Como sabemos, CM Punk saiu da WWE em 2014 de forma algo controversa, tendo só regressado ao Wrestling há umas semanas, quando assinou pela All Elite Wrestling.

Em entrevista ao Busted Open Radio, o “Second City Saint” afirmou que se tivesse ficado na WWE, teria morrido.

Há aquilo a que as pessoas gostam de chamar drones (tipo fanboys) da WWE, que não vão gostar de nada do que eu tenha para dizer sobre a empresa. Por isso, tento limitar o que digo, mas tudo o que digo é a verdade.

Eu ia morrer. Percebem o que quero dizer? Porque, na minha cabeça estou sempre a pensar: “Bem, o que faria Harley Race? Ele iria continuar”. Mas só te podes magoar algumas vezes e continuar. Nunca me foi dado tempo para recuperar das cirurgias ao cotovelo e ao joelho, e consegui evitar uma cirurgia à anca. Era sempre: “Não, precisamos de ti”.

É bom ser-se necessário, mas eles vão usar-te até não dares mais. Eu estava nesse caminho. Vi demasiados amigos a serem engolidos por este negócio, por drogas e por tudo o resto que talvez pensassem que tinham de fazer para continuar. Eu tinha de quebrar o ciclo. Foi por isso que me fui embora. Nunca me orgulhei de muitas coisas, mas isso é uma coisa da vida real de que me orgulhava.

Porque eu dei um passo atrás e fiquei tipo, eles não me estão a ouvir. Estou doente, estou magoado. Eles não vão tomar conta de mim. Eu tinha de tomar conta de mim, percebes o que quero dizer? Causou muito drama. Mas eu estou vivo. Acordei esta manhã. Parece dramático, mas não é.

Teria continuado até não poder ir mais, literalmente. Para quê? Para quando morresse ser induzido num Hall of Fame que não interessa? Não, eu não quero isso. Quero poder beijar a minha mulher e passear o meu cão e desfrutar das coisas.

Imploro a qualquer pessoa que, se estiver descontente com alguma coisa, tem de fazer o que é melhor para si. Quem me dera que houvesse um sistema de apoio. Mas eu estava mentalmente, fisicamente, espiritualmente e emocionalmente apenas em sofrimento. Se eu não saísse dali, não estaria aqui neste momento.


O que pensas destas declarações de CM Punk?

34 Comentários

  1. eai2 semanas

    Desculpa mais achei Exagerado, ele falar que ia MORRER se continuasse na WWE, na minha opnião punk so teve sucesso por causa de sua passagem nessa empresa, se ele não tivesse tido o SUPER push que ele teve em 2012, ele seria um cara como todos os outros, dai quando ele para de ter push em 2014 é pede demissão da empressa, ele fica tudo mimimi, ai não da né, depois reclama dos outros receber uma chance, reclama do John cena, mais de 2010-2013 ele parecia um John cena da vida,raramente perdia,estava na rota do mundial e só foi perder para o The Rock. Más eu não sei posso ter interpretado errado, não sei como é a vida dele, mais eu espero que ele tenha felicidades em seu retorno ao wrestling.

    • TaKumiGSR2 semanas

      tudo o que disseste é o que venho a dizer desde que ele saiu da WWE , sempre a mandar postas mas tambem parece esquecer que tem a fama que tem por ter estado lá…

    • Facebook Profile photo

      Acho que não podes minimizar o “só foi para perder para o The Rock”. Claro, qualquer pessoa desta indústria acredito que ia adorar trabalhar com o The Rock e não se ia importar de perder contra ele.
      Mas por outros lado, e tentando-me meter na pele de um lutador, é chato carregares a empresa como o campeão durante 400 e tal dias, seres o main eventer dos Raws, SmackDowns e inúmeros house-shows durante um ano e meio, para quando chega o momento de concretizares o teu sonho de seres main eventer da WrestleMania, perdes o título para alguém que fez dois combates até ali, desde 2004, para ir ele, pelo segundo ano consecutivo, ao Main event.

      Eu ainda assim acho que essas razões foram o mal menor para a saída dele. A saúde parece-me ter sido a mais importante, e isso só ele sabe o que passou, só ele sabe o que foi ter de aguentar e lutar com as dores.
      A verdade é que não seria a primeira nem a última vez, infelizmente, que as lesões/dores levavam um wrestler à morte. Uns não de forma tão direta, mas vê a quantidade de wrestlers que morreram por causa das drogas em que se foram viciando para atenuar as dores.

