Navega no Wrestling PT sem pop-ups

Jeff Jarrett sai da GFW, futuro da empresa incerto

Jeff Jarrett, que tinha o posto de Chief Creative Officer da Global Force Wrestling, saiu da empresa alegando motivos pessoais.

Num comunicado, a GFW falou que a saída de Jeff Jarrett se devia a motivos pessoais, sem se alongarem muito mais sobre o assunto. Em relação à empresa mãe da GFW, a Anthem Sports and Entertainment, recusaram a comentar esta saída.

A GFW é uma empresa que está a perder dinheiro e algumas fontes já falam que a Anthem quer sair do negócio do Wrestling e vender a Global Force Wrestling, visto que até à Fight Network tiveram de pedir dinheiro para investir na GFW.

No entanto, esta saída de Jeff Jarrett pode abanar e de que maneira o mundo do Wrestling, pois Jeff Jarrett é o dono do nome da marca Global Force Wrestling, ou seja a Anthem Sports and Entertainment a vender estaria a vender o Impact Wrestling.

Noutras palavras, se a Anthem Sports and Entertainment estiver disposta a vender, o que eles têm para vender é tape library (os shows todos da companhia), o que pode despertar o interesse da WWE. É bem provável que a WWE visse com bons olhos a compra da tape library do Impact Wrestling, tendo em conta que lutadores como AJ Styles, Samoa Joe e Bobby Roode que ganharam fama internacional ou mesmo Kurt Angle, lutaram durante muitos anos na TNA.

Outros dois lutadores que beneficiariam com a compra da tape library do Impact Wrestling seriam os Hardy Brothers, pois a WWE passaria a ser a detentora do “Broken Universe”.

Esta notícia por certo fará correr muita tinta e qualquer desenvolvimento de relevo, será noticiado aqui no Wrestling PT.

E vocês, o que gostariam que acontecesse com a Global Force Wrestling e o Impact Wrestling?

Enviar notícia para o Wrestling PT

8 Comentários

  1. JoãoRkNO - há 3 meses

    Por muito que me custe dizer isto, a GFW já não tem valor nenhum para mim.

    Primeiro, acho absurda a politica de contratações que fazem, recentemente parece uma segunda AAA. E o que fico mais triste neste assunto, é o facto de terem desperdiçado o Mike Bennett, o Gunner, o Samuel Shaw, o Crimson, o Daniels e Kazarian, Alex Shelley, Chris Sabin, Bully Ray, Jay Bradley, Jéssica Havoc, etc etc etc. Agora, relevantes, temos APENAS, Lashley, El Pátron, EC3, Storm, Drake, Rosemary e mais recentemente, o Johny Impact e a Taya Valkyrie, de resto meus amigos, ou são secundários ou irrelevantes.

    Segundo, com a fusão das duas empresas, tivemos superstars que simplesmente desapareceram. Onde andam o Bram, o Magnus, o PJ Black?

    Por último, a criação do produto em si é o que é. Tenho muita pena de ver o rumo que a TNA levou, quando teve nomes como Roode, os Aces&Eights, Hardy, Sting, Aries, Styles, Joe, que nos faziam colocar ao ecra todas as semanas.

    Enfim..

  2. braullino - há 3 meses

    Se duvidar a Mamãe Dixie Carter compra o que vendeu.
    Aguardemos as cenas dos próximos capítulos…

  3. Johnny Macarroni - há 3 meses

    Eles bem mudam nomes de programas, de titulos e do diabo a quatro. Mas o que é certo é que a TNA/GFW a.k.a Barracolândia continua na mesma…

  4. feed me more - há 3 meses

    Wwe pode aproveitar a broken universe , dividir alguns lutadores e women’s entre NXT , RAW, divisão do reino unido e Smackdown e de quebra induzir o jef jarret ao hall of famer do proximo ano , se deixar passar essa oportunidade já era.

    • Anónimo - há 3 meses

      Isso é que é sonhar, se a WWE comprar alguma coisa, vai ver a multimédia de resto não querem saber, a menos que fosse como foi quando compraram a ECW e acabaram com ela, o Vince bem é senhor para comparar uma companhia para acabar com ela.

  5. Faustino - há 2 meses

    Porra as pessoas da gfw,tna,impact,anthem,putas que os pariu, só sabem perder dinheiro porra. Nem um produto sabem criar/manter. Fds nem a um ano acabou de se juntar a Gfw a tna ou raios que o parta e já tá o líder a bazar. Caralho, uma companhia de wrestling não se cria/renova se num piscar de olhos… Que feche de uma vez porra.

  6. DigOwens - há 2 meses

    Essas história da TNA ter direitos da gimmick ainda é levado a sério? Se a WWE realmente quisesse usar a gimmick tinha usado

  7. Tenho pena da TNA… ainda me lembro de ver o 1º ppv o Victory Road penso que em 2004 com Roode e Young enquanto Team Canada, Kid Cash, Style, Raven, Abyss, Storm, Daniels, Jarrett, e mais alguns que já nem me lembro, só por estes vê-se o talento que por ali havia, durante alguns anos foi um produto que dava gosto ver e não perdia, aliás, houve até numa certa altura em que se se queria ver wrestling puro o ideal era ver TNA pois na época na WWE só as histórias tinham qualidade, o wrestling era nulo, na TNA as histórias eram o que sempre foram mas o wrestling esse sim valia a pena ver! A partir de certa altura foi sempre a decair até se chegar a este ponto..o melhor, infelizmente para os wrestlers é mesmo fechar aquilo, pois não dá lucro e como consequente de certeza que há pessoal sem receber e isso não é bom para ninguém, a WWE que compre, faça uso dos videos e aproveite alguns wrestlers que ainda por lá há alguns de qualidade.

Comentar

Editar avatar »