Frank casino

Durante esta semana temos visto tanto Edge como Randy Orton a brincar várias vezes por o seu combate estar a ser promovido como o “Greatest Wrestling Match Ever”. Já este sábado, através da sua conta de Twitter, o “Rated R Superstar” fez um pequeno comunicado sobre o que sente rumo ao Backlash.

Edge admitiu que apesar de ter brincado com a forma como o seu combate tem sido promovido, foi simplesmente para libertar a pressão que tem sido sujeito este mês. O Hall of Famer admite que muita da pressão que tem foi auto-imposta por ele, pois quer provar que ainda consegue competir ao nível que ele e os fãs esperam.

O lutador afirmou também que quer dar aos fãs o mesmo sentimento que ele tem quando vê os combates de Bret Hart, que quer contar uma história e dar algo para que os fãs possam falar, e que então no Backlash irá ter o seu primeiro combate em nove anos e meio.

O combate que está a ser promovido como o “Greatest Wrestling Match Ever”, um combate que acontece durante uma pandemia mundial e que vai ter público limitado, ou seja algo completamente fora do comum, mas que quem o conhece sabe que ele vive para este tipo de desafios.

O Hall of Famer continua a explicar que tem estudado Wrestling, tem treinado e que basicamente colocou a sua alma neste combate e que não consegue dormir bem só de pensar nele. Que se preocupa com o que irá fazer no Backlash, porque fazer Wrestling é o seu sonho de infância e ele irá poder voltar a concretizar esse sonho.

O lutador termina dizendo que o que os fãs irão ver no Backlash são dois homens e wrestlers a darem tudo o que têm, e que Randy Orton é sem dúvida o seu adversário mais difícil. Que não está preocupado em ser o “Greatest Wrestling Match Ever”, mas sim em sair do ringue orgulhoso depois de ter contado a história que quer contar.

Que expectativas tens para o combate entre Edge e Randy Orton no Backlash?

10 Comentários

  1. Muito bem falado por parte de Edge. Tendo em conta que o combate já foi gravado e será editado, oxalá que tudo corra muito bem.

    • Bea Ospreay3 meses

      Sera que o Bret Hart é o grande idolo dele?

    • Eu acho que sim, Bea. E até faria sentido, sendo ambos canadianos ou canadenses como vocês dizem.

    • Bea Ospreay3 meses

      Tinha esquecido que ele era do Canada (Jericho tambem é né), agora faz sentido, alias, o canada é cheio de wrestlers lendarios, Bret Hart, Owen Hart, Kenny Omega, Edge, Chris Jericho…

    • Sem dúvida, Bea. A essa excelente lista incluiria ainda Chris Benoit, Christian, Kevin Owens, Sami Zayn e até Bobby Roode.

    • Bea Ospreay3 meses

      Tinha esquecido (alguns nem sabia) que esses eram do Canada tambem kkk apesar de não ser nenhum pouco fã do Roode, só conheço o trabalho dele da WWE, e não foi la grande coisa.

  2. Anónimo3 meses

    Normal o Edge sentir essa pressão, esteve muitos anos afastado e quer estar no seu melhor. Espero que o combate tenha corrido bem e que ele tenha ficado satisfeito.

  3. Declaraçoes de alguem dedicado àquilo que gosta sem estar preocupado com a forma exagerada como preveram o combate
    Que seja um grande match

  4. Puseram a fasquia tão alta que agora não sabem o que fazer para aliviar a pressão. Esta propaganda toda já me irrita um bocado e o mais provável é o combate não ser nada de especial

    • Querem ver um combate bom vão ver a final do título intercontinental não precisou deste aparato todo para ser um grande combate