O Impact Wrestling transmitiu esta quinta-feira mais uma edição do seu show semanal na AXS TV, a partir do Nashville Fairgrounds em Nashville, Tennessee, rumo ao Against All Odds desta sexta-feira, dia 1 de Julho.

Resultados

– Digital Media Champion Rich Swann venceu Raj Singh (Non-Title Match) (Before The Impact)
– Trey Miguel venceu, Laredo Kid, Steve Maclin e Chris Bey (X-Division Championship Nº1 Contender’s Fatal 4-Way Match)
– Gisele Shaw venceu Knockout’s World Tag Team Champion Rosemary
– Knockout’s World Champion Jordynne Grace venceu Savannah Evans (Non-Title Match)
– Impact World Tag Team Champions Good Brothers (Doc Gallows & Karl Anderson) venceram Honor No More (PCO & Vincent)
– X-Division Champion Ace Austin venceu Alex Zayne (Non-Title Match)
– Chris Sabin venceu Frankie Kazarian

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Digital Media Champion Rich Swann venceu Raj Singh (Non-Title Match) (Before The Impact): Neste Before The Impact tivemos um dos campeões do Impact Wrestling em ação, e apesar do combate ter sido dividido, no final Rich Swann arrecadou a vitória com o Handspring Cutter e um 450 Splash.

Depois do combate, Brian Myers atacou Rich Swann com o Roster Cut e com o Digital Media Championship, deixando uma mensagem enfática rumo ao combate do Against All Odds.

O Impact Wrestling desta semana começou com os Good Brothers e os American Most Wanted a tentar convencer PCO a juntar-se a eles, mas Vincent não deixou que isso acontecesse.

– Trey Miguel venceu, Laredo Kid, Steve Maclin e Chris Bey (X-Division Championship Nº1 Contender’s Fatal 4-Way Match): Este Fatal 4-Way Match começou com um ritmo elevado, tendo Steve Maclin tentado usar a sua força para ter um pouco mais de ímpeto, mas a velocidade dos seus adversário foi um problema.

O caos foi uma constante neste opener e com isso os lutadores foram ficando cada vez mais perto da vitória.

Nos minutos finais, os quatro tiveram oportunidade para vencer, mas acabou por ser Trey Miguel que teve uma abertura e com o Meteora em Chris Bey, ganhou assim a hipótese de lutar pelo X-Division Championship.

A seguir tivemos Raven a explicar as regras do Clockwork Orange House of Fun Match, tendo também dito que espera que Moose e Sami Callihan se divirtam.

– Gisele Shaw venceu Knockout’s World Tag Team Champion Rosemary: Rosemary tentou dominar desde cedo, mas Gisele Shaw conseguiu virar o ímpeto a seu favor e ficar no controlo deste embate.

A “Quintessential Diva” dominou a campeã durante vários minutos, mas Rosemary voltou a ter algum ímpeto e quando parecia que se preparava para ganhar, Madison Rayne distraiu Taya Valkyrie o que abriu espaço para que Tenille Dashwood a atacasse, o que desconcentrou Rosemary que acabou por perder para uma joelhada.

Já depois do combate terminar, as ex-campeãs e Gisele Shaw continuaram a atacar Rosemary, deixando assim uma mensagem enfática.

Nos bastidores, Mickie James estava a ser entrevistada, mas foi interrompida por Deonna Purrazzo e Chelsea Green que começaram a insultar a veterana que as atacou, ainda assim a força dos números valeu às duas amigas, até que Mia Yim apareceu.

No balneário tivemos Rosemary à procura de um colar e depois de um grito apareceu James Mitchell. A lutadora perguntou então por Havok, tendo o manager dito que não sabia onde ela estava mas que ia espalhar a palavras.

– Knockout’s World Champion Jordynne Grace venceu Savannah Evans (Non-Title Match): As duas lutadoras tentaram usar a sua força para dominar este embate e acabou por ser Savannah Evans que ficou no controlo, depois de uma distração causada por Tasha Steelz.

A guarda-costas da ex-campeã dominou durante alguns minutos, mas a “Big Momma Pump” conseguiu virar o ímpeto a seu favor, tendo no final conquistado a vitória com o Muscle Buster.

A seguir tivemos um video package de Joe Doering, onde se falou das suas conquistar no Japão e um facto de ainda não ter sofrido o pin ou desistido no Impact Wrestling.

