Bret Hart e Hulk Hogan foram dois dos wrestlers mais importantes das suas gerações, tendo contribuído significativamente para o aumento de popularidade da modalidade, mas nunca se deram bem.

O lendário lutador canadiano considera o “Hulkster” limitado. Em entrevista ao Calgary Sun antes de ser induzido ao Hall of Fame do Canadá na próxima sexta-feira, o antigo campeão mundial recordou os ensinamentos apreendidos e aproveitou para “dar uma bicada” no seu contemporâneo.

Acho que tudo remonta a quando Gorilla Monsoon me chamava de “Excellence of Execution”. Eu era apenas um lutador que fazia tudo bem. Eu lembro-me quando comecei a lutar, eu sabia como tudo funcionava. Eu sabia como ir contra o turnbuckle, eu sabia como fazer um body slam. Quando queres ver como fazer algo no Wrestling, assistes aos meus combates. Queres aprender a fazer um Sharpshooter? É assim que se faz. Queres aprender como fazer um Suplex? É assim que se faz. Eu sempre fui esse lutador.

Eu fui verdadeiramente bem ensinado por dois tipos japoneses [Mr. Hito e Mr. Sakurada] quanto à arte do Wrestling. Fui ensinado em como me proteger e ao meu oponente de modo a que ele não se magoe. Mais importante do que isso, o que interessava era o que eu representava. Tenho um incrível legado de trabalho com tantos wrestlers diferentes. Estou muito orgulhoso desses combates.

E todos os wrestlers canadianos como Natalya ou Edge foram influenciados por mim. Se olhares para o Wrestling quando este era o “Hulk Hogan show“, ele tinha dois metros e era um wrestler com nota 1 de 1 a 3. Ele não sabia fazer um headlock nem sequer com um farol [de ajuda]. Ele não sabia muito. Ele sabia como fazer uma clothesline e talvez um body slam. Ele era bastante limitado.

Vince McMahon arriscou comigo e tornou-me o campeão. Isso significou tanto para mim que me tentei provar como esse campeão. Para mim, o que importava era ser o melhor wrestler. Dei imenso de mim enquanto esse wrestler. Eu era um bom exemplo nos balneários. Tudo isso significa bastante.


Achas que Bret Hart tem razão?

6 Comentários

  1. Rei de lisboa1 mês

    Eu tbm sempre achei o hulk hogan muito forçado, e realmente é verdade se alguém vir os combates, são básicos os movimentos, ele só teve sucesso por causa do fisico e por influência nos bastidores alem de ser um idiota como pessoa. Naquele tempo o físico era mais importante que o talento. Por isso sim concordo com o bret. O hogan era básico mesmo e nunca achei ele bom nas promos. Foi por causa dele principalmente que a wcw faliu. Ao contrario do hogan era o contrário era muito tecnico e talentoso, era boa pessoa, tinha o seu ego, era normal mas foi uma inspiração para muitos superstars atuais e um grande hall of famer. Ao contrario do hogan que era mentitoso, racista, egocêntrico e um idiota. Nem o cm punk gosta dele.

    • BigMando1 mês

      O Hogan só era personagem. O Ultimate Warrior também era igual, muito mais personagem do que talento no ringue

    • Whermatch1 mês

      HH mongo

  2. ??1 mês

    Era bem obvio que o Hogan era bem fraco no ring.

  3. EO Caso1 mês

    Sabe o melhor sobre isso? É que não importa, as pessoas assistem pelo personagem, e por isso o Hogan é o maior de todos os tempos. O Bret não chega perto, e vive de reclamar de todos os outros. O Bret é o Cm Punk do futuro, mas pelo menos era melhor no ringue…

  4. Notava-se que era limitado no ringue, só mesmo para se mostrar!