O Hall of Famer da WWE e comentador do NXT, Booker T, comentou sobre o fim da carreira de Sting nos ringues, que irá ocorrer no Revolution desta noite.

Durante o seu podcast Hall of Fame, Booker T deu a sua opinião sobre este último combate da carreira de Sting:

Sting é um homem humilde. Não vais encontrar muitos tipos que tenham muitas coisas más a dizer sobre o Sting. Ele é o mais humilde possível e, sinceramente, acho que não teria sido possível sem o Darby Allin.

Darby, literalmente, era o tipo que andava por aí a fazer muito trabalho, mas ao mesmo tempo continuava a representar Sting, continuava a colocar Sting num pedestal, continuava a olhar para Sting como se ele fosse o melhor mentor.

Consegues imaginar um miúdo a ver o Sting a fazer o que fazia durante tantos anos e, quando dás por ti, estás a fazer Tag Team com ele? Eu percebo isso a 100%, por isso, grandes elogios ao Sting.

Ele está a preparar-se para dar o dia por terminado e cavalgar até ao pôr do sol. Uma coisa é que ele fê-lo à sua maneira. Fê-lo nos seus próprios termos.

Não deixou que ninguém lhe dissesse que não era capaz de o fazer quando tanta gente lhe disse que não era capaz. Por isso, um grande aplauso para o Sting.


Concordas com a opinião de Booker T sobre o lendário Sting?

2 Comentários

  1. El Cuebro4 meses

    Todas as homenagens ao Sting são mais do que válidas e eu concordo bem pouco com as coisas que o Booker T usualmente fala, mas ele foi bem nesse comentário, nada apaga o legado do Sting para o pro-wrestling!