ALL IN (01/09/2018)

1 ano 17

O dia 1 de Setembro fica para a história do Wrestling como o dia em que se realizou o maior evento de Wrestling independente de sempre: o ALL IN. Neste evento, organizado por Cody e pelos Young Bucks, tivemos um card repleto de grandes combates e com alguns dos melhores lutadores do circuito independente que existem por todo mundo.

O main-event da noite foi um Six Man Tag Team Match onde os Young Bucks fizeram equipa com Kota Ibushi para enfrentarem e derrotarem a equipa de Bandido, Rey Fenix & Rey Mysterio. Um combate cheio de acção, mas que terminou com a vitória da Golden Elite.

No entanto, o maior destaque deste ALL IN vai para a vitória de Cody sobre Nick Aldis e consequente conquista do NWA World Heavyweight Championship. Cody conquista assim um título que o seu pai, Dusty Rhodes, já havia conquistado há algumas décadas atrás.

Outro destaque vai para a presença de Chris Jericho. O “Y2J” apareceu depois do combate de Kenny Omega, mascarado de Penta El Zero M, e atacou o IWGP Heavyweight Champion. Os dois enfrentaram-se em Janeiro, no Wrestle Kingdom da NJPW, mas vão voltar a enfrentar-se no Chris Jericho Cruise.

Aqui ficam os resultados completos deste evento:

Resultados

– Kickoff: SoCal Uncensored (Frankie Kazarian & Scorpio Sky) venceram The Briscoes (Jay Briscoe & Mark Briscoe)
– Kickoff: Chico El Luchador (Flip Gordon) venceu a ROH World Championship Nº 1 Contender’s 15 Man Over Budget Battle Royal
– Matt Cross venceu Maxwell Jacob Friedman
– Christopher Daniels venceu Stephen Amell (árbitro: Jerry Lynn)
– Tessa Blanchard venceu Britt Baker, Chelsea Green e Madison Rayne (Four Way Match)
– Cody venceu NWA World Heavyweight Champion Nick Aldis
Adam Page venceu Joey Janela (Chicago Street Fight)
– ROH World Champion Jay Lethal venceu Flip Gordon
– IWGP Heavyweight Champion Kenny Omega venceu Penta El Zero M
– Kazuchika Okada venceu Marty Scurll
– The Golden Elite (Kota Ibushi, Matt Jackson & Nick Jackson) venceram Bandido, Rey Fenix & Rey Mysterio

Vídeos

Watch Wrestling

17 Comentários

  1. dina1 ano

    Melhor evento do ano até agora.
    O melhor battle royal de todos os tempos.
    A zero hour foi fenomenal.

    Vince deve estar muito chateado com esse evento pois este evento superou takeover

    • Como se o Vince iria se importa com isso.

    • dina1 ano

      Pode até não se importar mais as pessoas vão perder vontade de assistir o RAW (roman reigns)

    • Você está sendo bastante inocente se acha que as pessoas deixarão de assistir o Raw por causa disso.

    • Anónimo1 ano

      Que exagero kkkk Isso não vai tirar o sono ao Vince. E as pessoas lá vão deixar de assitir o Raw por causa disso, quem gosta de ver, vai sempre ver. E esse recalque pelo Reings já enjoa, e está fora de moda. Ao contrário de muitos o Reigns melhorou bastante. Acha que por fazerem um evento independente que correu bem, iam deixar de assitir WWE por isso. Deixe de ser inocente menina. LOOOOL.

    • djAr1 ano

      Não vai tirar sono ao Vince? É o primeiro evento indie a conseguir uma casa com 10000 pessoas nos Estados Unidos, numa era em que cada vez mais pessoas optam por outras promotoras que não a WWE e em que as promotoras do Japão estão a entrar nos Estados Unidos com mais força, junta isso ao facto de o RoH ter garantido o MSG para o G1 do próximo ano que era o local onde ia ser feito o NXT TakeOver, um dia antes da Wrestlemania. Depois do evento de ontem, com a exposição que teve e depois de ficar quase confirmado um segundo all-in, a wwe não só fica sem sono como fica com as pernas a tremer.

