Faz login e remove a publicidade
Frank casino

Depois de neste domingo ter sido noticiado as críticas que Jim Cornette fez à aparência física de Dana Brooke, o ex-manager não se ficou por aqui e quis também ele falar do assunto do momento: a gravidez de Becky Lynch.

Como seria de esperar, Jim Cornette não falou da gravidez de Becky Lynch para lhe dar os parabéns, mas sim para criticar o timing em que esta gravidez aconteceu.

Ela era a lutadora que mais merchandise vendia e a maior estrela feminina da WWE, certo? Tudo porque ela era a “Lasskicker”, “The Man”, a versão feminina do “Stone Cold” Steve Austin e que aparecia a sangrar da cara e que roubava uma ambulância, correcto?

Depois chega ao Raw e vem a chorar como uma criança insegura de que está a viver o seu sonho de ser mãe. Por alguma razão demorou 30 anos ao Undertaker a mostrar a toda a gente que também tem as suas inseguranças, é porque depois disso ninguém o vai ver da mesma maneira.

Agora ela, que vale vários milhões e que os recebe por ano, vem dizer que está grávida? Que raio? Isso era como um dos main eventers parti-se a perna de propósito. Este tipo de coisas podem-se controlar, não é como se a gravidez fosse uma lesão.

Não é algo contra quem quer ser pai, mas se estão os dois no topo do card e estão a ganhar milhões, esperem alguns anos para ter o raio da criança. A mim faz-me confusão alguém com uma carreira tão curta, querer parar para ser mãe.

Eu se fosse Vince McMahon estaria irritadíssimo, porque uma gravidez não é uma lesão. Estas coisas podem ser controladas ou até programadas. É porque estamos a falar de dinheiro, e se ele paga Becky Lynch milhões de dólares, agora vê tudo a ir por água abaixo só porque ela quis ser mãe.

No lugar de Vince McMahon eu começava a meter uma cláusula de não-gravidez nos contratos das lutadoras, porque se não ele arrisca-se a perder dinheiro. Já o mesmo aconteceu quando a Awesome Kong foi para a WWE e a tentaram construir para ser uma grande estrela, e depois ela ficou grávida.

Com isto da Becky Lynch deveriam ter feito um angle que a tirasse dos ecrãs durante 1 ano e tal, ninguém precisava de a ver a chorar no ringue e a estragar a sua personagem. Faziam um angle, uma lutadora ganhava um push e quando ela (Becky Lynch) regressasse ainda seria uma estrela maior.


Concordas com todas estas críticas de Jim Cornette sobre a gravidez de Becky Lynch?

66 Comentários

  1. O que é o que Cornette quer? Fogo, ela só não ganhou os títulos tag, e o do NXT. Foi Main event na Mania, ganhou o Royal Rumble. Definitivamente o Cornette está “passado” daquela cabeça.

  2. Como diria Rui Pedro Braz “Que perfeito idiota”,nada mais a dizer deste tipo que pensa que e relevante mas nao passa de um fala barato que mais valia estar calado

    • ExtremePtwrestling2 meses

      ou então como o Romário dizia ao Pelé , caladinho era um poeta

  3. yuumi2 meses

    LIXO.

  4. Não consegui ler tudo….
    Mas o que se há de fazer… São outras gerações, outras educações… Mas mesmo assim acho ridículo tudo isto…. E até acho que o facto da The Man aparecer a chorar não pôs em causa NADA… Para mim continua a ser a durona da divisão feminina, a Becky do último RAW era claramente a Rebecca Quin vestida de Becky Lynch, se ele não gostou.. paciência mas dúvido muito que a Becky não continue a vender merchandising nos próximos meses e que quando voltar não volte em grande novamente.

