Frank casino

Os FTR, anteriormente conhecidos como The Revival na WWE, fazem agora parte do roster da All Elite Wrestling. Cash Wheeler e Dax Harwood são dois lutadores que gostam bastante do estilo mais old school de Wrestling, como se pode perceber pela sua forma de lutar e até pelas suas personagens.

Em entrevista a Bully Ray, no Busted Open Radio, os FTR fizeram grande críticas às regras dos combates de Tag Team da All Elite Wrestling.

Eles deveriam começar a mudar as regras dos combates de Tag Team. Mesmo que não sejam regras super restritas, o árbitro tem de ter mais autoridade, tem que haver regras. Porque se não temos Texas Tornado Tag Team Matches ou Fatal 4-Way, porque não existem regras nenhumas, logo é o que os lutadores quiserem.

As pessoas têm de perceber que tem de haver regras, para que possa haver heat no combate e algo que faça as pessoas importarem-se com o mesmo. Sem as regras, não há forma dos heels dominarem os babyfaces e colocá-los em perigo, de forma a que o público queira ver o hot tag, que é sempre um momento explosivo.

Se não há regras, o babyface que deveria fazer o hot tag provavelmente já está em ringue há 10 minutos. Eu sei que nos vão chatear por dizermos isto, mas as regras têm de ser alteradas, mas mesmo que não seja super restrito, tem de haver nem que seja as regras tradicionais dos combates de Tag Team.

O que se passa aqui é algo geracional, porque de repente as pessoas deixaram de se importar em contar uma história e só querem ver golpes e saltos espectaculares e aproveitam e esquecem-se das regras.

Agora os lutadores querem é dar pop aos fãs com saltos espectaculares, mesmo que não faça sentido, quando deveriam redireccionar a sua criatividade para aprenderem a construir excelentes histórias para combates de Tag Team usando as regras dos combates de Tag Team.


Pensas que esta crítica dos FTR à falta de regras dos combates de Tag Team da All Elite Wrestling fazem sentido?

15 Comentários

  1. Diego5 meses

    Pelo menos uns criticando a aew finalmente

  2. Faz todo o sentido o que os FTR estão a dizer.
    Apesar de gostar da forma como a divisão de tag team da AEW está a ser mostrada há alguns ajustes a fazer e isso passa também por aquilo que os FTR descreveram

  3. El Cuebro5 meses

    Kayfabe?

  4. Anónimo5 meses

    Concordo com os FTR.

  5. Já se tinha falado anteriormente disso, desde o começo da empresa foi um erro que os próprios lutadores de dentro apontaram, mas parece que as coisas de vez em quando esquecem-se. Mas é sempre bom haver estas críticas vindas de dentro e de lutadores que já passaram pela melhor empresa do mundo, onde já sabemos que as regras são rígidas. A AEW só têm a crescer com isto, ainda por mais sendo a divisão de Tags o seu ponto forte.

  6. Cristiano Ronaldo5 meses

    o que eu vejo na wwe e aew nos combates de tag e eu nunca entendo, é que as vezes eles dão o tapa pela corda de baixo. Tem que ser só por cima das cordas não?

  7. Ederzito5 meses

    O Jericho já tinha falado nesta situação.

    Sou honesto, a mim não me incomoda muito (a não ser que seja feita a um nível extremo), mas são críticas que fazem todo o sentido.

    Se calhar no que toca a algumas equipas como Young Bucks, Santana & Ortiz, e Best Friends, graças à experiência e qualidade deles, o “abusar” das regras não impede que se conte bem a história pretendida, mas pensando em casos como Private Party às vezes as coisas ficam demasiado confusas e perde-se alguma “mística”

  8. Facebook Profile photo

    Fala quem sabe!

  9. Já O Jericho tinha comentado sobre isto mesmo

  10. Alexandre5 meses

    AEW tem a melhor divisão de duplas do mundo, e os carinhas acabaram de chegar e já querem mudar as regras? Acho que estão se achando muito.

  11. Só disseram verdade. Os combates tag team na AEW é uma bruta confusão. Ainda esta noite no Dark num 8 man tag team match, onde os lucha brothers e Butcher e Blade lutaram, no fim foi tudo ao molho e perdi a noção de qual o lutador que estava activo no ringue e no fim aquando o assentamento lá percebi que era o Pentagon… acho que a crítica é boa no sentido que ajudará a AEW