Frank casino

Por causa da pandemia do coronavírus, há quase dois meses que a WWE moveu todos os seus principais programas para o Performance Center e desde então que os tem realizado à porta fechada, sem público. Alguns lutadores já falaram do assunto, como por exemplo Keith Lee.

Entretanto foi Alexa Bliss que também abordou esta questão numa recente entrevista ao ComicBook, abordando também as mudanças que as Superstars precisaram de fazer para se adaptar a esta nova realidade de não terem fãs na arena. Com alguma surpresa, Alexa Bliss até fez uma “crítica” aos fãs do NXT.

Bem, na verdade, quando eu comecei como babyface no NXT, eu não recebia reações. Estou habituada a não ter reações do público. Não recebia nenhuma reação até me ter tornado heel, mas também por causa de que treinávamos muitos combates no NXT quando não estava lá ninguém [a ver]. E até acho isso divertido.

Acho que isso desafia-nos a tentar coisas diferentes, expressarmo-nos e gritarmos mais, e isso ajuda na dinâmica de contar uma história. Nós usamos bastante os fãs no que fazemos e para contar as nossas histórias, usando as reações do público, mas quando não a temos, temos que adicionar-lhe outro elemento.

Apenas acho que é um bom desafio, mas não vejo grande diferença, para ser sincera.

É difícil de acreditar que Alexa Bliss não tivesse reações do público nos seus tempos de NXT, mas se se refere a combates de treino ou enquanto era babyface, é natural e acabou por a preparar para este período que a empresa está a atravessar, onde não pode ter público no Performance Center.


O que achas destas declarações de Alexa Bliss?

4 Comentários

  1. Bea Ospreay5 meses

    Let’s go Bliss.

  2. El Cuebro5 meses

    Realmente ela enquanto face no NXT não tinha um caminho, mas quando virou heel primeiro com Blake e Murphy e depois sozinha em lutas contra Bayley e Asuka o personagem cresceu demais e ajudou muito na trajetória dela até hoje!

  3. Anónimo5 meses

    O fato de treinar no NXT quando não tinha lá ninguém ajudou ela a estar mais preparada para este tipo de situação, já não lhe parece tão estranho.Também alguns lutadores já falaram que lutavam em espaços com pouca gente, por isso já não lhes era estranho lutar numa arena sem público.