  5. Vince2 meses

    Ele só diz barbaridades, mas a titulo pessoal eu já tinha achado que a parte da exposição e quebra da personagem não era realmente necessária . Acho que a wwe esta a meter os pés pelas mãos nesta cena de juntar realidade com ficção, numa hora usa a leucemia do Reigns para que o publico pare de assobiar o gajo, depois mete a Lana a encornar o Rusev quando toda a gente sabe que ela e o rusev continuam juntos, de repente Tha man engravida e passa a the mom . Só digo que quebra um bocado a coisas . Por exemplo, estamos a ver uma serie televisiva, o Manel tem que ser operado na vida real, o personagem tem que sair da serie por uns tempos, e não metem o Manel a sair do personagem na serie a dizer que tem que ser operado.Na minha opinião esta a quebrar se a imersão dos personagens e das historias .
    Quanto ao Jim , como já disse em outros posts já nada me surpreende vindo dele

    • Vince2 meses

      Mas não acredito que estas saidas do personagem afetem as vendas dela , nem um retorno em grande, hoje em dia pelo que tenho visto , os fãs mais novos de wrestling gostam dessa proximidade entre aquilo que é um personagem e o actor , seguem as suas redes sociais , a sua vida privada etc. Antigamente não tinhamos acesso assim as cenas , a nossa “realidade” era a actuação e as historias do produto televisivo, pouco nos chegava se a Maria estava gravida ou se o Zé era machista

  6. Anónimo2 meses

    O Jim Cornette fala mal de toda a gente, quando diz coisas idiotas sobre gente da AEW todas as semanas não vejo fazerem notícia disso. Ao tornarem isto como notícia só lhe dão a atenção que ele quer desnecessariamente.

    • Críticas a shows? Ninguém quer saber… Críticas à aparência ou decisões da vida pessoal de lutadoras? Bora lá.

    • Anónimo2 meses

      Vai informar-te melhor então e vê as coisas que ele já falou de pessoas como o Joey Ryan, o Kenny Omega, o Justin Roberts, a Riho, a Hikaru Shida e tantos outros

    • Simãop12 meses

      por outro lado, também já falou bem de wrestlers como Darby Allin, Jungle Boy, MJF, …

  7. Valério júnior2 meses

    Cornette vai a merda.

    Ja basta a Dana Brooke agora a Rebecca.

    Não tens centimentos.

    Parvo, idiota,burro,merda, lixo.Deixa a THE MOM em paz.

    Não tem trabalho para fazer e fica criticando os outros.

  8. Agnaldo timotio2 meses

    Esse cara e pobre de espirito, pode ter ctz que ele é infeliz em sua vida miserável

  9. Carlos2 meses

    Pinta a bunda de rosa e tenta aparecer pois com esses tipos de comentários só vais ganhar empatia do público,
    Cara palhaço,
    uma gravidez pode realmente ser evitada, mais se eles querem ser pais emprego nenhum no mundo irar empedir,.

  10. Para este idiota, o dinheiro é mais importante que uma vida. Era o que faltava estarem a controlar e a programar a gravidez de uma pessoa. O cu do Jim Cornette deve ter inveja da sua boca de tanta merda que fala.

  11. O que mais me incomoda neste comentário infeliz é o facto de ele achar que a carreira profissional da Becky deve estar acima da sua vida pessoal. Eu também gostava imenso que a Becky não tivesse saído e continuasse na WWE a defender o seu título, mas é totalmente plausível que seja mais importante para ela ser mãe do que continuar a sua carreira profissional, ainda para mais ela na sua curta carreira já conquistou mais do que muitos que lá estão há muito mais tempo. Além disso,o marido continua na empresa e ela continua a receber.
    Entendo que o Cornette não perceba a decisão da Becky, é a opinião dele, agora daí a dizer que o Vince devia meter uma cláusula de não-gravidez ou comparar a felicidade de ser mãe ao choro de uma criança insegura é só ridículo.

  12. E é assim que o Jim Cornette gera polémica e continua a ser relevante. Ele sabe bem o que faz lol

    • PedrKo2 meses

      Exatamente, é só passar pelo canal dele para perceber isso.

    • Estamos a falar de alguém que ameaçou o Vince Russo de morte e que já disse vezes sem conta que considerava assassinar o Russo como um dos maiores feitos da sua vida. Como é óbvio, não é um homem que tenha tudo no sitio.

