A pandemia do coronavírus afectou todo o mundo, inclusive o mundo do Wrestling. Já várias empresas e promotoras faliram, deixaram de produzir shows ou têm a sua atividade bastante limitada. Algumas ainda sobrevivem, mas não têm grande previsão de quando poderá voltar a ter shows.

Para responder a esta situação e também tendo em vista o futuro, as promotoras japonesas Pro Wrestling NOAH e DDT Pro irão fundir-se no dia 1 de Setembro, tendo esta fusão sido confirmada pela empresa mãe CyberAgent durante uma conferência realizada esta segunda-feira em Tóquio.

Do resultado desta fusão da NOAH e DDT irá nascer a CyberFight. Segundo os responsáveis, a decisão foi tomada para reforçar o negócio e finanças da empresa, afectos pelo impacto da crise pandémica. No entanto, as duas promotoras deverão continuar a trabalhar em separado dentro da mesma empresa.

Segundo o presidente Sanshiro Takagi, o produto in-ring não será afectado por esta fusão, e a esperança é apenas melhorar a eficiência behind-the-scenes, ou seja, nas equipas de produção e staff. Sanshiro Takagi dirige a CyberFight juntamente com Naomichi Marufuji da NOAH e Akito da DDT, como vice-presidentes.

Este novo grupo anunciou que pretende um dia fazer um show no Tokyo Dome, famosa casa de alguns dos maiores shows da concorrente New Japan Pro Wrestling.


Achas que a CyberFight pode ter um grande futuro no Japão e fazer frente à NJPW?

5 Comentários

  1. O Inconcebível Bob Balburdia7 meses

    Sucesso pras duas.

  2. joao Vitor7 meses

    A TJPW tbm faz parte da fusão, são 3 empresas distintas

    • Gustavo Noronha7 meses

      É que a TJPW já é uma divisão da DDT, assim como a Ganbare.

  3. El Cuebro7 meses

    Então quer dizer que tanto DDT como a NOAH existirão em separado, tal qual a NJPW e a Stardom que hoje são de um mesmo grupo não?! Mas a parceria é boa, bom que ajuda ambas as empresas nesses tempos difíceis!

  4. Anónimo7 meses

    Para fazer frente a NJPW têm de ficar fortes.