Frank casino

Luís Manuel é reconhecidamente um daqueles casos de credibilidade: tendo arbitrado alguns dos maiores combates da história do CTW, esteve no Espaço do Fontes para contar como é afinal, isto de ser árbitro de Wrestling!

Uma interessantíssima conversa em estúdio, acerca de uma função com especificidades muito próprias.

Qualquer comentário ou sugestão, é só deixar aí em baixo e será, como sempre, respondida.

7 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Alguma vez, ele foi agredido por algum lutador devido a uma má decisão em kayfabe?

    • Facebook Profile photo

      “Resposta do Luís: “Bruno, peço desculpa pela demora, mas aqui vão as respostas!

      1. Posso já dizer que nunca me agrediram nem em keyfabe nem a sério por uma má decisão minha. Eu compro os lutadores ao montar-lhes entradas fixes e a dar-lhes cerveja barata. Por norma até tenho mais medo do público, que me chamam nomes a mim e à minha mãe! E por norma também dizem que não sei contar… Mas o meu colega Matador já apanhou das boas, especialmente do Hellmer.

    • Facebook Profile photo

      Obrigado 👍

  2. Facebook Profile photo

    Gostaria de saber se ele gostou do momento em que o Charles Robinson em que o mesmo emporrou Ric Flair por este empurra-lo? Isto é, se souberem desse momento o que acredito que sim! Para mim também é o meu árbitro favorito e de seguida é o Chioda!

    • Facebook Profile photo
      João Fontes2 meses

      Boas amigo Bruno, já remeti as tuas questões ao Luis, logo que ele me responda, deixo aqui.
      Um abraço!

    • Facebook Profile photo

      Abraço e obrigado pela atenção! 👍

    • Facebook Profile photo

      2. O Lil’ Naitch é incrível! É um super árbitro e quando ele fez tag team foi dos melhores momentos da WCW, pra mim. Quanto a empurrões, foi como eu disse na entrevista, nada me faz sentir melhor do que poder empurrar de volta e assegurar a autoridade a bacanos com o dobro do meu tamanho! O Chioda é super porreiro também, é o árbitro de ferro, quando é para bumpar, é para bumpar a sério! Lá está, no que toca a personalidade olho para o Robinson, no que toca a credibilidade olho para o Chioda.
      Obrigado pelas perguntas!
      Bem haja, camarada!”