Frank casino

Britt Baker é uma das lutadoras mais importantes da divisão feminina da All Elite Wrestling e é também a namorada do NXT Champion Adam Cole.

Se é normal Britt Baker ir assistir aos combates de Adam Cole nos maiores eventos do NXT, tendo até já sido filmada em direto pela WWE no TakeOver: WarGames, ao que parece o contrário não era possível.

Segundo a lutadora no AEW Unrestricted, durante bastante tempo a WWE proibiu Adam Cole de ir assistir os eventos da AEW ao vivo.

Eu tenho bastante sorte, porque o meu patrão [Tony Khan] não tem problemas em que eu vá ver ao vivo os combates mais importantes do meu namorado, Adam Cole. Eu estive lá quando ele ganhou o NXT Championship e também estive, como todos sabem, presente no TakeOver, onde houve o combate War Games.

Só que o contrário, ao início não era possível. Ele para o All In comprou bilhete de avião e ia ver na arena, mas os responsáveis [da WWE] disseram-lhe depois que ele não podia ver o evento na arena. Ele teve de ficar no hotel a ver o All In no telemóvel, para depois estarmos juntos.

Recentemente eles mudaram isso, e ele pôde vir apoiar-me no nosso show de Ano Novo. É bom para ele, porque esta é a sua família. Ele já era amigo dos Young Bucks ainda antes de nós sermos um casal.


Pensas que a WWE fez bem em deixar de proibir Adam Cole de ver os eventos da AEW ao vivo?

12 Comentários

  1. Não, não fez bem.

  2. Tulhão4 meses

    Bom, eu penso q sim

  3. Nao fez bem em proibi-lo de assistir ao evento,se ta fora do horario de trabalho dele pode fazer o que quiser

    • Anónimo4 meses

      Quando se trabalha numa empresa mundialmente conhecida onde se marca presença na televisão de milhões de pessoas, onde a tua imagem dá dinheiro a essa empresa e se vive numa era que a vida pessoal de alguém famoso é completamente exposta as coisas não são bem assim

    • Facebook Profile photo
      Klaus o Mr awesome4 meses

      Sim anónimo concordo. Tbm concordo que eles não tiveram qualquer problema em filma-la na arena quando ela foi lá assistir o show… Isso intriga-me! 🤔

  4. George Bernardes4 meses

    Bem, a diferença é que, uma coisa é ela ir aos eventos da WWE não irá fazer diferença alguma, outra coisa é o Adam Cole querendo ou não, ir ao um evento da AEW e ajudá-la a se promover mesmo que seja sem intenção

    • Anónimo4 meses

      Lá isso é verdade. Ela apareceu no Takeover, e não fez muito diferença, havia gente que nem sabia que ela era. Agora se fosse o Adam Cole aparecer, a coisa já ia ser bem diferente. Por isso até se entende essa proibição, mas desde que consigam fazer isso sem haver chatices, não vejo o mal de cada um ir ver os shows um do outro.

  5. Obviamente que a WWE fez bem em voltar atrás nessa decisão, não devia era ter proibido Adam Cole logo da primeira vez…

  6. Anónimo4 meses

    Acho que fez bem. Não vejo o mal em haver um casal a trabalhar em empresas diferentes, e irem ver os shows um do outro. Para não gerar conflito, basta não aparecer em frente das câmaras. Até porque se entende, que uma empresa não queria que o seu lutador apareça ligado ao show de outra empresa, não se pode censurar isso.

  7. Facebook Profile photo

    WWE = Estado Novo

  8. Diego Barreto4 meses

    A WWE, assim como a AEW trabalha com imagem. A imagem da Baker na WWE não diz nada, mas é só aparecer o Adam Cole na AEW que vocês vão ouvir altos e claros ADAM COLE BAY BAY! É tipo o Moxley aparecer na câmera do NXT, imagine.