Apesar de estar afastado do Wrestling há vários anos, à excepção da sua participação no WWE Backstage do canal FOX, CM Punk continua a ser um dos lutadores mais populares entre os fãs de Wrestling, não só pelo seu percurso na WWE, mas também noutras promotoras como a Ring of Honor.

Entretanto, em conversa durante o podcast ROH Strong, o antigo dono da promotora Cary Silkin revelou que há vários anos recebeu propostas para compra da Ring of Honor, de Jerry Jarrett em 2007 e CM Punk em 2010.:

Eu recebi uma mensagem em 2010. CM Punk enviou-me uma mensagem do nada: “Por quanto gostarias de vender a Ring of Honor?”.

Vendi bilhetes e tive um negócio bem-sucedido. Não acho que mensagens de texto sejam a forma de abordar vendas de empresas. Essa primeira mensagem de texto pode ser: “Eu gostaria de falar com você sobre algo”.

Essas [Jerry Jarrett e CM Punk] foram as minhas duas únicas ofertas… mas não eram reais. Essas foram as duas únicas ofertas que já tive.

Curiosamente, Cary Silkin criticou a forma como CM Punk lhe propôs comprar a Ring of Honor através de mensagem de texto, algo que o próprio lutador criticou por causa da All Elite Wrestling ter feito isso com ele.


Achas que caso CM Punk tivesse comprado a Ring of Honor em 2010 poderíamos ter um mundo do Wrestling completamente diferente em 2020?

6 Comentários

  1. throrin2 meses

    Apos essas companhias, nao sao tao caras nao,, ate um cm punk. quer ainda nao estava entre os maiores salarios da wwe em 2010. queria compra uma companhia.

  2. Seria interessante de ver, mas provavelmente podíamos não ter aqueles momentos épicos rumo ao MitB de 2011.

  3. Andre Gomes2 meses

    vale lembrar que neste período, punk já pensava em sair da wwe, após acumular frustrações ao longo da straight edge society. então, este talvez fosse o futuro que ele queria, depois de deixar a empresa do vince.

  4. Talvez tivesse sido diferente se comprasse!