O nosso YouTube está de volta. Subscreve!
Frank casino

No WWE Backstage desta semana tivemos a participação não só de CM Punk, que voltou ao programa após algumas semanas de ausência, como também de Charlotte Flair como convidada especial e de Stephanie McMahon que apareceu durante um segmento sobre a WrestleMania 37, do próximo ano.

O painel de comentadores, composto por Renee Young, Booker T, CM Punk e Paige começaram por falar da divisão feminina da WWE. Da forma como Charlotte Flair está envolvida numa história com a NXT Women’s Champion Rhea Ripley, do ataque de Shayna Baszler à Raw Women’s Champion Becky Lynch e também do combate que a SmackDown Women’s Champion Bayley tem marcado contra Carmella.

Depois, os mesmos comentadores falaram de Randy Orton, das suas ações não só contra Edge, mas em especial contra Matt Hardy no Raw desta segunda-feira. O “The Viper” voltou a atacar um veterano lutador da WWE com um RKO e uma cadeirada, e CM Punk afirmou que um Randy Orton “motivado” é o melhor que pode existir. Apesar dos ataques, o “The Viper” continua sem explicar as suas ações.

Já com Charlotte Flair no programa, a “Queen” falou do NXT e destacou Finn Bálor. A lutadora afirmou que sem o ex-NXT Champion não haveria NXT, uma vez que ele foi um dos principais responsáveis pelo crescimento da brand amarela há uns anos, e para esta se ter tornado na 3ª brand da WWE.

Seguiu-se depois um momento em que Charlotte Flair falou da sua amizade e rivalidade com Becky Lynch, no qual CM Punk acabou por spoilar o filme “Thelma & Louise”, ao fazer uma analogia entre as duas lutadoras da WWE e as duas personagens do filme.

Um dos temas também abordados neste WWE Backstage foi a recente contratação de Simone Johnson, filha de “The Rock”, por parte da WWE. A jovem vai integrar os treinos do Performance Center, e caso corra bem, terá todo um futuro pela frente na WWE. Charlotte Flair comentou como é descender de uma lenda do Wrestling, e o quão fácil e difícil isso pode ser em vários aspectos da carreira de uma Superstar.

Seguiu-se depois um segmento com Stephanie McMahon, onde esta falou do facto da WrestleMania regressar a Hollywood, Los Angeles, já no próximo ano de 2021. A filha do presidente da WWE revelou alguns detalhes sobre o novíssimo SoFi Stadium e afirmou que é o maior estádio do mundo.

Stephanie McMahon também aproveitou este segmento sobre a WrestleMania 37, para revelar que esteve envolvida na criação do primeiro Money In The Bank Ladder Match, que aconteceu na última vez que a WrestleMania se realizou em Los Angeles, que foi a WrestleMania 21 em 2005.

Voltando aos comentários sobre assuntos da atualidade, foram debatidos assuntos como o SmackDown Women’s Championship Match que Bayley terá com Carmella, o regresso de John Morrison e MVP à WWE, assim como o próximo adversário de Aleister Black na WWE. CM Punk afirmou que Aleister Black deveria lutar pelo título secundário do Raw, que está neste momento com o suspenso Andrade.

Seguiu-se depois um segmento para recordar o movimento #GiveDivasAChance, que começou no início de 2015, e que deu depois origem à Women’s Revolution que se veio a assistir na WWE. Tudo isto aconteceu há 5 anos, e meia década depois, muita coisa mudou.

As mulheres começaram a ter maior importância nos shows da WWE, foram criados novos títulos, tivemos as primeiras edições de combates Money In The Bank, Hell in a Cell, TLC, Elimination Chamber e Royal Rumble femininos, entre outros. E tivemos até um main event da WrestleMania feminino.

No seguimento deste assunto da Women’s Revolution, Paige afirmou que AJ Lee era e é a melhor mulher a falar ao microfone, e que ela também foi uma grande responsável para que este movimento de evolução feminina na WWE tenha existido.

Charlotte Flair também teve a oportunidade para abordar este assunto, reforçando a importância de que as lutadoras vindas do NXT tiveram para dar força à divisão feminina da WWE.

Por fim, o programa desta semana terminou com uma “promo” de Charlotte Flair.

O que achaste desta edição do WWE Backstage e das opiniões que nela foram dadas?

2 Comentários

  1. Rodrigo2 semanas

    Interessante à referência ao primeiro combate Money In The Bank na WrestleMania, será que pode regressar no próximo ano ao grande palco? Não acredito muito, mas gostava que acontecesse.

  2. Anónimo2 semanas

    Foi interessante.