Kurt Angle é um dos melhores lutadores da história, tendo terminado a sua carreira num combate contra Baron Corbin na WrestleMania 35.

Apesar disso, a AEW quis contratá-lo, mas em entrevista ao NBC Sports Boston, o WWE Hall of Famer revelou porque recusou assinar pela empresa de Tony Khan.

Eles queriam mesmo que eu lutasse. Tony Khan telefonou-me e ofereceu-me um bom contrato, mas eu já não o posso fazer. Quem me dera poder, mas isso não é possível. Eles até me fizeram duas propostas.

Queriam que eu tivesse um papel enquanto não lutador, mas eu também recusei isso. Criei a minha empresa de suplementos e quis dedicar mais tempo a isso e não queria deixar a empresa naquela altura, por isso é que recusei a proposta.

Para lutar, deram-me um contrato para 10 combates. Sei que não seria um contrato só de um ano, provavelmente seriam 3 anos de contrato e eu faria 3 combates por ano.

Decidi não o fazer por causa da minha empresa de suplementos, e pelo facto de, já não ser o mesmo que era. Se fosse para voltar a lutar, eu queria ser o velho Kurt Angle e sei que já não o consigo ser.


Pensas que Kurt Angle fez bem em recusar assinar pela AEW?

2 Comentários

  1. El Cuebro2 meses

    Talvez se fosse para ser manager, eu acho que poderia dar certo, mas bom que o Kurt reconheceu que já não dava mais para lutar e ele tinha que se preservar, acho que a fidelidade à WWE também bateu um pouco nisso, num todo é bom ver que o Kurt está se recuperando bem de uma recente cirurgia!

  2. Penso que ele esteve bem perante a situação!