Frank casino

Bray Wyatt, que agora é WWE Universal Champion pela segunda vez depois do seu alter-ego “The Fiend” ter conquistado o título no SummerSlam contra Braun Strowman, foi entrevistado pelo jornalista Arda Ocal, tendo falado de vários temas sobre a WWE, numa entrevista que se pode ver em cima.

Nesta sua entrevista à ESPN, o lutador do SmackDown e atual campeão máximo da brand revelou que na sua opinião a WWE deveria fazer menos combates cinematográficos.

Eu gosto dos combates cinemáticos, mas a verdade é que gosto mais de estar rodeado de pessoas enquanto luto e eu acredito que os combates cinematográficos deveriam ser mais espaçados, porque este tipo de combates deveriam ser especiais.

Em especial depois do Boneyard Match entre o Undertaker e AJ Styles, esse combate dificilmente algum dia irá ser batido em termos de qualidade. Vamos ser honestos, é um combate com AJ Styles e Undertaker, mas combates cinematográficos têm de ser pensados e trabalhados de uma forma muito específica.

São combates excelentes para usarmos a nossa criatividade, mas este tipo de combates tem de ser mais espaçados para serem especiais.

Bray Wyatt, que ainda antes desta era de combates cinematográficos na WWE já tinha enfrentado Matt Hardy e Randy Orton em combates deste género, desde o início da pandemia enfrentou primeiro John Cena no Firefly Fun House Match na WrestleMania 36 e também Braun Strowman no Swamp Fight do Extreme Rules, mostrou que apesar de ser fã deste conceito, deveria haver menos combates do que os que já aconteceram.


Concordas com Bray Wyatt quando este diz que deveria haver menos combates cinematográficos?

10 Comentários

  1. Hugo4 semanas

    Bom….
    E não é que o Bray tem razão.

  2. Facebook Profile photo

    Concordo com ele. Se todo PPV tiver um, fica mt saturado, e acaba tirando a “inovação” do combate

  3. Tem toda a razão, se começa a haver demais perde o toque e já ninguém liga

  4. Concordo completamente! Este tipo de combate devem ser especiais e feitos espaçadamente para os fãs não enjoarem. Se fazem combates cinematográficos regularmente, vão começar a perder a magia.

  5. Concordo plenamente com o Bray Wyatt.
    Há casos onde menos é mais e este é um deles…combates cinematográficos espaçados no tempo dão aquele toque de especial e têm maior significado…feito muitas vezes perde a magia e a sua essência.

  6. Anónimo4 semanas

    Concordo totalmente com o Bray Wyatt.

  7. Concordo com ele, não sou grande fã destes combates e quantos menos houverem melhor, pelo menos em ppv. Não me importava era de ver outra Firefly Fun Match, mas num SmackDown normal, como segmento de uma rivalidade seria muito bom.

  8. Interessante ver o Bray falando fora da suas personas, gosto muito dele! Quem o viu como apenas um Powerhouse no Nexus, não imaginava o gênio que o mesmo se tornaria! Em relação ao assunto retratado, concordo plenamente.