Eric Bischoff era o responsável pela WCW quando esta conseguiu dar luta e até vencer temporariamente a WWE, e depois disso já trabalhou em várias promotoras, tendo até já feito algumas aparições na AEW.

Numa recente edição do seu podcast, Eric Bischoff afirmou que as contratações da AEW não estão a funcionar.

Olhamos para os espectáculos e sejamos honestos – não estou a ser crítico, gosto da AEW e quero que a AEW prospere, mas sejamos honestos sobre onde está a AEW, eles tiveram 872 mil telespectadores no último Dynamite [podcast de Eric Bischoff foi anterior ao Winter Is Coming].

Estes são números iguais aos que eles estavam a fazer há um ano atrás. Já estive em programas da AEW com mais audiência, e o roster está repleto de grandes talentos, talentos fenomenais, mas onde está o público para isso? Não está a funcionar. 872 mil espectadores no programa principal? Isso não é entusiasmante.

Os números são o que são e este é um número que a AEW estava a fazer há um ano. É estranho, e agora estão a acumular ainda mais lutadores no roster? O que é que vão fazer com eles?


Concordas com estas declarações de Eric Bischoff sobre as contratações da AEW?

16 Comentários

  1. Rei de lisboa1 mês

    Até que enfim alguém que me compreende, até o bishoff está a dizer que se continuar assim a aew vai à falência. Demasiadas contratações e pouca audiência. Parece a versão mais jovem da wcw. Tanto talento menos audiência. Daqui a uns anos vai a falencia… se continua assim, eu n quero que vá a falencia. Tomara que um dia a wwe e a aew trabalhem juntas.

  2. Jorge Soares1 mês

    Os haters de WWE tinham a esperança que a AEW com essas contratações iriam ter mais audiências que a WWE 😂😂😂
    Enfim…

    • The Name1 mês

      Ninguém disse isso, já esteve perto de bater o raw em audiência há uns meses atrás e na demo já bateu, mas é difícil manter audiência ou fazer crescer ainda mais, leva anos para tal por isso não sei quem possa ter dito isso.
      Aliás a wwe já antes da aew existir já tinha a sua audiência, até mais do que têm, mas os fãs mesmo hardcore dos anos da attitude era ou antes ainda continuam a ver, mesmo no estado em que a wwe, só daqui a uns anos é que a aew pode vir fazer frente à wwe em termos de audiências, não sei se vai ser a audiência da aew a subir ou as audiências da wwe a descer e ficarem ao nível da aew, veremos 🤔

  3. mais valia1 mês

    tem uma moral para falar ahahah o tal que vendeu a sua empresa wcw ah wwe, ou melhor o que ele queria é que tudo se integrasse dentro da wwe ou seja uma monopolização do wrestling um pouco que acontece com a google,meta entre outros

  4. Está a falar a pessoa que só teve apenas 2 anos de sucesso das inúmeros oportunidades que teve quer fosse na WCW, TNA e mais recentemente na WWE, nem merece comentários

    • Facebook Profile photo

      Não concordo.

      É verdade que a WCW do Bischoff estagnou bastante e deixou-se apanhar pela WWF. Ainda assim, o Eric não deixa de ser uma das mentes mais brilhantes da história do Wrestling. Podemos apontar muita coisa que ele fez de mal, a estagnação da NWO, o não aproveitamento do hype que o Bret Hart trouxe da WWF ou os contratos absurdos que certos lutadores tinham, mas também fez muita coisa boa. Ele fez do Goldberg e do DDP grande estrelas, revitalizou personagens como a do Hogan ou do Sting, popularizou o Wrestling cruiserweight a um nível mainstream (as carreiras de Jericho, Mysterio ou Eddie podiam ser muito diferentes se não fosse pelo Bischoff), entre outras coisas que ele realmente merece a que se lhe atribua mérito.

      Podendo ou não concordar com ele, não me parece que a sua opinião deva ser descartada. Ele sabe do que fala, e penso que ,sobretudo, sabe onde errou. Acredito que ele nem tocaria neste assunto se não acreditasse que a AEW tem capacidade para ter números bem melhores.

    • Acima de tudo foi capaz do melhor e do pior, ao mesmo tempo que foi o único a vencer várias vezes a WWE, também foi das principais influências da falência da WCW, e matou completamente o momentum da TNA, deixando-a mesmo em suporte de vida.

      Ele também despachou o Stone Cold, Mick Foley, Triple H, Goldust. O Paul Wight, Jericho, Eddie, Benoit também necessitaram de vir embora para se tornarem estrelas. No fundo deu a papinha toda, e a WWE foi genial, também despacharam o Jim Ross, o responsável por estas contratações na WWE, no fundo deu a papinha toda ao Vince.

