante, confesso que fiquei esperando muito possíveis estreias do Luke Harper ou do Matt Hardy, nada contra o Colt Cabana!

  10. PedrKo12 meses

    Grande PPV.
    Destaque para Darby vs Sammy embora poderiam ter mais uns minutos de combate.
    O combate de títulos de tag team foi fantástico, o melhor da noite.
    Não era o maior fã do Dean Ambrose e não é por ter mudado de nome e de promotora que passei a ser, o Jericho está a ter um grande reinado mas parece que se vai ter de se ausentar o que explica a mudança do título.

  11. Facebook Profile photo

    Show muito bem feito, melhor luta da noite foi a pelo título de Tags e apesar de torcer para o emocionado Moxley, não esperava que o Jericho perdesse o seu tão bom reinado.

  12. Marcelo Rodrigues de Jesus12 meses

    Grande PPV, grandes lutas e rivalidades, o que mais gosto da aew é on fato de que mesmo quem não é top da empresa constroi grande rivalidade e grandes combates, eu já curto bem mais a aew do que a wwe, principalmente depois que o the fiend perdeu.

  13. Muito bom PPV (mais um) por parte da AEW, que lição deu ao Super ShowDown da WWE.
    O combate da noite (e candidato a melhor do ano, pelo menos na divisão de tag teams) foi sem dúvida Young Bucks vs Adam Page e Kenny Omega.
    De resto, Darby Allin vs Sammy Guevara foi excelente pela velocidade que colocaram e Orange Cassidy vs PAC foi surpreendentemente agradável.
    Cody vs MJF foi bom do ponto de vista da história que contaram em ringue, mas ainda acho que podem fazer melhor em futuras desforras (a feud decerto continuará).
    Por último, não esperava também como alguns por aqui que Chris Jericho perdesse o título para Jon Moxley já porque os Inner Circle ainda são recentes mas faz sentido devido à popularidade de Mox e à suposta ausência de Jericho brevemente para uma tour com a sua banda (Fozzy).

    • Beatriz Lynch12 meses

      Bem agradavel Pac Vs Cassidy mesmo, AEW fez muito bem em contratar o Orange, pelo que me lembro ele esta over com o publico desde o show de estreia do Dinamyte(alem de mostrar ser muito humilde), alias o que não esta faltando na AEW é wrestlers de qualidade, Darby tambem é outra grande surpresa. O que não gostei(ou achei meio estranho) foi o Pac dar kick outs muito rapido em alguns momentos, mas não deixa de ser outro otimo lutador(embora tenho duvidas sobre o carater dele).

    • Concordo em tudo, Beatriz Lynch. Realmente a AEW está recheada de vários jovens talentos que têm condições para se tornar grandes estrelas, muito também graças ao seu ótimo booking.

  14. Eduardo Palini12 meses

    Fico entusiasmado em pensar a respeito do futuro da AEW a partir de agora. Qual será o destino de Cody, dos Young Bucks, do Jericho?

    Pra mim, a melhor coisa que poderiam fazer num futuro próximo seria uma “War Games” neste próximo evento para coroar o primeiro campeão de um título do midcard (com o vencedor a ser Darby oi MJF).

    • Dina12 meses

      Se fizerem um titulo midcard o primeiro vencedor será o pac á menos que Tony Khan tenha vontade de ouvir birras 😂😂😂

      O pac reclama quando as coisas não correm á maneira dele.

    • Beatriz Lynch12 meses

      Pac é um caso complicado mesmo.

    • simaoP112 meses

      o PAC não e nada disso ele apenas não queria perder pro kenny nos primeiros shows da aew, o plano era ele ganhar no DoN ao Hangman mas depois iria perder pro kenny e ele não queria pois era campeao na Dragon Gate e ele tem lealdade pra essa empresa pois foi a empresa que o revelou ao mundo do wrestling assim como os young bucks, não falem de coisas que não sabem, ele perdeu pro omega e pro hangman depois de perder o título da Dragon gate

    • JP12 meses

      O simaoP1, já explicou tudo. a verdade é que acabou por ser um mau timing o combate no DoN, a Dragon Gate queira recuperar o prestigio do título e apostou tudo no PAC, um (senão “o”) lutador mais conhecido que saiu de lá. e a AEW percebeu isso, ele ser campeão numa promoção e andar a perder combates noutra acaba a queimar a imagem da primeira.

