2005, este foi o ano do boom do Wrestling no nosso país, com o início das transmissões na SIC Radical.

O cenário nacional era no entanto outro, já que com todas as promotoras ausentes da realização de eventos, uma figura acabaria por emergir: o controverso Ravel trouxe com ele o surgimento da National Wrestling Revolution – que daria lugar às posteriores AWL e FPW – que tal como o próprio Ravel, acabou por ser mais um ingrediente no explosivo caldeirão do Wrestling português da época.

O Hoje Falo Eu TV está de regresso para o primeiro de dois episódios acerca destes anos loucos: David “Cougar” Batista e Nuno “MOD” Silva foram dois dos protagonistas que, numa surpreendente entrevista, nos explicam como tudo aconteceu, as polémicas vividas e como a NWR foi rapidamente do seu início a um fim talvez esperado.

E sendo este um tema que era tão aguardado, sintam-se á vontade para deixar o vosso comentário!

7 Comentários

  1. Artur3 semanas

    Nunca falam da BBE sediada em Santarém. Existiu de 2007 a 2012. Para alem de ter titulos de equipas teve o primeiro ladder match em Portugal, em 2008

    • Facebook Profile photo

      Boas amigo, nunca ouvi falar desse projeto e gostava de saber alguma coisa: há fotos, vídeos ou notícias que se possam consultar sobre ele?
      Um abraço!

  2. X-man3 semanas

    Mas alguém vê wrestling feito em Portugal 😂😂

    • João Bastos3 semanas

      Se não vês, devias.
      Há talento e o ambiente é ótimo!

    • Quando se mora fora da capital não é assim tão fácil saber ou ver o que cada mini federação tuga faz…

    • Facebook Profile photo

      Para quem quer seguir tudo o que se passa no Wrestling Nacional, é só seguirem o Hoje Falo Eu Wrestling no Facebook, Instagram ou Twitter ou passarem pelas páginas das feds nacionais: WP Wrestling Portugal; CTW – Centro de Treinos de Wrestling ou APW – Associação Portuguesa de Wrestling.

      Um abraço!

  3. Nunca segui nada da NWR (na altura nem internet tinha) mas já ouvi imensas destas histórias e devo dizer que adoro, é que todas as pessoas relatam a mesma experiencia. Que loucura que aquilo havia de ser!