O Day 1 continua a dar que falar quase duas semanas depois, muito causa das mudanças que aconteceram no card e que levaram Brock Lesnar a sair do evento com o WWE Championship aos ombros.

Em entrevista ao After The Bell, Bobby Lashley admitiu que sugeriu ser retirado do Fatal 4-Way Match pelo WWE Championship quando se soube que Brock Lesnar iria entrar nele.

A primeira coisa que eu disse foi: “Tirem-me do combate”. Eu disse: “É um Fatal 4-Way Match, eu e o MVP podemos fazer algo antes, tirem-me do combate”. Inicialmente, as pessoas estavam tipo: “O quê? Estás com medo dele?”. Não, eu não estou com medo dele, é um combate onde exactamente o que aconteceu, aconteceu. Ele venceu outro e ficou com o título. Então, essencialmente, ele pode dizer que me venceu, Seth, Big E e Kevin, certo? Quero dizer, o combate é de cinco pessoas e eu fiquei tipo “Não é assim que isto vai acontecer, tire-me do combate”. E eles ficaram tipo “Nah, nah, tu tens que ficar no combate”, e eu fiquei tipo “Tudo bem”.

Depois, o “All Mighty” revelou que algumas pessoas não ficaram contentes com a adição de Brock Lesnar ao combate, mas que ele tinha que fazer com que as interações com a “Besta” contassem.

Havia um monte de gente que não estava feliz com isso, mas eu olhei para isso e no começo queria que me tirassem do combate, mas se eu ficasse no combate, então as interações que teria com Brock [Lesnar] serviriam para eu marcar uma posição.

Lembramos que Brock Lesnar vai defender o WWE Championship contra Bobby Lashley no Royal Rumble do próximo dia 29 de Janeiro, num combate que muitos fãs aguardam há vários anos e que consideram um dream match.


Achas que a WWE decidiu bem os planos de “última hora” no Day 1?

6 Comentários

  1. MikePWBR7 meses

    Alguém tem novas informações sobre a empresa que vai fazer estreia no dia 16 agora?

    • El Cuebro7 meses

      Acho que você está falando da Terminus Wrestling né, a empresa fundada pelo Jonathan Gresham, no que sei vai ser uma empresa que eles irão valorizar o estilo “original” do wrestling, o Pure como falam, num estilo mais grappling, lutas mais concentradas em força e técnica, do que outros moves, as lutas parece que terão tempos variando entre 15 e 20 minutos, talvez para tornar o show mais dinâmico, haverão outras regras também como count-outs em 5 segundos e não 10 como no normal, parece que haverá algo como uma prorrogação caso as lutas não acabem dentro dos tempos limites, o primeiro show será em Atlanta que é a terra natal do Gresham!

      No que pesquisei o card original é esse:
      ROH World Champion Jonathan Gresham defends against Josh Alexander
      ROH World Champion Bandido defends against Baron Black
      Jay Lethal vs. Lee Moriarty
      Impact Digital Media Champion Jordynne Grace defends against Kiera Hogan
      Moose vs. Mike Bennett
      Liiza Hall vs. Janai Kai
      Terminal eliminator match: JDX vs. Daniel Garcia vs. Invictus Khash vs. Adam Priest
      Tracy Williams & Fred Yehi vs. Dante Caballero & Joe Keys

    • MikePWBR7 meses

      Entendi. parece muito promissor. valeu Cuebro ^^

  2. El Cuebro7 meses

    Falando sobre a insatisfação de ter o Brock no combate, acho que muita gente sim, inclusive lutadores não queriam isso, o Big E notoriamente, KO e Rollins também, o Lashley deixou isso meio no ar, mas é fato que ajudou o Lashley a crescer frente ao Brock e logo após virar o contender ao World Title no Rumble, acho que poderiam quem sabe ter mantido o Brock longe do combate e ter atacado o vencedor da fatal 4-way original depois!

  3. Facebook Profile photo
    Klaus7 meses

    Nem ele nem ninguém. esse match só serviu para descredibilizar todos os lutadores dentro do ringue, até porque a luta sem o brock teria 30 minutos e com ele passou a 8

  4. Ao menos ainda bem que aconteceu porque vão ter um combate sozinhos!