    • PedrKo2 meses

      Recentemente também queria saber se no estado do Connecticut existia pena de morte, porque achava que quem tinha escrito o Money in the Bank devia ser morto.
      Se o olharmos a sério é grave o que diz, se o virmos como uma espécie de comediante revoltado com o Wrestling actual até acaba por ser engraçado.

  13. Discordo completamente, é com este tipo de declarações insensíveis e até mesmo desumanas que Jim Cornette vai perdendo a pouca credibilidade que já tinha.

    • Um sujeito que fala asneiras como ele fala não deve ter credibilidade nem na casa dele pra começo de assunto ,pois pelo visto moral e ética esse cidadão não tem em suas opiniões e pelo teor das asneiras que sai da boca dele pra não falar coisa pior o cérebro dele deve ser do tamanho de um grão de areia ou menor.Se é que dá pra dizer que esse jumento deve ter algo que possa chamar de cérebro.

    • Anónimo2 meses

      Concordo, Jorge Marques.

  14. PedrKo2 meses

    Cornette a ser Cornette…
    Se vão fazer notícia de todas as pérolas que ele manda vão ter muito trabalho, porque ele tem um público específico que gosta disto.

  15. Carson2 meses

    O sonho do Cornette era tar grávido do rollins

  16. Miguell _Legend-12 meses

    Pessoal sejemos sinceros, ele tem razão em algumas coisas. No final o dinheiro é super importante e ter uma atleta que está no auge e do nada se retira porque ficou grávida é algo que coloca em causa o negócio. Muita coisa gira à volta do dinheiro e para uma atleta de 33 anos retirar se é muito cedo e neste caso é algo que pode ser evitado. Em relação ao resto, discordo totalmente achei bem a parte do “choro”, isso dá audiências e é aquilo que toda a gente gosta hoje em dia: emoções em cima de racionalidade. Já para não falar que colocaram a Asuka como campeã por isso o segmento foi muito bom e aí não concordo nada com o Cornette. Em relação à gravidez como já referi, tenho que concordar e quem achar que estou a ser insensível ou muito conservador já sabe o que fazer, estou sempre disponível para argumentar, mas só não se esqueçam como é que colocam a comida em cima da mesa e têm roupa lavada: com responsabilidade e consequentemente fundos monetários 😉

    • Eu percebo o teu argumento, mas a Becky vai continuar a receber de qualquer maneira e o Rollins irá continuar a lutar. Provavelmente vai-se ausentar durante um pouco assim que o filho nascer, mas não me parece que terão grandes problemas com fundos monetários considerando o estatuto de ambos. E de facto 33 anos é muito cedo para se retirar como atleta, mas não é assim tão cedo para se ser mãe e para além disso a Becky não se retirou, apenas se vai ausentar durante uns tempos e com um palmarés invejável.

    • Vince2 meses

      Vou só comentar a parte da gravidez porque a nível do resto já partilhei a minha opinião na publicação. A situação aqui da gravidez é que existem mulheres que por histórico familiar podem vir a ter a menopausa precocemente dai o desejo de não deixar tal situação para idades de mais risco, e sendo ela uma atleta o tempo que vai ficar de fora por estar gravida podia ser o mesmo por estar lesionada. E quem já passou estas idades sabe que é muito melhor ser se pai nestas idades ou mais novo para se poder acompanhar melhor o crescimento de um filho e estarmos cá mais tempo para ver os seus feitos na idade adulta. 🙂

    • Miguell _Legend-12 meses

      Vasco Reis em relação ao teu comentário, entendo o que queres dizer mas não estava a falar dos fundos do casal mas sim da wwe. É injusto que uma lutadora tenha decidido engravidar, piorando o negócio da wwe com a redução de vendas e de audiências que vamos ser sinceros, a Becky era uma lutadora muito popular e que rende e que ao abandonar prejudica o negócio. Em relação ao teu comentário Vince, o que dizes é de facto verdade, mas para se ser o melhor e para nos mantermos no topo é sempre preciso fazer decisões e sacrifícios e tenho pena que a Becky não tenha sido capaz de o fazer.

