No começo da pandemia, em Março de 2020, Matt Hardy foi um dos primeiros grandes nomes a trocar a WWE pela AEW, optando por deixar expirar o seu contrato com a companhia de Vince McMahon.

Numa aparição no mais recente episódio do podcast AEW Unrestricted, “Big Money Matt” falou detalhadamente dos motivos que o levaram a abandonar a WWE em primeira instância e depois acabar por ingressar na promotora de Tony Khan.

Nos últimos oito ou nove meses em que estive lá [WWE], eles estavam a trabalhar no sentido de eu renovar, especialmente quando a AEW [já] estava na cena. Foi quase como se eles [WWE] não quisessem que ninguém fosse para a AEW. Esse era basicamente o sentimento ou mentalidade lá. Portanto, eles ofereceram-me alguns bons acordos em termos monetários. Eu disse “Mas é importante para mim que também vá ser tratado apropriadamente enquanto wrestler”, porque há um certo “estigma” com Vince e wrestlers mais velhos. Ele simplesmente sente que eles estão acabados.

Eu creio que Tony Khan faz um trabalho magnífico de colocar tipos mais velhos em certas posições onde possam ser bem sucedidos e tu possas otimizar os seus esforços e talentos. Depois de falar um pouco com Vince, eu vi que ele me queria a lutar um pouco mas não pretendia utilizar-me muito em papéis diferentes. Eu nunca queria ser campeão. Eu não quero ser campeão. Eu não preciso de ser campeão. Só quero estar num bom papel em que posso trabalhar com outras pessoas, ajudar jovens, e também manter-me relevante sozinho.

Ele disse: “Sim, mas eu vejo-te a transitar para produtor por trás das câmaras.” Percebo logo que assim que ele diz isso, é isso que está na sua mente. Eu fico do tipo “se eu posso lutar, então eu quero fazê-lo porque tenho noção de que só tenho mais alguns anos de sobra para poder fazer isto, além de que vou fazer mais dinheiro nesse papel”. À medida que o tempo foi passando, eu não assinei [contrato]. Eles disseram: “Ok, bom, nós vamos tirar-te da TV por um bocado.” Eu respondi: “Ok, fixe. Não há problema.” Mais tarde perguntaram “Já estás pronto para assinar? Se o fizeres, podes voltar à TV.”

Eles acabaram por me trazer para TV e pôr-me a trabalhar com alguns tipos jovens e ter eles a ganhar. Não há problema. Nesta fase, eu sou Matt Hardy. Vou ficar bem de qualquer modo. As pessoas sabem quem sou. Já fiz o suficiente. Estou estabelecido. Não vais verdadeiramente mudar esse facto. É quase como se eles estivessem a tentar o que quer que fosse para me forcar a renovar ou eu vou perder combates, ou não estarei em TV, ou qualquer coisa desse género.

No fim, eles fizeram um grande “Hail Mary” onde iria trabalhar com Randy Orton e tinham algumas coisas promissoras, e também um grande contrato monetário que era mesmo excelente e teria sido um ótimo acordo. Estava muito agradecido por isso, mas eu sei que Vince já me via a transitar para um papel de produtor e era aí que iria terminar. Se Vince tem algo definido na sua cabeça, é isso que no final de contas irá acontecer. Ele acabará por te apanhar nisso. É sempre assim.

Portanto, eu falei com os [Young] Bucks e Tony [Khan]. Falámos sobre algumas coisas como lutar numa agenda limitada, e talvez representar alguns tipos. Tony foi simplesmente fantástico no diálogo. Ele foi tão respeitador. Tony Khan é muito respeitador dos tipos que contribuíram para esta indústria. Simplesmente a forma como ele fala contigo, a forma como te trata, a forma como te orienta, tudo. Foi excelente ter falado com ele.

Após ter falado com os Bucks e Tony Khan, a minha decisão estava tomada. Eu sabia que iria para a AEW. Foi uma ótima experiência e não tenho nada a não ser as melhores coisas a dizer sobre Tony Khan, especialmente considerando o facto de lidarmos com ele e ele compensar-te e tomar conta de ti. Ele é mesmo excelente em todos os aspetos, por isso fiquei muito feliz por ter acabado por ingressar na AEW.


Entendes a decisão de Matt Hardy?

5 Comentários

  1. Quando o matt fala do estigma de lutadores mais velhos nao sei onde quer chegar, o goldberg, cena, lesnar sao o plano B do tio… nao é questao de idades, é questao daquilo que eles definem talento, se fores um robo de 2m e meio como Omos és campeao de tag em 1 mês ou 2, se fores realmente alguem de enorme talento és despedido sem veres o ouro alester black

    • Victor Silva2 meses

      Há uma diferença entre o Matt, Cena, Lesnar & Goldberg, esses últimos são Main Eventers na empresa e na mente do Vince, o que consequentemente na cabeça dele é mais dinheiro… no fim do dia tudo vai se resumir nas cifras

    • Kay Orton2 meses

      Pelo produto da WWE hoje, Matt Hardy ficaria uns 3 meses afastado após o segmento com Randy Orton ou estaria com Jeff numa tag team sem valor e teriam conseguido um reinado na pandemia e iam trasitar em ser tag ou solo ou estaria jogado no roster sem aparecer nos shows e indo pro 24/7, por mais que ele ficasse dando ideias, todas seriam jogadas no lixo pelo booking e etc. Temos que ser sinceros, Matt Hardy é um mid card em solo, mas na WWE ele faz a mesma função que nada pra muitos la dentro. Ele está feliz na AEW então ele realmente acertou pra onde deveria ir.

    • Vitor o matt nao é main eventer mas em tag é um dos nomes de maior peso no pro wrestling… a idade é só uma desculpa para o vince e capangas, eles usam quem querem apenas.. como disse tens o omos em meses ja tem 1 titulo no curriculo o black é dos melhores wrestlers do mundo atualmente e teve 0 titulos no main roster e quase nenhuma feud e as que teve sem grande destaque e teve lá 2 anos talvez

  2. Melhor que fez, senão não passava de um jobber!