Nos bastidores, o Impact World Champion Josh Alexander foi entrevistado e elogiou as capacidades em ringue de Joe Doering, mas que ele está focado em continuar a ser campeão.

– Impact World Tag Team Champions Good Brothers (Doc Gallows & Karl Anderson) venceram Honor No More (PCO & Vincent): A dupla dos Honor No More dominou desde os primeiros momentos deste combate, tendo conseguido isolar Karl Anderson durante vários minutos.

Este conseguiu aguentar a ofensiva dos seus rivais e depois de um Spinebuster, conseguiu ter espaço para fazer o tag a Doc Gallows que usou a sua força para virar o combate do avesso.

Os minutos finais foram algo caóticos, tendo PCO e Doc Gallows ficado KO fora do ringue, que abriu espaço para que Karl Anderson com um pin rápido conquistasse a vitória.

Assim que o combate terminou, os restantes membros dos Honor No More atacaram os Good Brothers e James Storm, sendo que Chris Harris veio em auxílio dos seus amigos, o que fez com que os seus rivais começassem a gozar com ele. Heath apareceu então com 2 ferros e com Chris Hero viram-se livres dos Honor No More, tendo o ataque terminado com um Superkick de James Storm em Matt Taven.

Já nos bastidores, os Good Brothers, Heath e os America’s Most Wanted estavam excitados depois desta brawl, mas continuavam com um homem a menos, sendo que Chris Harris chegou-se à frente e afirmou que quer destruir os Honor No More.

– X-Division Champion Ace Austin venceu Alex Zayne (Non-Title Match): O combate começou a grande velocidade e acabou por ser Alex Zayne que dominou os momentos iniciais, até que o campeão virou o ímpeto a seu favor e controlou durante vários minutos.

Com o passar dos minutos, o equilíbrio foi sendo cada vez mais vísivel e os dois lutadores foram tendo cada vez mais hipóteses para vencer.

No final, Alex Zayne preparava-se para vencer, mas Chris Bey interferiu, o que abriu espaço a Ace Austin de acertar o The Fold e conquistar a vitória.

– Chris Sabin venceu Frankie Kazarian: O main event deste Impact Wrestling começou de forma equilibrada, com os dois a tentarem usar a sua técnica para terem o controlo deste embate. Quando parecia que Chris Sabin ia conseguir ficar no controlo, Frankie Kaziaran colocou a sua maior força e matreirice em jogo e virou o ímpeto a favor tendo ficado no domínio durante vários minutos.

O lutador dos Motor City Machine Guns ainda assim não se deu por vencido e começou a aumentar a velocidade e com algumas golpes de high flying equilibrou este main event.

Nos minutos finais, os dois lutadores mostraram conhecerem-se muito bem e foram aumentando a agressividade, até que Chris Sabin conquistou a vitória depois do segundo Cradle Shock da noite.


O que achaste deste Impact Wrestling?

2 Comentários

  1. El Cuebro2 meses

    Grande episódio do Impact, bons combates, alguns angles de backstage poderiam ser melhores, mas tudo bem, tivemos compensação nos combates, a X-Division está nos trazendo grandes momentos, a divisão feminina também e ótimo main event entre Sabin e Kazarian, espero que logo o Impact retome a parceria com a AEW também!

  2. Gostei:
    – Bey vs Maclin vs Kid vs Miguel. Belo combate, com todos os 4 a dar tudo. Destaco Chris Bey e Trey Miguel, com este último a ser uma boa escolha de vencedor. É uma pena que só tenha durado 6 minutos.
    – Jordynne Grace vs Savannah Evans. Apesar de ter sido curto, foi um bom combate para exibir a campeã.
    – The Good Brothers (c) vs Honor No More. Apesar de ter durado pouco tempo para uma title match, foi um combate com bela ação nesses 5 minutos. Os acontecimentos pós-combate também foram bons.
    – Ace Austin vs Alex Zayne. Fantástico combate. Boa química e boas sequências. Mais uma vez, pena que só tenha durado 6 minutos, mas partiram tudo nesse tempo.
    – Chris Sabin vs Frankie Kazarian. Mais um fantástico combate que deve terminar com o regresso do Kazarian ao Impact.

    Não Gostei:
    – Gisele Shaw vs Rosemary. Não foi mau, mas não foi bom. Não teve lá grande coisa de substância e foi usado principalmente para avançar a feud pelos Tag Titles.

    Overall: 6.5/10. Bom show com combates decentes, nomeadamente o de abertura e os 2 últimos. Go-home show sólido.