    • Facebook Profile photo

      Corrigir uns detalhes, o Punk nunca reclamou sobre o John Cena fora de personagem, fora de personagem só critica (que eu tenha visto) o excesso de world títle matches que recebia. E entre 2011 e 2013 era normal que o Punk estivesse na rota do titulo mundial se era o Campeão, se achas que o reinado dele foi demasiado longo e não era para isso, é outra coisa, mas não se pode dizer que ele esteve sempre à volta do mundial sem razão até porque só fez 4 title matches pelo WWE title em que ele não era campeão quando entrou.

    • eai2 semanas

      Carlos Silva Sim Amigo concordo.

    • eai2 semanas

      Rodrigo Pinto compreendo.

    • rated r2 semanas

      Ele foi muito injustiçado enquanto andava lá, a empresa são não o conseguiu “enterrar” após o angle da Pipe Bomb porque ele estava super over com os fãs e a popularidade que ele estava, ascendeu até campos extremos como no caso do Steve Austin, Cena etc.
      Agora imagina ele ser o campeão da empresa e nunca ser o main event de um PPV (pelo que me lembro só foi no Royal Rumble por causa do The Rock), até o Cena e o Laurinatis tiveram o main event no lugar dele quando esse combate nunca devia ter estado na posição que esteve.
      Quanto ao ele estar doente e a empresa não o deixar sair, acredito vivamente que ele estava muito mal, pelo que deu para perceber pelas inúmeras entrevistas que deu e por ter contado que no backstage, os médicos lhe diziam que ele estava bem quando não estava…

    • Litos2 semanas

      Não é mentira nenhuma. Ele tinha uma infeção que os médicos da WWE negligenciaram e não trataram devidamente e se ele não tivesse saído ia levar à sua morte.

  2. Preguiça de por nome2 semanas

    Jericho 2.0…
    Jaja comeca a falar mal da wwe…
    Mais uma vez, pq não esquece essa porra da wwe?
    E foca na merda da aew?

    Perca de tempo!

    • Bruno2 semanas

      Em concreto não começou agora a falar, mal saiu em 2014, falou no podcast do Colt Cabana e falou muito mal, até lhe valeu um processo por parte do médico da WWE, que por curiosidade o médico perdeu.

    • Preguiça de por nome2 semanas

      Esse eu lembro…
      Maa sério, oq eles ganham com isso? Inves de focar no que esta fazendo adiante…

    • les-te2 semanas

      nunca a primeira frase que ele disse fez tanto sentido neste comentario

  3. Andrey2 semanas

    estranho ele dizer isso dessa forma, caras como the miz que entraram na empresa como meros calouros e fizeram seu nome na mesma estão até hoje e sem reclamar, acho que foi exagero da parte dele.

    • Segredo meu nome2 semanas

      Logo o miz q foi usado a cadeira de rodas enquanto tratava da sua lesão? Logo o miz q serve pra nada na empresa a n ser tomar PIN de seja la quem for? O miz n é um ninguém perto do q o punk era, o único q se encaixa nessa importância hoje em dia na E é o Roman reigns

  4. Eu também teria morrido se continuasse no meu anterior emprego.

  5. Talvez um pouco exagero, mas ele a que sabe como se sente. Pelo contrário, agora nota-se a alegria em cada interação na AEW, nota-se que está a disfrutar bastante e com certeza que vai produzir grandes momentos

  6. A meu ver, Punk não disse nada de errado aqui.
    Há malta que pensa que ele exagera ao dizer que esteve quase a morrer, mas Punk não está a mentir. Nos últimos meses na WWE, ele apanhou uma staph infection, uma bactéria que se espalha por vários órgãos e sistemas no corpo e que pode causar uma paragem cardíaca, levando à morte. E o médico da WWE recusou-se a tratar disto. Isto para além das várias lesões que apanhou entre 2012 e a sua saída, sendo que lhe foi dado pouco ou 0 tempo de recuperação.
    Foi WWE Champion por 434 dias, mas não foi tratado como tal. Exemplo: Over the Limit 2012. O main event desse show foi John Cena vs John Laurinaitis, quando aconteceu no mesmo show CM Punk vs Daniel Bryan pelo WWE Championship. Aliás, em 13 PPV’s em que ele defendeu o título, foi o main event em 5. Ele não tem que elogiar a WWE.
    Simplesmente estou feliz por ele ter encontrado de novo a felicidade de praticar professional wrestling.

