Durante o Extreme Rules deste sábado houve um Strap Match entre Drew McIntyre e Karrion Kross, naquele que foi o primeiro grande combate deste último desde que regressou à WWE, e primeiro da rivalidade entre os dois.

O Strap Match começou com Karrion Kross a recusar prender-se na strap, o que lhe permitiu dominar os primeiros minutos do mesmo. No entanto, Drew McIntyre deu a volta à situação e equilibrou a contenda dentro e fora do ringue.

Depois da strap ter sido usada por múltiplas vezes por ambos os lutadores, o “Scottish Warrior” ficou perto de vencer com um Future Shock DDT e preparava-se para aplicar o Claymore Kick, mas Scarlett entrou no ringue.

A manager impediu o lutador escocês de aplicar o seu finisher e atirou-lhe spray à cara, algo que o marido capitalizou com um Running Forearm Smash e arrecadou uma surpreendente vitória no Strap Match.


O que achaste deste Strap Match no Extreme Rules? Esperavas a vitória de Karrion Kross?

7 Comentários

  1. Joe4 meses

    Para muitos a direção de triple h está a ser top, mas receio que para McIntyre vá ser o enterro dele, primeiro a facada do clash at the castle e agora uma derrota para o push de um lutador mediano como o Kross.

  2. Campónio André4 meses

    Valeu a pena só por ver a Scarlett… ahahaha

  3. Willow4 meses

    Scarlett deveria fazer dupla com Jey Uso. Já que eles sempre ajudam a outros ganharem.

  4. Não gostei lá muito deste combate mas o fim salvou, vamos ver o que se segue para Karrin Kross.

  5. Balhote4 meses

    Este combate desapontou me. Não foi nada de especial e o final também foi previsível e desinteressante. A personagem do Kross é interessante mas no ringue acho que lhe falta qualquer coisa. Acho que é outra feud que continuará.

  6. El Cuebro4 meses

    Para mim, mesmo com a ajuda da Scarlett, o Kross garante o posto de próximo contender aos títulos grandes da WWE, não sei como a empresa vai planejar isso, mas tem que acontecer, no mais é estranho ver o Drew sair por baixo assim, embora eu ache que ainda veremos mais dessa rivalidade no futuro, espero que o escocês não fique para trás e o Kross também não!