Bianca Belair é a atual Raw Women’s Champion e uma das principais lutadoras da WWE, tendo tido uma boa ascensão durante o último ano e meio, depois de uma “estreia falhada” após a WrestleMania 36.

Em conversa com Corey Graves no After the Bell, a “EST da WWE” falou do sucesso que tem tido na empresa e de como se tem conseguido manter focada.

É uma loucura, porque, como disseste, conquistei muito em pouco tempo com essas conquistas enormes e monumentais. Para mim, a minha mentalidade é que eu vim para a WWE, e as pessoas perguntam-me sempre: “Qual é o teu objetivo?”, algo que dizes porque queres fazê-lo, mas meio que se torna uma memória muscular. Então, quando te encontras realmente a fazer isso, e entras na WrestleMania e vences novamente, em dois anos seguidos, é meio que um turbilhão.

Para mim, é como “Bem, pediste isto, e isto é o que querias. Então estás aqui. Não peças desculpa por isso”. Às vezes eu sinto que entrei neste negócio do nada e não tinha ideia do que estava a fazer e apaixonei-me completamente. Sinto sempre que talvez esteja a roubar o sonho de outra pessoa, porque nunca me imaginei a fazer isto. Então, agora que estou a fazer isto, estou apenas a capitalizar tudo o que está a vir na minha direção, e estou apenas a tentar permanecer humilde e com “fome”, não importa o que aconteça.

A lutadora continuou a falar e revelou que sofre do síndrome do impostor, pelo que tem alguns problemas de falta de confiança.

Eu lido com a síndrome do impostor. Acabei de aprender o termo para isso. Eu tive esses sentimentos de todos a dizerem que eu sou boa e estou a realizar todas essas coisas, mas ainda sinto que estou a aprender e estou sempre a questionar-me.

Mesmo antes da WrestleMania deste ano, eu pensei: “Oh, eu participei do main event da WrestleMania no ano passado. Eu não vou ficar nervosa”. Eu estava mais nervosa na WrestleMania contra Becky Lynch do que no ano anterior, porque estou sempre a lidar com a síndrome do impostor. Eu nunca soube a palavra para isso até recentemente, quando comecei a ler sobre os meus sentimentos.

Dizem que os melhores atletas de elite, atores e pessoas na nossa profissão lidam com a síndrome do impostor. Então estou sempre a tentar provar: “Não, eu sei o que estou a fazer. Eu sei o que estou a fazer”. Estou sempre a dizer a mim mesma: “Livra-te dessa síndrome do impostor”, e só precisas de estar confiante.

Bianca Belair vai defender o Raw Women’s Championship no Hell in a Cell deste domingo, num Triple Threat Match contra Asuka e Becky Lynch.


Tinhas ideia que Bianca Belair sofria destes problemas de falta de confiança?

3 Comentários

  1. Anónimo3 semanas

    Não fazia ideia, mas acho que toda a gente já deve ter passado por falta de confiança em algum momento da sua vida. A Bianca é uma excelente lutadora tem tudo para ter muito sucesso.

  2. El Cuebro3 semanas

    Eu imagino que ela não seja a única sofrendo com isso e não somente no meio do pro-wrestling, mas também em qualquer outra modalidade e também qualquer pessoa na vida cotidiana, mas bom saber que ela está conseguindo lidar bem com isso, certamente a Bianca serve de exemplo para muita gente e não vejo ela perdendo hoje!

  3. Não sabia desses problemas mas sei que ao longo do tempo vai se habituando e as coisas irão correr melhor!