    • Concordo 100% e depois disso o moxley apamhou também uma staph infection e foi imediatamente retirado do All Out em 2019as creio que já tinha acontecido algo parecido quando ele ainda estava na WWE.

    • Facebook Profile photo

      Aqui está um belo comentário, concordo a 100%.

      Acho que só quem viu este homem a sair da ROH em lágrimas na sua despedida consegue entender que ele realmente teve razões muito sérias para se afastar do negócio 7 anos e meio.

      No exemplo creativo, já que falaste no Moxley, vou pegar nele:
      Ele nos 6 anos e pouco que esteve no main roster, fez parte da maior stable da WWE nos últimos anos, ganhou um título mundial, lutou contra o Brock Lesnar numa WrestleMania, esteve em inúmeros main events.. E mesmo assim saiu da companhia devido a problemas creativos, e bem, estava no seu direito. Não acho mal um lutador querer “algo mais”, independentemente da sua posição no card. Tal como seria legítimo o CM Punk pedir, apesar de ser o campeão. Como referes e bem, durante meses, ele foi tratado como um mero campeão dos EUA ou intercontinental.

    • Facebook Profile photo

      Desculpa, não foste tu que falaste do Moxley mas sim o Simão 😂

      Isto de comentar pelo telemóvel às vezes confunde, my bad heheh.

  7. MC2 semanas

    Certamente um pouco exagerado mas é como eu sempre digo no dia-a-dia, se a cabeça não está bem e não te sentes bem onde quer que seja, não há dinheiro que pague uma cabeça sã. Mas… chega de falar do mesmo todos os dias, torna-se saturante. Toda a gente ouviu o explosivo podcast do Colt Cabana em 2014. Já ouvimos esta história vezes sem conta.

  8. corneteiro2 semanas

    Ele teria morrido se fizesse mais uma luta de MMA. Cara chato pra caramba

  9. Morrido não tinha ahah, que sarcástico!
    Mas compreendo que tinha de encerrar o seu ciclo por lá!

  10. Anónimo2 semanas

    Pode se dizer que está a exagerar, mas ele lá sabe como se sentia emocionalmente. E se já não se sentia bem em estar lá, fez bem em ir embora.

  11. rated r2 semanas

    Mas o protegido da WWE já pôde sair do Main Event da Wrestlemania por causa da sua doença.
    Claro que a comparação é um pouco agressiva e com isto das doenças nunca se deve brincar, mas aqui percebemos a diferença entre o Roman Reigns e o Cm Punk. O Roman pode fazer tudo o que quer! Até já estou a ver, a gestão da empresa quando o Vince falecer, passar para o Roman em vez do Triple H.

    • Joelson Souza Ribeiro2 semanas

      SEUS COMENTÁRIOS, SEMPRE É VOLTADO PARA O ROMAN REIGNS O QUE TÊM AVEL COM CM PUNK! NADA POXA MANO VC VIVE CRITICANDO O ROMAN PARECE QUE ELE E O CULPADO DA DEMISSÃO DO PUNK NO MEU MODO DE VER.

  12. Bruno Fec2 semanas

    Pessoal que está a chamar o Punk de exagerado por estas palavras, vejam a triste notícia sobre o falecimento da Daffney.
    Punk afirma que estava a ficar cansado psicologicamente, as questões mentais não são brincadeira nenhuma, se tiverem um cancro, se partirem um pé, não fica curado com “Deixa-te disso”, tal como as doenças psicológicas!

