Damian Priest subiu oficialmente ao main roster na sequência da sua participação no Royal Rumble Match, em Janeiro, e assentou no Raw desde então.

Como seria de calcular, essa transição não foi fácil e o “Archer of Infamy” revelou, em conversa com o Car Con Carne, que teve de mudar a sua mentalidade.

NXT é WWE, obviamente, mas quando era mais jovem nem sequer existia. Para mim, era Raw e SmackDown. Definitivamente é algo mais de “agora é o grande show, vamos lá colocar os nervos sob controlo e ‘pôr mãos à obra’”. Continuo a lembrar-me de que isto é o que eu faço. Sei como o fazer, mas há imensas emoções no que diz respeito a este espectáculo grandioso que é a máquina da WWE, especialmente no roster do Raw, que é noite e dia, mesmo por trás das câmaras com a produção.

Este é um sentimento diferente. É surreal, estamos a chegar a bastante mais gente. O facto de que Damian Priest é agora conhecido por todo o mundo é incrível. Essa era a parte principal, ter de mudar a minha mentalidade porque é um sistema diferente, por assim dizer, é como transitar para uma nova escola. Tive de me habituar a isso. Agora que já estou por aqui há alguns meses, sinto-me mais confortável e tenho noção de como as coisas funcionam.


Acreditas que Damian Priest terá uma boa carreira no Raw?

4 Comentários

  1. Neste momento já nem sei,o booking é tão absurdo e bipolar que tanto pode como não pode

  2. El Cuebro2 meses

    É uma escola onde você é reprovado porque não gostam de você ou acham que você não tem potencial, o Damian tem muito talento, pode fazer muito se bem utilizado, espero que o USA Title seja o começo desse caminho, se não, o Punishment Martinez foi muito bem fora da WWE, vamos ver no que dá!

  3. Dou até 2 meses deste desaparecer do shows televisivos mais rápido que o Murphy

  4. Ir para a escola e ser enterrado é obra! 🤣