Desde que a AEW arrancou e agora ainda mais pela sua aposta em ex-lutadores da WWE como Sting, Paul Wight (Big Show) ou Christian, existe quem compare a empresa de Tony Khan com a TNA/Impact Wrestling.

Eric Bischoff, que em tempos foi um dos responsáveis pela TNA e que tem feito aparições esporádicas no AEW Dynamite, falou nesta comparação entre as duas empresas. Na sua entrevista a Chris Van Vliet, Eric Bischoff afirmou que é estúpido comprar a AEW com a TNA.

Isso é estúpido e ignorante. Quem diz isso não tem experiência ou conhecimento nenhum. São pessoas que têm um conhecimento teórico por serem fãs, mas na verdade não sabem do que estão a falar.

Eu penso que não há nada que a AEW esteja a fazer que seja muito inovador, mas eles são inteligentes. Ter ex-lutadores da WWE que são pessoas com fãs por todo o mundo, onde é que se pode achar que isso está errado? Se esse é o único argumento, eu posso perceber a comparação.

Mas o público do Wrestling não é só uma demo e é um programa para toda a família. As pessoas têm de perceber que o grande desafio de construir um produto que dê em horário nobre é que tem de ser algo que apele a uma grande variedade de pessoas.

Se só tens lutadores novos, ninguém vai querer saber deles.


Pensas que Eric Bischoff tem razão quando afirma que é estúpido comparar a AEW com a TNA?

17 Comentários

  1. L26MC1 mês

    Calma Bischoff, não venhas atacar a maioria da comunidade do Wrestling PT…

    Quando vês que os responsáveis preocupam-se com pequenos erros e conseguem dar a volta à situação, criando uma storyline à volta daquilo, aí podemos ver que há inovação.
    Posso também dizer que neste último Dynamite, secalhar 98% dos fãs esperavam que o MJF fizesse a cabeça do grupo para expulsarem o Jericho. Mas a AEW, surpreende os fãs de forma ainda mais positiva, criando outra stable. Acho que a preocupação que eles também têm tido com a reação dos fãs e querer secalhar até melhorar essas ideias, têm sido a chave certa, para continuar a caminhar.

    • Facebook Profile photo

      Não acho que a maioria da comunidade PT ache isso! Penso que no geral, toda a gente quer sucesso para todos sabendo que cada um tem a sua preferida sempre respeitando os gostos dos outros. Mas dou-te razão num aspecto que é, existe muita gente que diz coisas más. Eu venho sempre aqui com boa disposição nunca com intenção de favorecer ou preferir A ou B. Eu confesso-te já que eu gosto mais de WWE porque cresci com ela mas não quer dizer que ache que é o melhor Wrestling. Eu pelo menos separo-me das palas. Fiquei super contente com a criação da AEW porque antes da mesma existir eu sempre quis concorrência porque eu não tinha “consciência” era bastante novo e não assisti à WCW. É só Wrestling a meu ver, nunca pensei gostar bastante da modalidade, sim porque eu ainda a trato como tal.

    • Brock1 mês

      O que eu torci um pouco o nariz no último Dynamite foi o facto da AEW ter feito tudo muito depressa. Acho que podiam ter acabado com os Inner Circle e só na próxima semana ou na outra é que criavam a stable do MJF. Acho que não é preciso gastar os trunfos todos de uma vez. Na minha cabeça ficou a questão: Se a ideia do MJF era expulsar o Jericho e tomar conta dos Inner Circle porque é que ele na mesma noite criou a outra stabe? E se o Santana e o Ortiz tivessem atacado o Jericho como o MJF mandou? Como é que ficavam a nova stable do MJF?

  2. Concordo com ele.

  3. Facebook Profile photo

    Eric Bischoff está a sofrer pra ir à casa de banho ou é impressão minha?
    Já sobre a comparação, pelo menos a mim não me serviu a carapuça! 👌

  4. Anónimo1 mês

    Concordo quando diz que não estão a fazer nada que já não se tenha visto por ai. Mas tem situações em que fazem coisas inesperadas, está se a espera de uma coisa, e fazem outra diferente, isso é positivo. Quanto a parte de contratar ex-WWE, não vejo problema nisso, se são bons lutadores e vão ajudar a empresa é bom para eles. Como por exemplo, Chris Jericho, Jon Moxley, era estúpido não os contratar só porque já passaram pela WWE. Um dos problemas da TNA, foi basicamente contratar quase tudo que saía da WWE. Apesar de AEW já lá ter uns quantos, não contrata tudo que saí da WWE.

  5. O Bischoff fez comentários interessantes:

    “Eu penso que não há nada que a AEW esteja a fazer que seja muito inovador”
    Concordo! Embora o produto seja excelente, não há tanta novidade num modo geral, o que pesa no momento é a qualidade de boa parte do Roster.

    “Ter ex-lutadores da WWE que são pessoas com fãs por todo o mundo…”
    Mas na época da TNA o Hogan, Angle, Jeff and Matt Hardy, Bully Ray, Bobby Lashley, Sting, e entre outros, já tinham fãs no mundo todo, então isso eu não acho que diferencie as empresas.

    “Mas o público do Wrestling não é só uma demo e é um programa para toda a família. ”
    Não concordo ao todo, pois não acredito que seja para toda a família, mas partilho da opinião na parte que não é só uma demo, penso que tem que se pensar nos variadas tipos de fãs.

    Por fim, acredito que a comparação com a TNA veio mais por parte das contratações de atletas mais velhos, do que a possibilidade de falência.

  6. JOAOPEDROOOOOOOOO1 mês

    O Bishoff nunca se pronunciou sobre os tempos mudarem e o ser para toda a família, implica um conteúdo muito mais clean e a defender os interesses morais da maioria. Dessa forma, acho que qualquer “filme” de acção não retrata isso e o wrestling não pode retratar isso. Estamos a falar de duas pessoas que por x ou y razão, vão andar à pancada e isso não é bem vendido se cada um tentar proteger o outro e o que disser ao microfone for tipo “tonto” “tótó” “parvinho” e não as asneiras que se diz quando se está irritado (pelo menos, irritado o suficiente para se andar à porrada). Se as pessoas não querem este conteúdo, ligam o Disney+. O wrestling merece melhor e o melhor é abandonar o “para toda a família”.
    De resto, de acordo com o que disse.

  7. Bischoff bem nesta situação.
    AEW e Impact são completamente diferentes.