      Na TNA foi igual, o Joe, Roode, Storm, Styles, Young, Daniels nunca se tornaram as estrelas que deviam ter sido porque as apostas eram Sting, MR.Anderson, Hardy, Angle, os mesmos de sempre. Ainda vieram buscar o X-Pac, Nash, Hall, Val Venis, enfim.

      Neste aspeto até concordo, os responsáveis da AEW devem estudar o porquê de não terem melhores ratings, porque a tremenda qualidade do roster pede mais.

    • A pessoa que “só teve 2 anos de sucesso”… E todos os outros, que sucesso tiveram? 🤷🏻‍♂️

    • Facebook Profile photo

      É verdade, trouble.

      A aposta constante na NWO tirou espaço a alguns dos nomes que referiste.

      Penso que atribuir-lhe a culpa no que toca ao Stone Cold, ao HHH e ao Foley é um bocado relativo. Claro, foi ele que os deixou sair, mas penso que nem o Bischoff nem grande parte do pessoal da altura algum dia imaginou que estes 3 viriam a ser dos melhores de sempre. Penso que será mais mérito do próprio Vince McMahon do que outra coisa.

      No que toca à TNA, foi realmente um fracasso. Mas a verdade é que dúvido que mesmo a apostar naquela base do Joe, Storm, Roode ou Nigel McGuiness, conseguissem fazer muito melhor frente ao RAW. Porque para mim o problema foi mesmo esse, eles pensarem que conseguiam fazer frente ao RAW diretamente.

      Como disse, podemos apontar-lhe do melhor e do pior. E o meu ponto é que independentemente do que aconteceu nestas duas empresas, a sua opinião não merece ser descartada.

    • Quanto á do Austin, Foley e HHH, o Biscoff não soube ver o talento neles, é como hoje o Vince olhar para o Adam Cole e pensar em lhe mudar o nome, look e pô-lo a manager. A WWE tinha o Jim Ross, (também ele vindo da WCW) que era um autêntico génio. Até se fala que o Vince apenas contratou o Mick para mostrar ao Jim Ross que ele estava errado e que o mesmo ia fracassar. O Vince soube-se rodear das pessoas certas e apostou sem medo nos jovens, e principalmente dava aos fãs o que queriam ver.

      A verdade é que para o Bischoff não deve ter sido nada fácil lidar com os jogos de bastidores, principalmente do Hogan, que relembro, arruinou o maior combate da história da WCW, mas isso são efeitos colaterais da contratação do Hogan. Ao mesmo tempo que criou, provavelmente, a maior storyline de sempre na NWO, também arruinou muitas outras. Além disso o Vince parecia ter uma bela equipa a o ajudar ao contrário do Bischoff

      Quanto á TNA, eles não precisavam de competir com o RAW, isso foi um delírio do Hogan e do Bischoff, competir com o RAW, tentar encher grandes arenas, acabar com tudo o que fazia a TNA algo original, contratar lutadores já acabados que ofuscaram os enorme talentos da TNA, ter o Hogan e do Bischoff sempre como o centro do Impact, isto matou a TNA financeiramente e também o produto. No fundo esta passagem mostrou que ao contrário do que falaste, ele não sabe onde errou e cometeu os mesmos erros.

      Mas sim apesar de tudo, o Biscoff continua a ser o único a ter vencido a WWE em ratings, criou a NWO, introduziu os cruserweights, a nova personagem do Sting que ainda hoje o ajuda a se manter relevante, mesmo o Goldberg que lhe agradeça andar a fazer vários milhões ainda hoje. Como disse, foi capaz do melhor e do pior, mas sim, apesar de tudo é um dos maiores presidentes da história do wrestling, a sua opinião é importante e até concordo com ele desta vez

    • Facebook Profile photo

      O caso TNA/WCW é muito diferente, não dá para comparar. Eu sei que ele sabe onde errou porque sou fã do podcast dele, e quando abordado sobre estes assuntos, grande parte das vezes, assume que teria feito as coisas de maneira diferente.

  5. FADE2GREEN1 mês

    Malta que discorda com ele tem palas nos olhos. Cm Punk, Bryan, Adam Cole, etc etc etc.. A AEW devia estar com muito mais viewers do que estão neste momento 🤷

  6. Essa guerra é toda sem sentido!

  7. Anónimo1 mês

    Concordo com o Bischoff.

  8. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO1 mês

    As pessoas sentem que a AEW é concorrente, mas não sentem a luta e isso não entusiasma. É mais um programa de wrestling. Para um público diferente, o público com um target adulto, como todo o wrestling devia de ser, mas não há confronto. Antes, na A.Era, havia a necessidade de ser sempre bom porque cada show podia ser o último. Continuo a achar que o Dynamite devia passar para segunda.

    • Gabriel1 mês

      Concordo, é exatamente isso. A AEW atraí um público mais adulto, pró-wrestling puro, tanto que o último Dynamite teve uma luta de quase 1 hora (isso seria inadmissível no show da Sports Entertainment).