Brain Buster #30 – Top 5 combates da NJPW desde 2012

Foto de perfil do Facebook 3 semanas 12

Boas a todos nesta grande casa que é o Wrestling PT!

As semanas vão passando, os meus artigos vão saindo a cada sete dias, pelo menos um durante esse período. A verdade é que já lá vão trinta artigos que escrevi para o maior site português de wrestling. Decidi, então, em jeito de celebração da trigésima edição do Brain Buster trazer algo diferente, outra lista pessoal, desta vez, de alguns dos meus combates preferidos de sempre.

É certo que no título deste meu artigo refiro somente combates da NJPW e durante um período que vai desde 2012 até ao presente em que nos encontramos, mas a verdade é que muitos dos combates que guardo sempre na mais entusiasta memória sobre todo o wrestling que já vi, são combates desta empresa nipónica e durante este hiato temporal.

E porquê desde 2012? Bem, considero que é um ano que marca a construção da NJPW que conhecemos hoje em dia e do estilo que nos apresenta e que que faz com que tantos fãs não-japoneses se apaixonem pelo produto da NJPW atual. Eu sou um desses fãs, senão o maior deles. Sem dúvida que o wrestling que a NJPW apresenta atualmente tem de ser considerado o melhor que temos à nossa disposição hoje em dia.

Procurando um estilo mais próximo do Kings Road da AJPW dos anos 90 e deixando de vez um estilo muito próximo do MMA que fez muita moça na popularidade da NJPW como companhia de wrestling no incío do século, o trajeto iniciado por volta de 2008/2009 de mudar radicalmente a NJPW, começando pelo seu estilo, como também nalgumas mudanças no seu dojo, encontrou em 2012, uma série de acontecimentos que o fortaleceram.

É o ano que a popularíssima personagem King of Strong Style de Shinsuke Nakamura começa o seu melhor período com a conquista do IWGP Intercontinental title, lutador que seria capaz de anular a desilusão dos primeiros anos deste título, para o elevar a um título de prestígio, de main-event diga-se.

E é o ano do nascimento de Kazuchika Okada enquanto Rainmaker, que viria, como todos sabemos a mudar o rumo da história da NJPW, quer com uma rivalidade de topo com a grande estrela da NJPW à sua estreia, Hiroshi Tanahashi, quer sendo o seu substituto como a principal cara da empresa.

Farei, então, o elenco dos meus cinco combates preferidos da NJPW deste “período de ouro”, se não, de diamante. São eles…

12 Comentários

  1. Ryu3 semanas

    Boa escolha de combates, no entanto, na minha opinião, acho que vários combates entre o Tanahashi e o Okada, e Ibushi vs Nakamura estariam no meu top 5, em vez de algumas das tuas escolhas

    A tua escolha como primeiro lugar é um combate icónico, que tal como referiste, levou a NJPW a outro nível no que toca á expansão da empresa fora do Japão, mas gostei mais do combate do Dominion, que por muito bom que este primeiro foi, o segundo ainda assim acabou por superar, pois achei muito mais dramático e emocionante.

    • Foto de perfil do Facebook

      Obrigado pelo comentário.
      Num top10 o combate entre o Okada e o Tanahashi no WK10 e entre o Nakamura e o Ibushi no WK9 estaria presente. Sei que são escolhas óbvias, assim como Tanahashi vs Suzuki ni KOPW 2012, etc., mas estamos a falar de somente 5 lugares ahahah.
      Compreendo o que dizes, se foi emocionante, foi? Mas em vários momentos o combate arrastou-se para durar os 60 minutos, prefiro algo mais rápido e ainda mais emocionante como no primeiro confronto.
      Aliás, esta é uma lista subjetiva e não objetiva. São os que eu mais gostei e não os que achei melhores.
      Não obstante, referenciaste escolhas muito boas, dignas de qualquer lista como esta.

  2. Lucas Gomes3 semanas

    Gostei do artigo, principalmente das lutas escolhidas, só esse ano passei a acompanhar realmente a NJPW, oq me fez ser fã do wrestling japonês foram os vídeos que assisti de lendas como The Great Sasuke, Jushin Ligar, Último Dragon, Hayabusa, não é a toa que a NJPW tem o melhor wrestling do mundo. Apenas na última parte da da luta entre Omega e Okada que recebeu nota 6, na verdade não foi a primeira… lá em 94 na luta entre Mitsuharu Misawa e Toshiaki Kawada, foi o primeiro combate a receber nota 6

    • Foto de perfil do Facebook

      Obrigado pelo comentário.
      Sim, o combate entre o Omega e o Okada foi o primeiro a receber 6 estrelas
      Inicialmente o combate entre o Misawa e o Kawada na AJPW em 1994 recebeu a nota de 5 estrelas.
      Somente depois do WK11 e do Meltzer ter alargado o seu ranking de estrelas ele reformulou as estrelas que deu a esse combate, passando de 5 para 6.

  3. Sandrojr3 semanas

    Otimo artigo, eu assistir Aj vs Suzuki, Okada vs Omega e Omega vs Naito. O resto eu não vi, mas verei.

  4. Parabéns pelo 30° artigo. Eu quase que não vejo combates da NJPW, só dou uma espreitadela de vez em quando os resultados dos shows. Mas com certeza que nos próximos dias verei os combates que enumeraste no artigo.

  5. É mesmo difícil escolher 5 combates para os ultimos 7 anos da NJPW, porque foram combates épicos atrás de combates épicos.

    Assim de repente ficam de fora o Okada vs Shibata no Sakura Genesis de 2017, Ishii vs Omega, Ishii vs Goto, Ishii vs Shingo, Shingo vs Ospreay, Hiromu vs Ishimori, Omega vs Ibushi, Omega vs Tanahashi, Ibushi vs Jay White, Ospreay vs Okada, Okada vs Marafuji, AJ vs Tanahashi, Tanahashi vs Karl Anderson (recomendo vivamente), Goto vs Suzuki, Sanada vs Okada, Evil vs Okada, etc.

    Isto foram os primeiros que me vieram à mente de repente, além dos mencionados no artigo, e não sou capaz de fazer um top 5, o que diz muito sobre a enorme qualidade dos combates da New Japan, que está claramente acima de qualquer outra promoção neste aspecto.

    • Foto de perfil do Facebook

      Obrigado pelo comentário.
      :´) : a minha cara quando me lembro que não consegui englobar o Ishii vs. Omega, nem o Okada vs. Shibata…

  6. Dani Fixe3 semanas

    Aproveito para recomendar dois combates que me surpreendeu bastante: Aj Styles vs Shibata (G1) e Kushida vs Kyle O’rely

    • Foto de perfil do Facebook

      Obrigado pelo comentário.
      Conheço muito bem os dois e apesar do AJ e o Shibata terem dado um combate bastante bom, qualquer confronto entre o KUSHIDA e o Kyle mereceu sempre muito mais destaque do que o que acabou por receber. Os dois têm mesmo imensa química na minha opinião.

Comentar