Cody Rhodes tem aumentado a sua popularidade de forma estrondosa, estando agora no verdadeiro prime da sua carreira.

O “American Nightmare” já conta com duas vitórias em Royal Rumble Matches, e está a caminhar para o seu segundo main event na WrestleMania.

Embora o sucesso para lutador já esteja quase no seu pico, Cody Rhodes parece ainda ter algo a provar. Falando sobre a sua persistência, explicou a Ariel Helwani no The MMA Hour que tinha de ficar na WWE por uma mão cheia de motivos.

Fizemos um segmento no SmackDown, foi um frente a frente entre mim e o Roman [Reigns].

“O que acontece se não ganhares? Vais fugir como fizeste da última vez?”. Houve duas coisas que ele disse. Lembro-me de ele dizer: “Começaste uma empresa em que não conseguiste vencer”. Lembro-me, não quero usar a palavra “over“, mas a minha popularidade foi uma das razões pelas quais essa empresa foi criada.

Aquela coisa do “vais fugir”? Doeu, e quando o impulso, ou o pensamento de “e se eu fugisse?” “E se eu fosse o alvo de chacota da indústria e decidisse fugir, como se fosse uma referência, e voltasse a fazer algo radical ou perturbador?”

Senti que era a altura certa na minha vida para esquecer a WrestleMania, a partir desse momento.

Pareceu-me um apelo à ação. Um verdadeiro apelo à ação. Este é o tipo, o lutador mais importante da minha geração e ele está a perguntar-me e a dizer-me ao mesmo tempo o que acha que vai acontecer.

Gostaria de provar que ele está errado. Foi um ano em que provei que ele estava errado e a cereja no topo do bolo foi ser o primeiro homem desde Steve Austin a vencer o Royal Rumble duas vezes seguidas.

Isso para mim foi: “Eu mantive-os. Mantive as pessoas que estavam comigo na WrestleMania 39. Não só os mantive, como crescemos e crescemos”.

Mesmo que eu não acreditasse, estes fãs acreditaram tanto que recusaram o The Rock para eu ter uma hipótese de terminar a história. Esta é uma WrestleMania criada pelos fãs. Devo-lhes isso para terminar a história.


O que achaste destas declarações de Cody Rhodes?

3 Comentários

  1. TheOne1 mês

    O ultimo paragrafo foi forte, me pareceu bem honesto.

  2. El Cuebro1 mês

    Cody Rhodes com um espírito de John Cena, top face carismático, mas sendo muito sincero e sim realmente ele ainda tem muito o que provar, vai ter mais um grande desafio frente ao Roman e à Bloodline e o outro desafio será quando eventualmente vencer e ser um dos campeões mundiais da WWE, se manter no topo, ser um “alvo”, vai ser interessante de ver e é notório como a saída da empresa há alguns anos atrás o fez melhorar em todos os aspectos e retornou assim no topo!

  3. Este ano ainda acredito mais do que o ano passado, foi uma jornada incrível!