Mark Henry ainda agora chegou à AEW, mas já quer mostrar que não é só por agora ser empregado de Tony Khan que vai deixar de dar a sua opinião, e em entrevista ao podcast de Renee Young, fez críticas aos combates da promotora, por serem algo repetitivos.

Nós temos de trabalhar no que toca às redes sociais, no que é mostrado e no que queremos que seja um exemplo do que as pessoas vêem. A AEW tem uma vibe um pouco mais adulta, mas isso tem de ser balançado. Tens de fazer coisas pela comunidade e com os eventos ao vivo temos de ajudar a cidade e sermos um exemplo.

Em termos de Wrestling, eu quero ver menos… Eu quero que todos os lutadores vejam os combates que acontecem antes de irem para ringue, porque se não vai haver repetições. Alguém vai fazer um tope suicida, no combate seguinte fazem dois tope suicidas e no combate a seguir fazem três. Parem de tentar fazer mais do que o combate anterior e façam outra coisa diferente. Repetição é algo que eu odeio e sinto que os lutadores não vêem o seu próprio programa se estão a repetir coisas do combate anterior.

Eu adoro ver os Young Bucks a fazer Superkicks. Porque é que há três combates antes dos Young Bucks onde também vemos lutadores a fazer Superkicks? Se fosse eu, era algo que me irritaria.


Pensas que Mark Henry tem razão nestas críticas à AEW?

14 Comentários

  1. Ulisses2 dias

    concordo com o Mark Henry, repetir manobras de combates anteriores constantemente por parte de um lutador ou lutadores pode se tornar chato, mas isso nota -se mais onde ele antes estava antes

  2. Facebook Profile photo

    Tem toda a razão.

  3. Anónimo2 dias

    Tem razão, falou muito bem.

  4. Eduardo2 dias

    Concordo plenamente, esse é um dos grandes problemas de empresas como a AEW e algumas outras indys, a repetição de golpes torna o produto enjoativo. Mas há quem goste de ver os Young Bucks distribuírem superkicks durante 20 minutos e depois assistir mais 5 combates recheados de superkicks.

  5. Alexandre2 dias

    o cara já chega falando mal dos lutadores, tá virando moda os comentaristas da AEW ficar criticando a própria companhia toda hora. Ele deveria falar essas coisas DIRETAMENTE para os lutadores, a todo instante ficar os próprios comentaristas criticando os lutadores publicamente com certeza irá causar problemas em algum momento. Vai lá e faz a crítica diretamente para os caras meu amigo.

    • Surf1 dia

      Agora diz-me, é mentira o que ele disse??

    • VHT1 dia

      Há que ser critico, seja com a tua companhia ou não. Ele pode já o ter dito diretamente para os lutadores, visto que está na AEW e tem contacto com eles frequentemente

    • Alexandre1 dia

      é mentira sim o que ele falou. AEW hoje é a companhia que entrega os melhores combates, e a reação do público ao vivo mostra que é mentira o que ele disse.

    • Anónimo1 dia

      Ele fez uma critica construtiva, não desvalorizou nada, ter alguém experiente como ele para ajudar nestes assuntos é uma mais valia. Independentemente de onde trabalha tem direito a dar a opinião dele, não vai dizer o contrário só para agradar. Não desvalorizou a qualidade dos combates, apenas mencionou coisas que acontecem que podem vir a ser evitadas. Falas na reação do público para justificar que o que ele falou é mentira, não faz sentido, o público pode estar a gostas, mas não quer dizer que não reparem nisso, e que essas coisas não acontecem. Pode-se gostar de uma empresa, mas há que admitir as coisas, e neste caso o Mark Henry tem razão, não disse mentira nenhuma.

  6. Interessante o ponto de vista do Mark, só demonstra que é uma pessoa atenta e que pode ajudar muito a melhorar ainda mais a qualidade dos shows da AEW

  7. Facebook Profile photo

    desafiou o patrão

  8. Facebook Profile photo

    Falou muito bem.

  9. Falou muito bem!