Como tem sido habitual depois dos seus eventos mais importantes, a All Elite Wrestling fez uma pequena conferência de imprensa após o Full Gear onde vários assuntos foram discutidos. Nessa conferência de imprensa, o presidente Tony Khan falou de alguns dos planos futuros para a All Elite Wrestling.

O presidente da companhia começou por afirmar que a AEW terá apenas quatro pay-per-views por ano, e que o AEW Double or Nothing e o AEW All Out serão eventos anuais.

A segunda edição do primeiro evento da AEW será novamente realizado na MGM Grand Garden Arena em Las Vegas, e será no fim de semana do Memorial Day, que vai acontecer na segunda-feira, dia 25 de Maio, levando a crer que o PPV acontecerá no dia 23 de Maio. Já o AEW All Out será novamente em Chicago e acontecerá perto do final do mês de Agosto.

Já sobre o AEW Dynamite, Tony Khan afirmou que a edição em Pittsburgh foi aquela em que ele mais se divertiu a ver enquanto fã e que também nunca viu nenhum dos episódios do NXT na USA Network.

Ainda sobre os seus shows, Tony Khan afirmou que está nos planos da All Elite Wrestling para o ano de 2020, fazer um programa no Canadá e outro na cidade de Londres, no Reino Unido. O presidente também falou que a companhia tem recebido vários pedidos de fãs no Reino Unido para que a mesma vá lutar ao país, pelo que também está em cima da mesa a hipótese de para além do AEW Dynamite acontecer em Londres, existir alguns live events pelo país.


Qual a tua opinião sobre a All Elite Wrestling só ter em mente fazer quatro PPV por ano?

19 Comentários

  1. Dina1 mês

    Acho muito pouco. Pelo menos 6 ppv.

    • Showstealer1 mês

      Concordo, até para haver 2 meses de construção para cada um que é o tempo ideal.

  2. JP1 mês

    é um bom número, é que temos de considerar que por mes a AEW produz 2 horas de televisão o que perfaz 8 horas por mes, mesmo que consideremos o Dark faz 12 horas, o que é significativamente pouco para estabelecer storylines para justificar um PPV por mês, e permite até premiar os espectadores com combates de calibre PPV no Dynamite quando assim se justificar.

  3. Algoritmo1 mês

    É preferível assim pois torna os shows semanais mais especiais e imprevisíveis!

  4. Wrestling1 mês

    A notícia é um pouco enganosa porque apesar de existir 4 grandes PPV’s anuais semelhante aos “big four” da WWE mas já foi também dito que poderá deverá haver eventos especiais (tal como foi o Fyter Fest e o Fight for the Fallen) em meses que não há nenhum desses grandes PPV’s fixos.

    • simaoP11 mês

      Exacto e a AEW até já tem show marcado em janeiro no cruseiro do jericho o que me parece que será um show especial e não um PPV

  5. Tiago Bedulho1 mês

    O que eu acho é que devíamos pedir à AEW para vir fazer um show a Portugal.

    Eles têm a Shanna e se começassemos com uma tag se calhar dava.

    • Sim, uma visita a Portugal deve estar no topo das prioridades da AEW 😂 Deviam ter um “retorno” desse show que nem imagino…

      Não tens noção do que dizes…

    • Ninguém tem só vc mesmo dono da razão

    • Explica-me aí então como é que esperas que a AEW faça retorno com um show em Portugal. Fico à espera…

    • Mas aonde ele falou retorno ?

    • LOL. Então a AEW vem fazer um show a Portugal por caridade? Sem qualquer retorno e apenas prejuízo? Então ainda tens menos noção do que dizes do que o Tiago… 😂

    • Tiago Bedulho1 mês

      Eu nunca disse que não podiam fazer retorno.

    • Então diz-me como é que farão… pff. Só para tentar justificar o porquê deles poderem vir, hipoteticamente, a Portugal.

    • Tiago Bedulho1 mês

      Não te lembras de quando foi com a WWE à 2 anos e além do mais eles só vão a Inglaterra porque os fãs pediram.

    • Não me respondeste ao que pedi, mas ok…

      Achas que a WWE veio cá por causa da hashtag? Talvez tenha sido o buzz do Jimenez, juntamente com o Triple H no Web Summit e tal… Mas certamente que o espetáculo no Campo Pequeno, para cerca de 5 mil pessoas, não lhes deu retorno suficiente… Caso contrário teriam voltado em 2018 e 2019. O que não aconteceu.

      Agora imagina a AEW vir a Portugal, e os custos que estão envolvidos nisso, para fazer um show para 500 pessoas, se tanto… Não é rentável. Não faz sentido. Por isso é que a AEW fala em Canadá ou Inglaterra. Ainda é MUITO cedo para a companhia pensar me países que não os principais e mais “estratégicos” em termos de Wrestling.

      Eles não vão a Inglaterra porque os fãs pediram. Eles vão a Inglaterra (se forem) porque sabem que conseguem lá uma parceria qualquer para a organização, melhoram negócios e condições de TV, etc. Além do mais, o presidente da AEW é presidente do Fulham, equipa de Londres. E ainda conseguem lá meter umas 5 mil pessoas numa arena, coisa que aqui não…

    • Algoritmo1 mês

      O Salvador tem razão nesse ponto. O wrestling em Portugal caiu muito (e com razão), desde que a WWE se tornou PG em 2008. A AEW ainda tem de restaurar a sua fanbase fortemente e pode ser que, com Shanna a estar num evento mediático o hype aqui possa voltar a aumentar, mas vai ser preciso paciência.

  6. Alexandre1 mês

    Mais uma decisão inteligente da AEW.

  7. Anónimo1 mês

    Acho que fazem muito bem, ainda estão a começar.