O “Prizefighter” participou no After the Bell desta semana, o podcast de Corey Graves, e falou sobre a utilização do Stunner como finisher, um golpe que foi tornado famoso por “Stone Cold” Steve Austin. O lutador foi questionado pelo apresentador sobre como tudo aconteceu e se ele chegou a falar com o WWE Hall of Famer sobre isso.

Em resposta, Kevin Owens explicou que começou a pensar em usar o Stunner em 2016, quando reparou que vários lutadores o utilizavam como um golpe banal e outros utilizavam Powerbombs ou variações da mesma também com bastante frequência. O lutador sentiu que tinha que mudar de finisher ou pelo menos ter uma alternativa.

O ex-WWE Universal Champion disse que falou com “Stone Cold” Steve Austin e lhe pediu autorização para usar o Stunner, por uma questão de respeito, e que o “Texas Rattlesnake” ficou muito feliz por ele lhe ter pedido para o usar.

No entanto, Kevin Owens não obteve logo autorização da WWE para usar o finisher pertencente ao Hall of Famer. A ideia teve então que ficar guardada para uma oportunidade mais adequada, que acabou por acontecer já em 2019, quando Kevin Owens regressou aos ringues como babyface.

O lutador da WWE disse também que para já tem feito o Stunner da mesma forma que “Stone Cold” Steve Austin fazia, dando um pontapé seguido do finisher, mas que em breve pondera começar a usá-lo de forma mais personalizada.


Gostas de ver Kevin Owens a usar o Stunner como finisher?

2 Comentários

  1. Showstealer2 semanas

    Curto de observar Kevin Owens a usar o Stunner pelo facto de ver em KO algumas semelhanças com Stone Cold Steve Austin no sentido em que é também uma personagem Anti-Autoridade.

  2. Anónimo2 semanas

    Sim gosto de ver o Kevin Owens a usar o Stunner. E o fato de ter pedido autorização ao Steve Austin, mostra um grande respeito!