    • Primeiro, esse evento só fez barulho dentro da comunidade de wrestling, foi extremamente irrelevante em termos mainstream, nenhuma promotora está envolvia nesse projeto e mesmo que se repta, só ira acontecer uma vez ao ano. O Vince não tem nada o que temer sobre isso.
      A ROH só conseguiu esgotar o MSG por causa que vai acontecer no fim de semana da WM, nunca conseguiriam repetir o feito se fosse em outra época do ano, prova disso é com a popularidade da NJPW nos EUA eles nunca conseguiram fazer esgotar uma arena acima de 5000 pessoas.
      A WWE também está passando pelo ano mais lucrativo de sua história, estão fazendo shows de mais de 60000 em três vezes esse ano, estão valendo mais de 3 bilhões de Dólares, com previsão que ano que vem valer ainda mais. Nem com todas as empresas de wrestling do mundo juntas consegue fazer frente a WWE financeiramente.

    • djAr1 ano

      Primeiro, o evento foi bastante apoiado pela RoH. Segundo, não se trata de terem esgotado ou não o MSG, trata-se de ter havido uma batalha legal para usar o recinto para o TakeOver do fim de semana da WM em 2019, e a WWE perdeu a batalha quanto à popularidade da NJPW nos Estados Unidos (e no resto do mundo) é algo que está no início do seu crescimento, criaram o Bullet Club que é a “marca” que mais merch vende no mundo do wrestling e cada vez mais popularidade tem, para além de também estar ligado à RoH. É óbvio que a WWE continua a ser a empresa mais lucrativa na indústria, mas é como toda a gente com dois dedos de testa tem dito, isto é apenas o início da mudança, podemos falar daqui a 5 ou 10 anos sobre o estado da indústria e se calhar já percebes aquilo que te digo

    • Brito1 ano

      Cara onde você tirou essa informação de que o BC São a marca que mais vende no mundo? Onde você tirou que a WWE e a ROH tiveram uma batalha legal?
      Você está bastante equivocado e desinformado.

  2. Foto de perfil do Facebook

    entrou uma mulher naquela batle royal ! bom evento este acho que vai pegar ! pra todos verem mais a wwe que a tna impact que vive com estes …. japao mexico e nao so e deviam olhar pra portugal …..

  3. Foto de perfil do Facebook

    sem duvida, foi o evento do ano, meteu a quilómetros wm e ate mm o wk. 3 lutadores, a mostrarem que com força de vontade, tudo se consegue, e meteram a wwe a um canto com este evento! magnifico !

  4. Bom evento.
    com exceção das duas lutas pelo título( Até agora não entendo como alguém põe um título mundial no Nick Aldis ), e da luta feminina, todas as lutas foram boas.

