Durante o Raw desta segunda-feira, Mia Yim fez o seu regresso à WWE e juntou-se aos The OC para fazerem frente aos Judgment Day.

O WWE United States Champion Seth Rollins estava em ringue para lançar o open challenge pelo seu título, tendo os Judgment Day aparecido.

Finn Bálor afirmou que tem contas a ajustar com o “Visionary”, mas antes de oficializar o title match, os The OC também apareceram e todos os lutadores se concentraram no ringue.

Seth Rollins retirou-se e AJ Styles afirmou que a rivalidade entre eles está longe de acabar, mas o “Prince” afirmou que os The OC são algo do passado, e além disso, existe uma vantagem de quatro contra três.

Foi então que apareceu Mia Yim, que atacou Rhea Ripley com um kendo stick.

Esta surpresa abriu espaço para que os The OC levassem a melhor sobre os Judgment Day, tendo AJ Styles acertado um Styles Clash em Dominik Mysterio.

Numa entrevista aos The OC juntamente com Mia Yim, esta afirmou que aquilo foi apenas uma amostra do que ela é capaz de fazer e que agora os Judgment Day já não estão em vantagem.

Mais tarde e também nos bastidores, Mia Yim mostrou-se feliz por ter regressado à WWE e mencionou o seu passado nos RETRIBUTION, tendo ido embora para estar com os The OC.


Qual a tua análise sobre o regresso de Mia Yim à WWE?

5 Comentários

  1. Facebook Profile photo
    Pedro3 meses

    Façam os títulos de trios porque RAW neste momento só tem o título dos Estados Unidos e com stables que wwe tem de momento da ir com essa ideia em frente!

  2. Facebook Profile photo

    Não sei….
    Pouco vi a Mia no NXT. Será que ela “aguenta” a Rhea?

  3. O objetivo aqui não é Mia aguentar com a Rhea mas sim encontrarem alguém capaz de a confrontar para lutarem 3 vs 3 sem interferências e provarem serem melhores que os JD.
    Estou a adorar OC vs JD, Finn vs AJ Styles poderia ser um clássico de WM e acho que pode acabar esta rivalidade num WarGames match.
    Ainda assim eu preferia ver a Charllote com os OC, mas a Mia não está nada mal.

  4. Valia mais a pena ela ter rumado para a AEW onde teria mais destaque e fazer companhia ao marido Keith Lee do que voltar a empresa monopolista onde jaja volta a ser jobber

  5. Anónimo3 meses

    Agora têm alguém para confrontar a Rhea, a Mia Yim é uma boa opção.