Chris Jericho revelou que alguns lutadores da AEW receberam uma proposta por aparição, depois dos seus contratos originais terem expirarado.

Em conversa no seu podcast “Talk Is Jericho” com o antigo membro do roster da AEW, Alan Angels, que foi membro dos Dark Order, revelou que estava muito agradecido pela oportunidade que Tony Khan lhe ofereceu no pico da pandemia.

O apresentador também referiu que o seu convidado não foi o único a receber essa mesma proposta por aparições.

Tu não és o único que recebeu uma oferta por aparição depois do contrato ter acabado. Aconteceu com algumas pessoas.

Porque, mais uma vez, agora que os primeiros dois anos da AEW acabaram… CM Punk está aqui agora, Adam Cole está aqui, Bryan Danielson está aqui.

Não é um corte orçamental em ti. É apenas a maneira como mudou todo o cenário de contratos financeiros na AEW.

Segundo os comentários de Chris Jericho durante o episódio, parece que Tony Khan neste momento confia mais neste tipo de negócios, do que na contratação de grandes nomes por vários anos, como é o exemplo de CM Punk, Adam Cole e Bryan Danielson no ano passado.

Depois da oferta deste contrato por aparição, Alan Angels decidiu não renovar contrato com a AEW em Junho deste ano, o que aconteceu com outro membro dos Dark Order, Stu Grayson.

Esta não é a primeira vez que é discutido este tipo de contratos de apenas uma ou várias presenças, já que nos finais de 2020, o antigo vice-presidente Cody Rhodes comentou essa situação.


O que achas deste tipo de novos contratos oferecidos pela AEW?

3 Comentários

  1. Marcos Jr.3 semanas

    Depois querem falar merda quando eu falo que a AEW é uma merda.

  2. Pywa3 semanas

    Sinceramente.. entendi nada

  3. Rulqi Rugas3 semanas

    a AEW começou a ruir e o nome do culpado é CM Punk. O Ego desse cara deve ser estratoferico