A saída de Cody Rhodes da AEW e seu regresso à WWE será sem dúvida uma das notícias que marcará este ano de 2022, e muito se tem falado do lutador desde que este lutou na primeira noite da WrestleMania 38.

Em entrevista a Corey Graves no After The Bell, o “American Nightmare” falou do sentimento tribalista/clubista que existe entre os fãs da WWE e da AEW, e assumiu parte da culpa dessa “guerra” existir.

Sinto que essa base de fãs, essa divisão que existe entre todas as diferentes bolhas, se houvesse alguma negatividade, bem, posso colocar parte da culpa nos meus ombros. Nos últimos shows que fiz antes de regressar à WWE, estava a atirar farpas e a falar m*rda, que é o que os lutadores fazem.

Acho que às vezes os fãs que se apegam a essas declarações esquecem que estamos no mundo do entretenimento, mas eu mesmo acrescentei ao tribalismo, então não posso necessariamente ficar zangado com isso quando o vejo.

Ainda nesta entrevista, Cody Rhodes falou da reação dos fãs à sua saída da AEW e regresso à WWE.

Foi único ver pessoas a queimar as minhas t-shirts da AEW, o que esteve em tendência por alguns dias lá nas redes sociais. Parecia que estava a deixar uma equipa desportiva, como se eu tivesse deixado esta cidade para ir para outra cidade.

Não partiu o meu coração, mas lembro que achei estranho, porque o lugar [AEW] não existe sem mim. Há outras pessoas que precisavam de estar lá para que existisse, com certeza, mas eu sou uma das pessoas pelas quais esse lugar existe. AEW existe parcialmente por minha causa.


Também defendes de forma acérrima uma das duas empresas?

6 Comentários

  1. Taty Castellanos4 semanas

    Uma rivalidade que não devia existir é cada empresa quieta fazendo o seu trabalho, mas os fans e jornalistas americano tbm querendo rivalidade lutadores provocando outra empresa no wrestling não devia existir isso, só o futebol é bom de se ver provocação

  2. El Cuebro4 semanas

    Eu não acho que seja uma guerra, para mim é mais uma boa oportunidade de poder ver os lutadores e lutadoras que admiramos nessa ótima modalidade que é o pro-wrestling, nós o público só ganhamos com isso!

  3. Eu nunca achei uma guerra, as pessoas é que fazem comparações ás vezes sem sentido gerando mal estar..

  4. Ricardo4 semanas

    Imagina gastar dinheiro numa peça de roupa do wrestler favorito e depois queimar só porque ele mudou para a empresa “rival”

  5. Anónimo4 semanas

    É verdade, o Cody falou coisas desnecessárias, e isso fez gerar mais ódio. Mas tem pessoal mesmo doido, queimar as t-shirts só porque o Cody foi para outra empresa, completamente ridículo e desnecessário, se fossem realmente fãs dele não fazia isso.

  6. Não existe guerra. AEW tem o melhor produto, e a WWE é mais famosa. Simples.