Pat Patterson faleceu no início deste mês e desde então várias têm sido as homenagens ao primeiro Intercontinental Champion da história e criador do Royal Rumble Match.

Entretanto Chris Jericho, no seu podcast, homenageou Pat Patterson e em conversa com Dave Meltzer explicou a relação entre o falecido e Vince McMahon, revelando que Pat Patterson era o único que tinha coragem de contrariar o presidente da WWE.

Eu uso tantos coisas que Pat Patterson me ensinou, que às vezes penso que são coisas minhas, mas não, foi ele que me ensinou. De certeza que tu [falando com Dave Meltzer] já ouviste as histórias de Vince McMahon mudar de ideias e assim, e Pat Patterson dizia uma coisa muito simples: “Ele às vezes gosta de chocolate, outras vezes gosta de baunilha, mas esta é a sua loja de gelados, por isso temos de dar-lhe o que ele quer”.

Eu uso e penso sempre nessa metáfora, mesmo quando falo sobre o Tony Khan. Não interessa o que os lutadores querem, a empresa é dele [Tony Khan] e é ele que manda.

Só que Pat Patterson conseguia dizer tudo o que quisesse a Vince McMahon. Às vezes, nas reuniões de booking com o Vince McMahon, o que as pessoas pensavam é como são todos lambe botas, ninguém dizia nada e diziam que estava bom. Chegava a vez de Pat Patterson e dizia: “Isto é terrível, esta parte é má, onde estão os lutadores mais jovens? O que é que estamos a fazer?”. Os writers ficavam a olhar para ele aterrorizados, porque ele estava a contrariar Vince McMahon em frente de todos, mas ele podia fazer isto, porque eles tinham uma relação de amizade de há vários anos.

O interessante era que Vince McMahon não gosta de fumadores e Pat Patterson era fumador. Vince McMahon não gosta de sotaques e Pat Patterson tinha um sotaque muito forte, por ser oriundo da parte francesa do Canadá. Mais do que o talento de Pat Patterson, havia ali uma grande amizade.

Eles davam-se extremamente bem, mas olhando somente para essas coisas de forma superficial, eles eram tinham uma amizade bastante estranha.


Tinhas a noção de que Pat Patterson era o único que tinha coragem de contrariar Vince McMahon? E antes de Pat Patterson morrer, tinhas a noção da contribuição do Hall of Famer para a WWE?

10 Comentários

  1. Hugo3 meses

    Bom….
    Sim tinha conhecimento da inestimável contribuição dele para a modalidade.
    Mas fiquei agradávelmente surpreendido pela profundidade da amizade que existia entre eles.

  2. Pelo que parece falta gente com coragem lá dentro.

    • DiogoM3 meses

      com contas para pagar e familias para alimentar nao admira

  3. Anónimo3 meses

    É bom ver alguém que não tem medo de dizer o que pensa para o Vince, e faze-lo ver que nem sempre está certo. Mas claro, também se entende que muitos não tenham essa coragem.

  4. El Cuebro3 meses

    Pat Patterson eterna lenda, precisamos de mais caras como ele na criação da WWE!!

  5. Kay Orton3 meses

    Fico feliz que Pat tinha essa liberdade me pergunto quantos do balneário ele conseguiu trazer uma oportunidade que tenha mudado a cabeça do Vince no futuro. Parece loucura mas na WWE as pessoas tem medo de expressar o que pensam na frente do Vince. Muitos devem ser contra tudo que Vince faz mas o medo de não ser bem recebido e perder o emprego fala mais alto. É como o eterno Pat disse: “De a ele o que ele quer”

  6. Falta haver mais malta como ele para fazer frente ao Vince.

    • Surf3 meses

      quem? abrem a boca vão logo pra rua, simples, é a diferença entre um amigo e um “funcionario” e até percebo

  7. Filipe3 meses

    quer dizer que daqui para a frente as coisas vao piorar??

  8. Parece que havia um certo á vontade perante o Vince!