Faz login e remove a publicidade
Frank casino

O Impact Wrestling estava a promover um grande combate para o Slammiversary do próximo dia 18 de Julho, onde a campeã mundial Tessa Blanchard ia defender o título contra quatro adversários. No entanto, devido ao movimento #SpeakingOut e outras situações, já nada disso vai acontecer.

Depois da promotora ter anunciado que ia retirar o Impact Wrestling World Championship a Tessa Blanchard e que a mesma estava de saída da empresa, agora anunciou que reforçou a suspensão imposta a Michael Elgin e baniu o lutador dos seus futuros eventos.

Esta decisão foi tomada não só depois das várias acusações que Michael Elgin sofreu durante o movimento #SpeakingOut, mas sobretudo devido a um conflito que, segundo o Wrestling Inc, aconteceu entre ele e Sami Callihan no backstage das últimas gravações do Impact Wrestling.

O site reportou há poucos dias que Michael Elgin e Sami Callihan brigaram por não terem chegado a acordo sobre aspectos de um Triple Threat Match que incluía também Ken Shamrock. Os dois tiveram que ser contidos por Scott D’Amore, um dos principais responsáveis da promotora.

Entretanto, Michael Elgin já foi removido do roster do Impact Wrestling e todo o seu merchandise deixou de ser vendido na loja oficial da promotora de Nashville.

Parece então que Michael Elgin não vai participar em mais nenhum show do Impact Wrestling, estando agora as duas partes apenas à espera que o contrato do lutador chegue ao fim. Em reação a esta notícia, Michael Elgin publicou a seguinte mensagem na sua conta de Instagram, mas entretanto desactivou a conta.

Agradeço o tempo e as oportunidades que me foram dadas no Impact. O balneário, a equipa de filmagem e todos os responsáveis da empresa com quem tive o prazer de me associar. Espero que o tempo ajude a resolver as coisas. Por agora, tenho que olhar para o lado positivo, tenho mais tempo para estar com o meu filho e recuperar o tempo perdido.


Achas que o Impact Wrestling dez bem em banir Michael Elgin?

9 Comentários

  1. Era o maior nome no ME do Slammi, para tirar o título á Tessa. Goodbye Elgin.

  2. Bem se havia provas não havia mais nada a fazer

  3. Mais um bom talento metido em confusões destas.
    É pena que isto aconteça,e vendo as acusações de que é alvo não só pelo #speakingout como por confusões dentro da empresa deixam o Elgin numa má posição.

  4. É uma pena, gostava do trabalho de Michael Elgin no Impact Wrestling. Todavia, a decisão da empresa é compreensível depois de todo este “buzz” negativo à volta do Elgin.

  5. Facebook Profile photo

    Andamento oupa 🤣🤣

  6. Não há nada a dizer. Se está envolvido nas alegações, então só há uma decisão a tomar. E se arranjou confusão backstage porque “ele e o Sami não chegaram a acordo sobre aspectos de um combate”, então também não deve ser um grande profissional. Good riddance.

  7. José do Japão1 semana

    esse cara uma hora ou outra vai acabar ficando se emprego, já teve problemas no passado, teve problemas na njpw e na ROH e agora na impact, um grande talento mais tbm parece ser um cara difícil de se lidar, uma pena.

  8. El Cuebro1 semana

    E lá se vai mais um nome grande do Impact da luta que iria ter o World Title em disputa, sem Tessa e sem Elgin, restaram Eddie, Ace e Trey, acredito que isso pode quem sabe colocar Sami Callihan e Moose nessa disputa, confesso que o Michael foi meio injustiçado naquele Bound for Glory onde ele deveria ter combatido a Tessa e o Eddie e assim se tornar o novo campeão talvez, mas pena ver isso, ainda mais se as acusações forem realmente sérias como parecem!

  9. Anónimo1 semana

    É perfeitamente normal esta decisão por parte do Impact.