    • Vince2 meses

      Nem sempre a gravidez é planeada , parece ser este caso, e claro que faz bem em ter o filho . Já agora gostava de saber a tua opinião sobre a opção da Ronda Rousey, que na wrestlemania de 2019 “abdicou” do titulo para formar família , com a ótica de engravidar do marido , e findado mais de um ano , nem carreira no wrestling , nem filhos.
      A tua visão não seria melhor aplicada a uma situação como a da Ronda , que parou para engravidar sem saber quando seria abençoada com essa dádiva, do que a situação da Becky que era uma trabalhadora activa , descobriu estar gravida e parou ? Ambas por acaso tem 33 anos

    • Miguell _Legend-12 meses

      O caso da Ronda não se aplica e posso explicar. A Ronda teve mais responsabilidade que a Becky. Isto porque, a primeira referida avisou previamente os responsáveis da wwe dos seus futuros planos de vida e assim a empresa teve a possibilidade de se adaptar da melhor forma e dar-nos consequentemente uma ótima campeã (Becky) sem prejudicar muito as suas vendas ou bilhetes. No caso da Becky, esta descobriu isto há pouco tempo e a wwe teve de improvisar e fazer tudo em cima do joelho, algo que normalmente trás sempre repercussões negativas no negócio. É verdade que a Ronda ainda não realizou os seus projetos de vida, mas lá está são os seus projetos e é algo pessoal, não diz respeito à empresa a longo prazo e a única pessoa prejudicada é a própria Ronda.

    • Miguell _Legend-1 —- Pela sua opinião então a Becky Lynch deveria ter feito um aborto para não prejudicar a Wwe e a sua carreira? Você em nenhum dos seus comentários coloca em hipótese a situação de ela não ter planeado isso para a sua vida .

    • Miguell _Legend-12 meses

      Isso é um boneco de palha enorme Edge 88. Eu não disse que ela devia abortar, até porque nem sou na maioria das circunstâncias a favor desse ato. Ela devia ter aguardado mais uns 2 ou 3 anos para finalmente seguir esses projetos. Mas se ela o quis fazer agora, por mim tudo bem mas devia ter informado desse objetivo antes aos responsáveis da wwe. Edge88 você devia se informar melhor, porque de facto a Becky sempre quis ser mãe e cada vez mais era um desejo dela e quando se juntou ao Seth esse desejo aumentou ainda mais. Há até aqui no site essa informação que suporta aquilo que eu disse neste comentário. Analise melhor os meus comentários primeiro, antes de fazer uma insinuação dessas proporções, porque isso é perigoso e grave.

    • Miguel falaste com o Vince McMahon? Como é que sabes que a Becky não avisou previamente? E melhor como é que sabes que foi tudo feito em cima do joelho? Não é por nada mas é que já desdo início do ano que haviam rumores de que a Becky se ia ausentar… 5 meses depois viemos a descobrir oficialmente os motivos… será que foi assim tão irresponsável?

    • Fiz lhe uma pergunta, é diferente de ter afirmado alguma coisa a seu respeito , não tem que ser algo perigoso e grave quando estamos só a conversar aqui . É saudavel existir opiniões diferentes , e eu entendi o seu ponto de vista depois da sua explicação .
      Quanto ao wrestling vamos esperar que quem saiba esta paragem dela abra portas a outros grandes momentos para outras mulheres da empresa, felizmente não falta talento por lá 🙂

    • Miguell _Legend-12 meses

      Bruno, em relação ao que disseste basta pensar um pouco, a Becky só soube desta gravidez há 1 mês e a wwe tinha planos para ela continuar com o seu reinado, podes ver aqui no site os planos para ela caso a Becky não tivesse engravidado, tudo o resto não passa de rumores. Ora 1 mês para mudar de planos é muito pouco, por isso sim, foi feito tudo em cima do joelho. Edge, eu sei que perguntaste, mas tive que deixar claro a minha posição que por ser menos popular pode suscitar enganos. Sim concordo, talento não falta e agora quero ver como as coisas vão se desenrolar.

