Navega no Wrestling PT sem pop-ups

Canto New Japan #28 – G1 Climax 27 (Dias 17, 18 e Final)

Esta semana, podes com os últimos três emocionantes dias do G1 Climax 27 em análise neste Canto New Japan. O último dia do A Block, do B Block e o show da Final foram shows ricos em emoção e saímos do torneio com considerações para os próximos meses. Esta é também a altura de olhar para quem mais se destacou neste G1 Climax.

O G1 foi longo mas foi um enorme prazer acompanhar e já agora todo o apoio que o podcast teve superou largamente as expectativas.

Segue o Canto New Japan:

Podes ainda seguir o Lariato, um espaço de opinião de minha autoria aqui no Wrestling.PT!

1 Comentário

  1. RFBM - há 3 meses

    Gostei de ouvir Miguel, só acho que até fazes análises a combates que não têm muito interesse para tal, e talvez por isso acabes por alongar tanto o vídeo. Vou tentar dar a minha opinião sobre algumas coisas:

    Já discuti isto contigo e para mim, ou faziam KUSHIDA vs. Hiromu pelo título dos Juniores outra vez no WK, ou então puxava o BUSHI e o Hiromu para os títulos de Tag Team da divisão e alçava um novo adversário ao KUSHIDA, talvez o Marty Scurlll, quando a feud com os Suzuki-gun acabar, porque acho que depois do Destruction, ou no KOPW ou no Power Struggle, o KUSHIDA ainda vai defender o título dos Juniores contra o Kanemaru ou contra o Taichi.

    Em relação ao YOSHI-HASHI, totalmente de acordo, depois do G1 e do combate com o Omega no Destruction o ano passado, esperava bem mais, tanto a nível de pontos (acabou por ter menos do que o ano passado penso eu) como ao nível da qualidade dos seus combates. Já em relação ao Makabe, acho que deve e vai começar a perder destaque nos próximos tempos, até porque o estatuto de veterano já começa a pesar e daqui a uns bons anos ainda, vai ter o papel que o Nagata teve este ano.

    Ao contrário de ti, já estava à espera que o Ricochet e o Taguchi vencessem os títulos de Tag Team dos Juniores, até porque começam a faltar adversários aos Bucks e assim ao menos, têm alguém para enfrentar e para ocupar os seus próximos tempos. E concordo contigo, finalmente o Taguchi volta a mostrar que sabe oferecer muito bom wrestling, pela primeira vez desde o combate com o Hiromu no 45th Anniversary.

    O meu Top 3 de combates preferidos do Shibata são sem dúvida: 3-Okada vs. Shibata (Sakura Genesis 2017); 2-Ishii vs. Shibata (New Beginning 2016); 1-Honma vs. Shibata (G1 Climax 24).

    Sem tirar nem por na tua opinião sobre o Cody, totalmente de acordo, até nem acho que o combate com o Okada tenha sido assim tão bom, foi mediano em relação ao que o Okada tem feito. Quando ao combate da final já discutimos pessoalmente, compreendo a tua posição, mas para mim, sem dúvida o melhor combate do torneio e ss planos estão abertos para os próximos meses, ainda muita coisa pode acontecer até ao WK12, em qualquer divisão ou título.

    Gostava ainda de salientar uma coisa em relação ao Juice Robinson, mesmo não sendo dos meus lutadores preferidos, porque não o é, mesmo nem de perto, nem de longe mesmo, dá-me gosto vê-lo lutar na NJPW, é alguém que tem uma certa “paixão” por aquilo que está a fazer e isso nota-se, é alguém que tem mesmo um gosto especial em lutar na NJPW.

    Os combates do G1 que aconselho a ver, podem não ser os melhores, mas foram os que mais me tocaram: 5-Goto vs. Nagata; 4-Elgin vs. Okada; 3-Elgin vs. Omega; 2-Okada vs. Suzuki; 1-Naito vs. Omega.

Comentar

Editar avatar »