Faz login e reduz a publicidade

Booker T processa criadores do jogo Call of Duty

há 5 meses Notícias 3

Segundo sites internacionais, o WWE Hall of Famer Booker T está a processar a editora de jogos Activision por causa do seu jogo Call of Duty Black Ops 4.

Booker T, no início da sua carreira e também na WCW, fez uma personagem de nome GI Bro, da qual tem os direitos de propriedade. Era uma personagem de um militar e que depois levou à criação de uma banda desenhada com essa personagem.

O WWE Hall of Famer acredita agora que a editora de jogos Activision, no seu jogo Call of Duty Black Ops 4, tem uma personagem The Prophet que tem várias semelhanças com a personagem GI Bro, que pertence a Booker T.

Como podem ver pela imagem abaixo, Booker T, poderá ter alguma razão neste processo.

No processo pode ler-se que Booker T está a processar por infração de direitos de autor, alegando que os criadores do Call of Duty Black Ops 4 poderiam ter criado a personagem de outra maneira e preferiram copiar a personagem de que Booker T tem os direitos de autor, GI Bro.


Acreditam que Booker T tem razão neste processo?

3 Comentários

  1. johncenajstylesethrollinsamoajoe há 5 meses

    Sei que o que vou dizer é diferente e nao têm a ver com wrestling mas no gta v estava presente uma mulher loira e a lindsay lohan abriu um processo contra a rockstar games pois dizia que a rockstar usou a sua imagem para fazer aquela art work e afinal a rockstar tinha-se inspirado em uma modelo com a qual tinha contrato . Bem nao sei se o booker t tem razao veremos espero que sim pois a personagem é muito mas muito idêntica

    • Black Lotus há 5 meses

      Sim eu bem me lembro desse caso da Lidnsay Lohan, e recentemente aconteceu o mesmo com o League of Legends, que postou um vídeo de cinematic e uma das personagens parecia com uma modelo asiática. Ela também abriu um processo contra a Riot. Eu acho que sim, pode ter sido uma inspiração, mas coincidências acontecem, e os personagens precisam parecer com humanos.

    • Black Lotus há 5 meses

      Lindsay* perdão

Comentar