  17. Marcelo2 meses

    Oxe ele vá toma no cú não fique ai quem ele pra fala da gravidez da Becky Lynchy

  18. Bom, é um facto. A WWE vai perder dinheiro se a Becky sair do ar. Agora, será que o dinheiro vale mais que uma gravidez? É por muitos vezes colocar as carreiras à frente da vida pessoal que muitas pessoas têm vidas miseráveis apesar de ganhar bom dinheiro. Principalmente as mulheres, que se vêem com medo de ter filhos porque vão ser postas de parte no trabalho ou pior, despedidas.

  19. Cornette… calado é poeta.

  20. Então a mulher agora é obrigada a ter filhos a que idade? Quando se retirar? Enfim

  21. Rodrigo Nascimento2 meses

    Este gajo bate bem da bola? Machista de merd@, tá visto que este fazia contratos em que se uma mulher engravidasse era despedida, então mas as mulheres não têm direito de querer ser mãe? A Becky na minha opinião já fez tudo o que podia fazer neste último ano desde que venceu na wrestlemania do ano passado, agora quis ser mãe, tem todo o direito a isso

  22. Aron Nou2 meses

    Se eu fosse o Seth meteria um processo nesse verme… ainda falta com respeito com a noiva do Seth…

  23. Facebook Profile photo

    Muitas vezes concordo com o Jim mas desta vez não posso concordar. Não há dinheiro suficiente que pague os nossos quereres, apenas por dinheiro insuficiente. Se era o que ela quis, ela fez. Se fosse realmente muito dinheiro perdido, o Vince já tinha manifestado insatisfação penso eu. Ela quer dar o amor de mãe. Ela não vai fazer amanhã o que pode fazer hoje. Porquê um angle? Porque não a verdade? Depois de ter o filho, pode fazer a promo com a campeã atual quando chegar à altura, dizendo que nunca perdeu o título em derrota por combate, assim se começa uma nova story. Não precisa de inventar só porque está grávida. Eu acho que ela fez bem. Mas prontos, é a opinião de um gajo bem mais experiente que eu nessa matéria

  24. Carlosilva2 meses

    Meus amigos, como é que vocês ficam ofendidos com os comentários do Cornette?

    Ultimamente a minha maior ‘companhia’ na Quarentena tem sido o Cornette. Tudo começou há uns tempos quando vi um Shoot que ele fez ao Russo. Nunca me ri tanto com wrestling na vida. E verdade seja dita, muitas das coisas que ele disse despertaram um grande interesse em conhecer totalmente o produto da WWE (WWF) na época de 1997-2000, e tenho acompanhado todos os Raw’s dessa altura, tudo porque ele me despertou interesse para tal.

    Se conseguirem ver o lado divertido do Wrestling, e pensar em tudo que ele diz como kayfabe, prometo-vos que vale a pena ouvir as análises dele e os muitos shoots que ele fez/faz. É hilariante ouvir os comentários dele em relação a lutadores como Joey Ryan ou Orange Cassidy (Pockets, como ele lhe chama), normalmente só concordo com cerca de 30% das coisas que ele diz, mas consigo passar horas e horas a rir-me com o que ele diz, ao ponto de o achar claramente a personalidade do wrestling mais carismática fora das câmeras- É como ouvir o Manuel Serrão a falar no Prolongamento, sendo eu sportinguista, vale a pena porque acima da opinião dele sobre o futebol, está a sua personalidade hilariante.

    Acho que o maior problema dos fãs de wrestling é a falta de capacidade para levar as coisas na brincadeira, tentam tornar tudo tão sério, especialmente num desporto planeado. Mas eu entendo, eu já fui assim em relação ao Wrestling, mas pior: já fui assim em relação ao futebol. Percebi que estava errado quando saía das discussões irritado.

    Aprendam a levar este mundo do Wrestling no gozo, e vão ver como há poucas coisas que topem isto.

    • Bem verdade , e eu tambem andei a ver os raw dessas alturas durante a quarentena , fiquei bem impressionado com varias coisas desses tempos

    • Carlosilva2 meses

      Boas, Edge88

      Fico sem dúvida intrigado em como as coisas funcionavam neste tempo, não acho que a qualidade seja algo de outro do mundo, mas entendo que em 1998 tudo aquilo era inovador e fascinante.

