Faz login e remove a publicidade
Frank casino

O WWE Hall of Famer Edge regressou no início do ano aos ringues da WWE, de forma surpreendente depois de cerca de 9 anos afastado dos ringues devido a uma grave lesão no pescoço.

Desde o seu regresso, para além de ter participado no Men’s Royal Rumble Match, Edge também enfrentou Randy Orton por duas vezes, primeiro num Last Man Standing Match na WrestleMania 36 e depois no “Greatest Wrestling Match Ever” no Backlash, do qual saiu lesionado no tricep.

Agora, em entrevista ao Cheap Heat Podcast, Edge criticou os fãs que falaram mal da duração dos seus combates, tendo usado Goldberg e Brock Lesnar como exemplo da dualidade de opiniões dos fãs.

Se as pessoas querem criticar por o meu combate de regresso ter tido 41 minutos, por mim tudo bem, é a opinião deles, não há problema. A verdade é que não deveria ser suposto eu conseguir voltar a fazer isto [Wrestling] depois de todas as operações a que fui sujeito, mas ainda assim voltei aos ringues e estive lá 41 minutos.

O que é interessante é que as pessoas criticam Goldberg e Brock Lesnar por estes só fazerem combates de 4 ou 5 minutos e depois criticam-me a mim por fazer combates de 40 minutos. Então como é? Essas pessoas têm de se decidir se querem criticar por os combates serem grandes ou pequenos.

Eu admito, se puder todos os meus combates vão ser longos, porque eu não regressei para agora não me esforçar. Eu vou dar tudo em todos os meus combates e foi isso que se pôde ver tanto na WrestleMania 36 como no Backlash.

Agora que penso, desde que regressei tive em 3 combates e provavelmente já tenho mais tempo em ringue do Brock Lesnar e Goldberg juntos desde que estes regressaram à WWE.


Concordas com estas críticas de Edge aos fãs por tanto criticarem por os combates serem pequenos ou grandes? E o que achas da “farpa” que Edge atirou a Goldberg e Brock Lesnar?

16 Comentários

  1. Para começar os combates do Goldberg não devem servir de exemplo para nada e são lixo,tal como o Goldberg.
    O Edge está na indústria já devia saber como a coisa funciona,mas ao contrário do que ele diz um combate longo pode não corresponder em qualidade como aconteceu na Mania,onde deviam ter cortado para aí uns 10 min que não acrescentaram nada a história que foi contada.

  2. João da Cena4 semanas

    O problema, para mim, não foi o combate ter 40 minutos. Foi que durante grande parte dos 40 minutos não se passou rigorosamente nada… Chegou mesmo a ser penoso de ver

    • Exato, concordo. O problema na WrestleMania foi que houve muito tempo morto. Já no Backlash conseguiram melhorar isso.

    • Exato. Ambos os combates tiveram relativamente a mesma duração, mas o do Backlash dá 10 a 0 ao da Wrestlemania. Deviam ter cortado para aí uns 15 minutos daquele combate. Foi tedioso.

    • João da Cena4 semanas

      Concordo. O do Backlash nem dei pelo tempo passar pois foi muito bom e teve mais ou menos o mesmo tempo que o da WM

  3. Parece que o Edge não sabe como é que são os fãs, se não sabe já devia saber pela sua experiência.. Eu não vejo problema nenhum em um combate ter 40 min, 1 hora ou mais desde esse tempo seja bem utilizado.

  4. “E agora que penso desde que regressei tive em 3 combates e provavelmente já tenho mais tempo em ringue do Brock Lesnar e Goldberg juntos desde que estes regressaram à WWE.” – WOW! hahahaha 😂

  5. Gabriel4 semanas

    É preciso antes de mais nada, mensurar o nível de compreensão dos fãs de agora, aos fãs de dez anos atrás. Hoje, não só na WWE, é comum haver combates onde só o físico é evidenciado, ou que o resultado fique nítido logo de início. Poucos fãs dessa “nova era”, sabem que a essência do pro wrestling é contar uma história, que é desenvolvida pouco a pouco, por meio de segmentos entre os lutadores. Dizer que as lutas de Randy Orton e Edge foram ruins, é o mesmo que dizer que não entendem do que tanto assistem. Eu me senti entretido nos dois enfrentamentos e tenho certeza que muitos que acompanham há muito e entendem o que é a essência do pro wrestling, também aplaudiram de pé. Opinião de crianças ou clubistas pouco importam.

  6. Anónimo4 semanas

    Concordo com o Edge. Ora reclamam que têm combates curtos, ora são longos. Tal como o Edge, falou é muito bom ver ele de volta ao ringues ao fim de tanto tempo e conseguir aguentar um combate de 41 minutos. Já que ele consegue lutar novamente, fazem bem em meter ele em combates com uma boa duração, em vez de combates curtos. Ele tem de aproveitar o fato de conseguir combater novamente.

  7. Hugo4 semanas

    Bom….
    Em relação à “farpa” tem razão. Ele já tem mais tempo de ringue que eles. Mas como fã eu quero lá saber se 1 combate tem 2 ou 3 ou 10 e até mesmo 40 minutos,eu quero é ver 1 bom combate de Wrestling em “todas” as suas vertentes. Quanto às críticas dos fãs há de haver sempre gente do contra.

    • mirandelas4 semanas

      diz-me um combate de 2 ou 3 minutos que tenha sido excelente?

    • Há combates de MMA que duram segundos (main events ate) e o público fica ao rubro. Aliás o primeiro combate do Goldberg quando regressou foi bem bookado. E na mania a seguir também mas depois perdeu o efeito como e obvio

    • Filipe4 semanas

      @mirandelas
      Nao sei quanto tempo foi mas o Lesnar vs Balor nao foi longo mas foi ate bom

  8. Lohan Furanko4 semanas

    Se depender do EDGE,ele faz combate de 13 mil horas e Dane-se esses fãs chatos e críticos

  9. Barbie Kelly4 semanas

    Os lutadores da Wwe , se recuperam aos combates em ringue o Edge foi desmascarado pela traição de Lita que terminaram o namoro contra a violência, o ano de 2013 quando o Edge tinha a sua infância a namorada de Edge é a Barbie Kelly pra colocar o lugar de Lita

  10. Facebook Profile photo

    Fala quem sabe