Faz login e remove a publicidade
Frank casino

Daniel Bryan é uma das Superstars mais populares da WWE, mas ainda antes de chegar à empresa de Vince McMahon já era considerado um dos melhores lutadores do mundo.

Durante estes mais de 10 anos na empresa consolidou o seu lugar na história, tanto com o “Yes Movement”, como também por ser um dos lutadores mais talentosos de sempre a pisar um ringue da empresa.

Porém, em entrevista no WWE Backstage, Daniel Bryan admitiu que pensou várias vezes se deveria ter assinado pela WWE em 2009, tendo mesmo dito que não queria ter assinado pela empresa.

Eu nunca procurei de forma ativa ser contratado pela WWE. Sempre gostei do aspeto de fazer as coisas à minha maneira, que é algo que o circuito independente oferece. Podia fazer os combates da forma como queria e podia controlar o meu calendário.

Se quisesse tirar umas semanas de férias, eu fazia-o. Tal como se num fim-de-semana só quisesse lutar um dos dias, porque queria ir ver um jogo de futebol americano com o meu pai, também o podia fazer. Isso é algo que na WWE não existe.

Já sobre a rivalidade contra CM Punk em 2012 pelo WWE Championship, visto que este era um dos comentadores do programa, Daniel Bryan afirmou ter ficado zangado por nenhum dos combates entre eles ter sido o main event do evento em que aconteceu.

Houve uma altura em que nós [Daniel Bryan e CM Punk] tivemos uma rivalidade pelo WWE Championship em 2012, e nunca fomos o main event.

Eu não sou pessoa de me zangar com muitas coisas, mas Daniel Bryan vs CM Punk pelo WWE Championship não ser o main event, para que o combate entre John Cena e agora aquele que é o meu sogro, John Laurinaitis, ser o main event, foi algo que me deixou bastante zangado.


Esperavas ouvir Daniel Bryan admitir que não queria ter assinado pela WWE? E concordas com o “American Dragon” quando ele afirma que os seus combates contra CM Punk deveriam ter sido o main event?

12 Comentários

  1. Facebook Profile photo
    Sasha sit on my face2 meses

    Subscrevo na íntegra o que o Daniel Disse, o combate dele contra o Punk deveria ter sido o Main Event.

  2. JúlioE César2 meses

    Concordo plenamente

  3. Xunda2 meses

    Não entendi essa do Sogro

  4. Percebo a perspetiva do Bryan em relação ao calendário da WWE,bastante puxado e com bastantes datas em comparação com os indies,é mais difícil passar tempo com a família
    Quanto ao main event não ser dado ao Punk e ao Bryan é so ridículo,decisões a WWE

  5. Facebook Profile photo

    Têm toda a razão.

  6. Anónimo2 meses

    Entende-se perfeitamente, o calendário da WWE é bastante puxado. Quanto ao combate dele e do CM Punk não ter sido main event, achei isso mal feito.

  7. Anônimo2 meses

    Já era de esperar que o Bryan tivesse pensado duas vezes antes de entrar na WWE mas o combate do maior event era meio óbvio que ele devia ter ficado bravo com a WWE por aquilo.

  8. simaoP12 meses

    Entende-se perfeitamente que bryan e punk tenham ficado frustrados e ser ultrapassados por john cena vs john lauranaitis, que nem quando lutava a tempo inteiro, era bom….

  9. Obviamente que deviam ter sido o main event. Como raio é que o combate John Cena vs John Laurinaitis ficou como main event em um PPV que tinha CM Punk vs Daniel Bryan pelo WWE Championship e Sheamus vs Chris Jericho vs Randy Orton vs Alberto Del Rio. Não se entende…

  10. Realmente foi um absurdo eles não serem o Main Event, sendo que o Punk estava no auge e o Bryan numa crescente absurda! Por esse e outros motivos o Cena teve que encarar tantas arenas lotadas o vaiando e xingando…