      Por exemplo o Booking do Stone Cold, nunca resultaria hoje em dia. Vejo desde Montreal Screw Job, e estou a chegar à WrestleMania 15 (1999), e penso que neste tempo todo só sofreu dois pins, tendo saído bastante protegido em ambos os combates. Claramente que os fãs de hoje já não estariam minimamente investidos na sua personagem, e atenção não estou a criticar até porque eu me considero um fã também, simplesmente mudou a visão.

      A coisa em que acho que se vê mais o traço do Russo, é na utilização constante de todo o roster, pois ele tinha a filosofia de que queria que todos os lutadores estivessem envolvidos numa storyline. O que acabava por ser positivo e negativo. Negativo porque tínhamos de levar com lutadores, na minha opinião, péssimos e sem carisma, como os Headbangers ou os Oddities(grupo onde curiosamente lutava um brasileiro- Giant Silva, desconhecia). Mas por outro lado era bom porque davam destaque a lutadores que mais tarde vinham sempre a ser estrelas, mesmo estando verdes na altura, como é o caso de Edge ou Christian

    • Entendo perfeitamente , hoje em dia certos wrestlers desse tempo tem um destaque absurdo , quando o produto era bastante diversificado , acho que aquilo que mais notei diferença é que as storylines eram bastante esticadas, mas tirando as historias com pouco interesse pela introdução dos tais wrestlers menos conhecidos e mts vezes floops , maioria das historias eram bem construidas , mesmo se arrastando por meses e meses . Sinceramente não desgostei do que vi . Eram outros tempos, e fiquei admirador de wrestlers que pouco me diziam como o Mankind(mick foley) e Undertaker , de referir que comecei a ver wrestling em 2006 , embora tenha percebido a importância de ambos , lembro me por exemplo do Mick de um combate contra o Edge de grande qualidade, mas nada comparado com tudo o que vi dele nos anos 90, igual para o Taker, no meio dessa viagem ainda achei bastante piada a wrestlers como o Val Venis, que nem sequer alguma vez tinha ouvido falar

    • Carlosilva2 meses

      Subscrevo totalmente!

      A storyline entre o Marc Mero e Sable durou mais de um ano, e penso que só não terá durado mais porque o Marc saiu da empresa em meados de 98, mas outras storylines valeram por ser longas como Foley/Rock, DX/Nation, Kane/Undertaker ou uma esquecida que eu pessoalmente gostei muito Triple H/Owen Hart.

      Já Mick Foley sempre foi um lutador que respeitei, mas é impossível não ganhar um carinho enorme e admiração por ele quando vê-mos a caminhada que este fez até ganhar o titulo, pessoalmente sinto-me mais investido na sua personagem do que na de Stone Cold ou Triple H(que são os outros dois grandes babyfaces em Fevereiro 1999).

      Eu conhecia já o trabalho de Val Venis, e achei-lhe bastante piada. Outras personagens que destaco são: Al Snow, Dan Severn, Goldust, “Sexual Chocolate” Mark Henry era hilariante, e Gangrel.

      Pela negativa, não achei a personagem Godfather nada demais, sempre pensei que era mais icónica, basicamente nasce do céu visto que o lutador(Kama Mustafa) estava na Nation of Domination e quando a stable acaba, de repente, tem esta gimmick… não o achei nada demais.

      E claro a pior parte é sem dúvida Sable. Percebo que como isto foi há 21 anos as coisas eram muito diferentes, mas esta mulher era abismal no microfone e em ringue. Independentemente do seu look, nunca devia ter tido o destaque que teve, mas volto a dizer, compreendo que Sable era uma grande atração para uma audiência que só naquela altura começou a testemunhar semi-nudez na televisão.

