O nosso canal de YouTube está de volta. Subscreve!
Frank casino

É comum lermos e ouvirmos pessoas a dizer que a Attitude Era é que foi bom e que agora o Wrestling já não é bom, mas para quem se lembra ou viu à posteriori a Attitude Era, sabe também que não foi o “mar de rosas” que muitos querem fazer acreditar. O comentador Corey Graves, na edição desta semana do seu podcast, o After The Bell, falou do que mais sente falta na Attitude Era.

O que sinto falta em relação à Attitude Era não são aqueles momentos de mulheres semi-nuas ou storylines que só sirvam para chocar o público. A Attitude Era foi espectacular porque havia uma grupo de excelentes lutadores que tiveram a liberdade para serem eles próprios e perceber o que os rodeava, em vez de serem obrigados a fazer algo escrito por outras pessoas, sem noção da realidade.

Se falarmos com Triple H, Steve Austin e outros lutadores de topo da WWE na Attitude Era, eles vão dizer-vos que aquela altura foi uma altura em que tiveram de aprender a sobreviver no mundo do Wrestling e isso acabou por fazer todos serem melhores.

Óbvio que existiram storylines horríveis, tivemos a Mae Young a dar à luz uma mão ou a história da Katie Vick. Nem tudo foi bom durante esses anos no Wrestling. Aliás, algumas das piores storylines aconteceram durante a Attitude Era. Mas a verdade é que no geral o Wrestling estava no auge e tudo porque todos tinham de dar o melhor de si, mesmo que tivessem envolvidos numa má storyline. Os lutadores tinham hipótese de criar a sua própria identidade e mostrarem ao mundo quem são, em vez de lerem algo que alguém escreveu.

É isso que pelo menos eu acredito que muitos outros sentem falta da Attitude Era. Não queremos storylines que só sirvam para chocar o público, queremos mais ação e mais lutadores que são intimidantes e verdadeiros durões na vida real a fazer um papel de lutador intimidante e durão.


Concordas com esta opinião de Corey Graves?

9 Comentários

  1. Fábio Peres1 mês

    Boas histórias não precisam de mulheres seminuas – mas precisam de “punch”. Isso não existe hoje.

  2. Hugo1 mês

    Bom…. CONCORDO A 500%
    E não é necessário dizer mais nada,ele disse TUDO !!!!!

  3. Showstealer1 mês

    Corey Graves tem razão aqui. Já não há aquele reconhecimento de identidade tão demarcante hoje em dia como se constatava na Atitude Era e mesmo noutras épocas prévias.

  4. Paulo1 mês

    Um dia isso volta ainda

  5. Amigos do basilio1 mês

    Este babaca devia estar calado… O resseling evoluiu é hoje e muito melhor! Gosto muito de cambalhotas e murtais e dos Yong buks! Resseling está a crescer cada vez mais!

  6. Anónimo1 mês

    Até tenho de concordar com ele, se os wrestlers tivessem mais liberdade ia ser melhor.

  7. Algoritmo1 mês

    A única storyline que precisa de mulheres semi-nuas para não ser considerada totalmente um fracasso, é a da Nightmare Collective!