  5. Kauê Silva1 ano

    Grande evento com toda a certeza do mundo, eles prometeram que seria e realmente foi um grande evento!!
    Começando com uma luta de duplas onde Scorpio e Kazarian venceram bem até os Briscoes que eu achava que sairiam vencedores por causa do que está havendo na ROH, mas enfim, boa luta e também tivemos uma ótima Battle Royal, verdade que foi somente de 15 wrestlers, mas valeu a pena, até contando com uma mulher por lá e Flip Gordon mascarado acabou ganhando quando eliminou o Bully Ray, essa rivalidade está interessante, logo após ele encarou o campeão da ROH, Jay Lethal, mas o Jay não deu moleza e venceu muito bem o desafio!
    Essa luta do Cross e do MJF estava programada para acontecer? Não me lembro dela, mas enfim também um bom combate com vitória de Matt Cross.
    A segunda luta de Stephen Amell em sua carreira no wrestling não acabou como ele queria, pois Christopher Daniels o venceu, aliás que luta do Christopher, mostra que sua boa fase está de volta e o nosso amigo Arrow também foi bem apesar de tudo, mas ele tem que se preservar para continuar gravando a série.
    Uma grande luta entre as 4 wrestlers , Tessa Blanchard, Madison Rayne, Britt Baker e Chelsea Green, luta com ação plena, todas em ótima forma e a esposa de Ricochet acabou vencendo e a Tessa mostrando porque é uma das melhores da atualidade, mas tenho algumas dúvidas, a Madison e a Chelsea não tinham acordos com a WWE?
    Cody calando minha boca numa grande luta frente a Nick Aldis, o Magnus, e o filho do American Dream venceu e muito bem o NWA World’s Heavyweight Championship, assim como seu pai o fez no passado, Nick também muito bem, mostrando que ainda tem muito potencial e quem sabe não vemos mais dele por aí e uma revanche!
    Hangman Page impecável frente a Joey Janela, venceu-o muito bem, numa luta muito boa, também em grande fase o homem da corda!
    Kenny Omega e Pentagón fizeram uma boa luta também apesar da intromissão do Chris Jericho, o Kenny ganhou a luta frente ao luchador, mas o Y2J veio provocá-lo, muito por causa do que vai acontecer no cruzeiro do roqueiro, mas será que ele também quer o IWGP Heavyweight Title?! O Naito não vai gostar disso!
    Marty Scurll e Kazuchika Okada fizeram uma boa luta também, mas o Rainmaker mostrou que não sairia derrotado, fazendo um grande trabalho e mostrando que ainda tem lenha pra queimar, quem sabe para ser campeão de novo, mas o Villain também foi muito bem, grande fase para ele!
    Finalizando o show com uma das melhores lutas da noite em minha opinião, empatando com a luta das 4 mulheres, a Golden Eite de Kota Ibushi e dos Bucks frente ao trio de luchadores, Bandido, Fénix e Rey Mysterio, luta cheia de ação, voos e reviravoltas, mas os membros do Bullet Club venceram muito bem no final e acho que veremos mais do trio de luchadores nesse mundo das Indys!!
    Opinião geral: show muito bom e espero que outros venham com o passar dos anos e com mais público também, o pro-wrestling agradece!!

    • djAr1 ano

      O fatal 4-way feminino foi um bom combate mas o final pareceu um botch enorme, o Stephen Amell na minha opinião teve mais presença no ringue que o Cristopher Daniels o que é de admirar, Hangman Page vs Joey Janela foi o melhor combate da noite, grande storyline, bons spots e o melhor momento de entertenimento do show inteiro. A luta do Okada com o Marty foi melhor do que estava à espera, embora o resultado fosse previsível, nunca na vida o Okada ia à América para perder com um cruiserweight. Quanto ao último combate, tinha potencial para ser uma festa de highlights, como qualquer combate do Ibushi mas acabou por ficar abaixo das expectativas, notava-se perfeitamente que o combate foi feito à pressa para poderem acabar o evento a horas no entanto já se sabia o que esperar depois de ver o card, todos os combates tiveram momentos interessantes dignos dos lutadores que lá estavam, facilmente o melhor evento do ano até agora.

    • Kauê Silva1 ano

      Você sabe algo da Chelsea Green e da Madison Rayne com a WWE?

    • dina1 ano

      A women’s division da wwe se resume em charlote, alexa e ronda.. Não adianta nada alguém ir lá pois vai ser enterrada como outras.

    • djAr1 ano

      Não sei de nada, apenas que a Rayne combateu no Mae Young classic mas acho que saiu na primeira ou segunda ronda e acabou aí. Quanto à Chelsea Green, não a vejo a parar lá, a WWE agora foca-se muito na qualidade das lutadoras no ringue e por ela ter a gimmick que tem podia ser vista como comédia o que não ia muito bem com a “Evolution”

Comentar