    • Carlosilva2 meses

      e só para o caso do Brock Lesnar alguma vez aprender a falar português e ler o comentário que fiz sobre a Sable, espero que ele saiba que estou claramente a brincar!! Eu tenho amor à vida, hehe 🙂

    • Estou na mesma situação que tu, também tenho ouvido bastante os vídeos no canal de youtube dele, ultimamente. Especialmente, as reviews que ele faz sobre os programas da AEW, é hilariante o ódio que ele tem a wrestlers tipo o Joey Janela (ou Jelly Nutella como ele diz haha) e Omega(Olivier XD). E creio que passa um bocado por aquilo que disseste não se pode levar a maioria das coisas que ele diz a sério, mas sim como “kayfabe”, porque ele, claro, também não quer dizer tudo aquilo que diz, grande parte é exagero

    • Carlosilva2 meses

      Sem dúvida, W8_4_It

      E sejamos sinceros, muitas das críticas que ele faz à AEW têm fundamento e são reais, mas parece que muitos fãs têm dificuldade em aceitar que na verdade, tal como as outras companhias, a AEW erra bastante e apresenta conteúdo fraco muitas vezes.

      Certamente que já viste, mas se não, sugiro que vejas a que review que ele faz à Casino Battle Royal, no Double or Nothing, que icónico.

    • El Merenguero2 meses

      Carlosilva,

      Eu discordo de você sobre a falta de carisma nos Oddities. Se você observar a reação dos fãs na entrada, eles levantavam as mãos, curtindo a Theme Song, principalmente no tempo em que o ICP esteve na Stable.

      Pela negativa, não achei a personagem Godfather nada demais, sempre pensei que era mais icónica, basicamente nasce do céu visto que o lutador(Kama Mustafa) estava na Nation of Domination e quando a stable acaba, de repente, tem esta gimmick… não o achei nada demais.

      Na verdade, a ideia do personagem surgiu da esposa do Charles Wright. O Godfather foi somente uma extensão da vida real porque ele é dono de um clube de strippers em Las Vegas.

      Val Venis foi um lutador subestimado. Por mais que goste do seu personagem de ator pornô, penso que foi justamente o mesmo que não permitiu que fosse um campeão mundial. Este teve todos os atributos para ser um Main Eventer: aparência, presença, carismatico e comunicativo.

      E Viva a ATITUDE!

    • Carlosilva eu concordo contigo na questão da AEW, até chega a ser tabu apontar alguma falha ou falta de qualidade a empresa nestes momentos iniciais da mesma pela sua comunidade tão vibrante e defensora. Eu particularmente não tenho achado o produto nada de mais , mas também não posso colocar o raw e o smackdown num pedestal porque ambos tem andado bastante aquém da qualidade de outros tempos, mesmo tempos relativamente recentes, no pre-covid muitas coisas perderam simbolismo , os palcos das arenas são genéricos , não guardam a luta entre X e Y para acontecer somente no PPV , temos pequenas storylines , poucas são construidas com corpo e membros, muitos dos ppv’s , como survivor series (tem se resumido a raw vs smackdown) , summerslam e wrestlemania tem perdido aquela sensação única que tinham noutros anos. Parece tudo muito mais genérico. Continuo assistir, mas complemento-me com muito wrestling independente porque a wwe já não me preenche como antes

    • Carlosilva2 meses

      El Merenguero, sem dúvida que a crowd até estava investida nos Oddities, e até gostava de ter visto mais dos ICP na WWF. Contudo penso que esse overness se devia ao facto de, apesar da falta de talento in-ring dos membros, terem personagens diferente, mas lá está, naquela altura todas as personagens se diferenciavam. Se virmos, por exemplo, meses antes dos Oddities serem criados, o membro Kurrgan chegou a fazer alguns squashes pois a WWF tentou dar-lhe o push de “monster heel”, mas não durou muito devido às suas limitações e falta de ligação com o publico.

      Não sabia desse facto sobre o Charles Wright, e se analisar-mos bem, vê-mos que realmente se sentia mais confortável nesta personagem do que na de Kama Mustafa.

      Concordo em absoluto com o que disse sobre Val Venis, é impossível não dizer o “Hello, ladies”, quando ele faz a sua entrada! Sem dúvida um full-package.