  13. Se CM Punk n fosse pra WWE, ele n seria a lenda do wrestling, ele iria ser o lutador comum se n fosse pra WWE, CM punk deveria agradecer a WWE por isto mas nao cm punk fica fazendo drama

  14. Hipocrisia2 semanas

    Houve tantos casos na wwe que a própria wwe decidiu que os lutadores não estavam em condições de continuar a lutar por causa de lesões que tinham que ser tratadas e eram grandes nomes, inclusive alturas em que eram campeões da wwe, que me parece exagerado no que diz e acho que também há o factor de estou no topo e demorou muito a conquistar, a paragem podia ser longa, o mesmo lugar podia se perder e se calhar queria promessas de isso não acontecer, se calhar n lhe deram as garantias que ele queria, tinha sempre o heat com pessoas com poder lá dentro, não era visto como alguém para estar no topo o tempo todo, acho que também quis sair da wwe ficando bem na figura e que a empresa é que não apoiava, fez o seu percurso de recuperação e os fãs continuaram a cantar pelo nome dele “boicotando” segmentos ,em alguns momentos lutadores que lá ficaram, ele não é burro nenhum mas pareceu sempre alguém com uma personalidade narcisista, não sei que “merdas” tomava mas ar saudável não parecia ter em várias ocasiões e eu não acredito que fosse a wwe a obrigar a tomar o que seja porque a wwe desde as mortes que começaram a haver ligadas a abusos de substâncias, concussões, que era mais vigiada nesse sentido . Claro que fez bem preocupar-se com a sua saúde, mudar de ambiente, fazer o melhor para si se não estava bem, agora se estava assim tão mal como ele diz, porque não houve processos em tribunal contra a wwe por maus julgamentos médicos, tendo a popularidade que tinha, as amizades de quem lá esteve e poderia apoiar, porque posso estar enganado mas o processo que houve com o médico da wwe foi o médico a acusar o punk e o cabana de difamação por o punk ter feito queixas sobre o trabalho do médico num podcast… e o punk aí ganhou mas nem foi tanto por haver erros médicos foi mais porque o médico foi descredibilizado por ter um caso com a Jillian Hall que era lutadora e sua paciente e outro caso qualquer que ia contra os princípios éticos, ou seja, na prática eu acho que nunca houve algo legal do punk a ir contra a wwe por tudo isto que ele andou a dizer e ainda continua a dizer que lhe fizeram. Portanto, 100% de acordo com o que ele diz que quem está mal deve procurar mudar e fez bem pensar em si, quem estiver mal deve pedir ajuda, procurar, mudar para melhor, para se sentir melhor, mas não acredito em tudo que diz porque da personalidade que ele tem, parece me muito narcisista e centrado em si e que tem que ser como ele quer ou imagina.

    • Hipocrisia2 semanas

      E há outra coisa, o Punk vem com estas conversas mas quem está no wrestling que começa de baixo, que anda nas indies, que tens que aceitar todo o tipo de evento e pagamento para poderes sobreviver, para poderes ganhar visibilidade, que andam com a casa às costas ou nem ter onde dormir, que têm que montar ringues, desmontar, limpar, que não podes tirar uma folga para recuperar de uma lesão porque depois precisas de fazer dinheiro, portanto tem que sacrificar muita coisa incluindo a saúde, eu tenho a certeza que ele na vida dele deve ter passado por muito bem pior do que na WWE.
      Estamos a falar da empresa que terá (não vou defender que sempre deu ou teve as melhores condições) mas que tem a maior capacidade para tal de dar as melhores condições aos lutadores. Se a carga será excesisiva? talvez sim, mas estamos a falar da liga principal, é como passar de uma equipa de futebol distrital que precisas de ter um emprego extra para sobreviveres além do futebol para uma equipa de 1ª divisão em que só vives para aquilo.

      Queria ver se ele tivesse ainda nas indies se ia reclamar que não tinha tempo para recuperar das lesões ou se ia conseguir mudar de vida e deixar o wrestling para se “curar”. Para ele é fácil vir falar agora destas coisas porque enquanto esteve na wwe ganhou e muito para se poder dar ao luxo de deixar o wrestling, ter um descanso/ reforma e ainda ganhou a popularidade suficiente para ir ganhar mais uns milhões no ufc e fazer uns comentários para a tv.

      A WWE faz muita merda e está a milhas do que foi em tempos em termos de qualidade do produto e quem se pode queixar são os fãs, agora acho que há aqui coisas exageradas sempre que vem falar e vou continuar sempre a dizer, hipocrisia

    • Litos2 semanas

      Houve tribunal sim, mas foram os médicos da WWE que meteram o Punk em tribunal por difamação. Quem ganhou foi o Punk.

  15. Pedro2 semanas

    Mais um que cospe no prato onde comeu e onde ficou conhecido lol
    para as figuras que fazes mais vale ficares a beijar a tua mulher e a passear o cão.