Drew McIntyre e Sheamus protagonizaram uma das rivalidades mais físicas e pessoais dos últimos tempos na WWE, sendo que muitos fãs preferiam ter visto um combate entre os dois amigos/rivais na WrestleMania 37, do que o combate que acabámos por ter entre o WWE Champion Bobby Lashley e o “Scottish Warrior”.

Em entrevista ao Busted Open Radio, Drew McIntyre admitiu que gostava que a rivalidade com Sheamus tivesse durado mais tempo.

Eu conheço o Sheamus desde sempre. Ele é o meu amigo mais antigo no mundo do Wrestling. Eu conheci-o quando eu tinha 19 anos e ele apenas 42 [risos].

Foi muito claro desde o início que tínhamos objectivos muito parecidos. Íamos ser os lutadores que iriam assinar pela WWE. Então começámo-nos a ajudar mutuamente. Eu era muito mais pequeno e ele era o maior lutador da Europa. Então ele ajudou-me com os treinos e com as minhas dietas. Eu tinha mais experiência que ele em ringue, então eu ajudei-o com o seu trabalho de ringue. Lutámos bastantes vezes por toda a Europa para ganharmos reputação e fomos contratados ao mesmo tempo, viemos para a América ao mesmo tempo, treinámos na FCW ao mesmo tempo, sempre a perseguir o sonho.

Na noite em que eu ganhei o Intercontinental Championship, ele ganhou o título mundial e lembro-me de nós os dois estarmos ali sentados a tentar perceber o que se estava a passar nas nossas vidas. Ele esteve comigo nos bons e nos maus momentos e tenho a certeza que não teria conseguido passar por muitos deles se ele não estivesse comigo. Ele é como um irmão mais velho.

Quando voltei à empresa e ter o momento em que ganho o título e ele estava lá para me felicitar, e finalmente 20 anos depois tivemos a hipótese de contar a nossa história na televisão. Eu gostava de ter tido mais tempo para contarmos a nossa história, mas as coisas mudam tão depressa que fico feliz por termos tido essa oportunidade de qualquer maneira.

Eu sabia que os nossos combates iam chamar a atenção das pessoas. Ninguém vai ser mais físico do que Drew McIntyre e Sheamus, e nós divertimo-nos em ringue.

A melhor parte foi antes do combate no PPV, onde mostraram a nossa história e ambos vimos o vídeos e ficámos algo emocionados antes de ir para o ringue. Antes de fazermos as nossas entradas dissemos um para o outro “Pedimos desculpa no fim”, e fomos para o ringue e demos uma tareia um no outro, pedimos desculpa no final, rimo-nos e estamos ansiosos para voltar a lutar outra vez.


Concordas com Drew McIntyre, quando este diz que a sua rivalidade com Sheamus deveria ter durado mais tempo?

10 Comentários

  1. El Cuebro1 mês

    Seria interessante ver uma dupla deles, algo como um novo The Bar, certamente fariam muita coisa na WWE, também gostaria de ver o Sheamus campeão da WWE novamente!

  2. Facebook Profile photo

    Também acho que devia ter durado mais.

  3. Best1 mês

    Poderia durar mais mesmo… Quem sabe no futuro, como falaram aí em cima, gostaria de ver essa dupla também

  4. Concordo com ele.
    A feud estava a ssr agradável de ver e o combates estavam a ser bons de ver.

  5. Anónimo1 mês

    Concordo, a rivalidade podia ter durado mais tempo.

  6. Facebook Profile photo

    Concordo plenamente, e se tivessem lutado na WrestleMania 37, independentemente do resultado, teriam recebido uma grande ovação do público e seria um dos destaques do “Greatest Stage of Them All” desse ano.

  7. Têm razão, podia ter durado mais umas semanas que ninguém se importava!

  8. A WWE achou melhor meter o Goldberg à frente da lista pelo título… enfim.