  15. Wrestling12 meses

    Raramente faço uma análise com um texto muito longo mas como o Revolution foi para mim o melhor PPV do ano até agora, talvez até superando o WrestleKingdom que também adorei mas acabei por achar que teve demasiadas “filler matches” e foi longo demais devido a ser dividido em duas noites.
    Aqui vai um resumo do que achei para quem esteja em interessado:
    Dark Order vs SCU – Foi um combate normal e serviu basicamente para dar credibilidade e uma vitória aos Dark Order e para descartar de vez a hipótese de o Christopher Daniels ser o “Exalted One”
    Dustin Rhodes vs Jake Hager – Achei que o combate foi muito longo e deu um ritmo estranho ao inicio do PPV, mas pelo menos também não foi mau e deu para ver que ainda sabem lutem lutar. Quanto ao resultado, era óbvio que o Jake Hager ia vencer no seu debut para continuar forte e temido enquanto integrante dos Inner Circle (digo já de passagem que os considero uma stable underrated pois eu acho os perfeitos enquanto grupo)
    Darby Allin vs Sammy Guevara – São o futuro babyface e heel de topo da AEW, combate brutal como de esperar e aquele 630 na mesa feito pelo Sammy Guevara foi de outro mundo
    Kenny Omega & Hangman Page vs Young Bucks – Melhor tag team match que vi desde Golden Lovers vs Young Bucks, que combate espectacular, tudo fez sentido, acção sem parar, storytelling em cada momento, quem não vir esta match devia ser quase proibido de ser fã de wrestling. E um dos candidatos mais fortes a MOTY junto a mais dois combates do WrestleKingom e aquela Iron Man Match no último Dynamite, se houver alguma tag team match melhor este ano ficaria muito surpreendido
    Nyla Rose vs Kris Statlander – Esta match teve a infelicidade de seguir o melhor combate da noite e isso custou, acabou por nunca gerar muito interesse e sinceramente esperava mais da Kris Statlander, nota-se que ela tem talento e vejo a como campeã no futuro mas precisa ainda de ser trabalhada a medida que aparece em shows televisivos pois é bem diferente de lutar apenas em indies. Fico curioso para ver qual será a próxima rivalidade pelo título a partir do próximo show e já agora que falo nisso, AEW vê se aumentas o tamanho do women’s world title sff
    MJF vs Cody – Fiquei um bocado decepcionado com esta match, ela não foi má mas também não foi nada por aí além. É capaz de ser o primeiro combate em PPV do Cody Rhodes que não é bom, valeu pelo sangue e pela rivalidade em si, vamos lá ver o que futuro nos reserva mas pelo menos a pessoa certa saiu vencedora
    PAC vs Orange Cassidy – O Orange Cassidy vai fazer tanto dinheiro a AEW que nem vos passa pela cabeça, é capaz de ser uma das melhores contratações de wrestlers feitas por uma empresa nos últimos 5 anos. Adorei este combate e ri me o tempo todo, venceu também a pessoa certa e o PAC é um main eventer claro na AEW e não me admriaca e o ver a lutar pelo título brevemente
    Chris Jericho vs Jon Moxley – Foi o típico world title match que o Chris Jericho tem feito, ele é um mestre no que faz e sabe que já não consegue fazer tudo ao mesmo ritmo que fazia antigamente e claro que tem de usar outras formas fantásticas de entreter numa match como interagir com câmaras e coisas nas ringside, eu estava a espera que o Jon Moxley se tornasse campeão e fico feliz que isso se passou, ele está popular como nunca e uma derrota podia o abdranar neste momento por isso mais mais vale prevenir do que remediar. Uma palavra para o excelente reinado do Chris Jericho, já o disse antes mas para mim está no top 5 de melhores wrestlers de sempre e estou curioso para ver os segmentos que vai fazer agora que já não é o “Le Champion”

    thank you for coming to my ted talk

    • Dina12 meses

      A Kris statlander estava doente.

    • Wrestling12 meses

      Isso ajuda a explicar porque o combate foi tão estranho em termos de pacing e spots, espero melhores combates dela na AEW devido a tudo que já mostrou nas indies, parece me que os grandes combates em que ela lutou pelo título acabaram sempre por me desapontar mesmo que a culpa não seja exclusivamente dela.

    • Dina12 meses

      Mas também a nyla rose não é tão boa no ringue. O forte dela é vender golpes por isso é a luta entre ela e riho foi bom. A riho dominou a luta.

    • Beatriz Lynch12 meses

      “Melhor tag team match que vi desde Golden Lovers vs Young Bucks” isso tambem mostra cada vez mais o quanto os Young Bucks são uma tag team espetacular(algo que nessa altura acho que ninguem duvida).

    • Wrestling12 meses

      Os Young Bucks costumam ser muito criticados e desvalorizados pela internet fora injustamente, para mim são a melhor tag team da última década, até já penso isso para aí desde o All In (a AEW ainda nem existia). Eles basicamente foram os reis da PWG e foram das tag teams com mais conquistas na história da ROH e NJPW.

    • Dina12 meses

      Acho que as criticas contra os young bucks eram o facto deles fazerem lutas spotfest sem psicologia mas a luta no full gear contra PP e a recente no revolution mostrou ao contrario. Eles quando querem conseguem ter storytelling no ringue.

  16. Belo evento! De destacar o combate entre Omega/Hangman e Young Bucks, a vitória super merecida do Moxley e PAC/Cassidy que foi bastante entertaining.

  17. Anónimo12 meses

    O combate pelos títulos de Tag Team foi o melhor.

  18. Tenho finalmente de dar o braço a torcer e sem grandes alongamentos, grande PPV por parte da AEW, adorei o Tag Team Championship Match para além de ter sido um combate muito bom teve um storytelling fantástico.
    O ponto mais baixo para mim foi o combate feminino menos intenso alguns botches, não me cativou tanto quanto os restantes, mas também não se pode dizer que tenha sido um mau combate.

    Ainda bem que a WWE fez m**** está quinta se não tinha perdido este PPV.
    #ThanksWWE

  19. anonimo12 meses

    Onde posso ver AEW?

  20. fv12 meses

    show top . a wwe k meta os olhinhos aew

  21. 12 meses

    AEW Rocks.