    • Carlosilva2 meses

      Edge88,

      Já não acompanho semanalmente a WWE desde que, para mim, estragaram os shows semanais com a “Wild Card Rule”, contudo vi alguns PPV´s como o Royal Rumble, Money in the Bank ou a Wrestlemania, acompanho sempre as análises feitas no WPT e gosto de ler os comentários nos posts.
      Penso sem dúvida que os grandes problemas da WWE são exactamente esses que referiste, claramente a criatividade na WWE está longe de ser o que foi em tempos- não sei se se deve a mudanças na equipa criativa ou a mudanças de politicas internas, mas que está longe de ser o que era, não haja dúvida. O que é pena porque para quem viu o Smackdown em 2016 e 2017 sabe do que eles são capazes.

      No que toca a AEW não vejo todos os shows mas é algo que puxa mais por mim do que WWE, neste momento. Para mim o maior problema desta companhia é o sistema de rankings. No mundo do wrestling não acho que isto não pode funcionar, porque como é suposto nós acreditarmos que uma vitória sobre Marco Stunt vale tanto como uma vitória sobre Cody? A existir algo assim, preferia um género de “Power 25” como a WWE tinha no seu site oficial(não sei se ainda tem), em que o ranking, em vez de se medir por vitórias/derrotas, se media por momentum. Tirando isto há outras coisas que não aprecio muito, mas nada que me faça não querer ver o programa.
      E sim, concordo contigo, penso que alguns fãs da AEW não conseguem aceitar criticas, mas é normal, há sempre uma proporção de fãs assim em relação à “hottest thing in wrestling”, que neste momento é a AEW. Em tempos foi a TNA, o NXT, o Smackdown Live ou a NJPW.

    • Concordo completamente, Carlos. Já vi, sim, a review ao Casino Battle Royale, muito bom hahaha

  25. Anónimo2 meses

    Este tipo só sabe falar mal…

  26. Anónimo2 meses

    Este tipo deviam pensar melhor antes de falar m****.

  27. Andrexamal2 meses

    Concordo com uma única coisa , “um angle que a tirasse dos ecrãs durante 1 ano e tal”

    Definitivamente era uma coisa bastante boa para a personagem , um push enorme a outra lutadora e com um possivel regresso incrível na wrestle mania .

    Mas prontos agora já tá já tá

  28. Ricky Steamboat2 meses

    Nada de supreendente, estamos a falar de um homem que na nova série documental Dark Side of The Ring ri-se histericamente ao ver o New Jack a esfaquear outro wrestler
    Apesar de ultrapassar o limite da estupidez humana, na minha honesta opinião, concordo com a última parte em que ele refere a preferência por um “angle” novo em vez do anuncio da gravidez, apenas porque prefiro o kayfabe, mas não desgosto do que fizeram e certamente quando regressar terá um pop que há muito não se vê

  29. “Becky Lynch is so tough that she wanted to have a baby”

  30. Poupou2 meses

    Esse cara é um babaca e não merece a atenção que ele tá conseguindo atacando wrestlers

  31. Lendo esse artigo posso dizer uma coisa com todas as letras. Pra sorte de nós,amantes do wrestling que esse Jim Cornette não é proprietário da WWE ,pois se assim o fosse acredito que a companhia já tinha ido a falência em curto espaço de tempo.Digo isso porque pelo ponto de vista desse cidadão os wrestlers,sejam homens ou mulheres são apenas produtos de marketing e de merchandising. Ele não os vê como pessoas de carne e osso que fora do backstage tem suas vidas como qualquer pessoa comum. Na visão dele os negócios e os lucros vem acima de valores bem mais importantes como das lutadoras que anseiam em ser mãe como a Becky Linch,ou como dos lutadores que se afastam da companhia pra cuidar da saúde como o Roman Reigns.
    Minha opinião sobre esse Jim Cornette. Esse aí é do tipo que pra se sentir superior a alguém precisa denegrir os outros e que no lugar do coração ele deve ter um tijolo e o cérebro dele deve ser do tamanho de uma ameba.

  32. Say Santos2 meses

    Opa! Excelente conteúdo, Parabens!! Já quero te convidar também a dar uma olhada em meu último Post sobre o tema em questão, acredito que irá agregar demais. Te aguardo lá, Abraços.