CM Punk auto-intitulava-se o “Real World Champion” e parecia inevitável o confronto com o AEW World Champion, o que acabou por não acontecer.

MJF rumou ao Collision para confrontar CM Punk, que dizia nunca ter perdido o título mundial da AEW. Só que depois do incidente nos bastidores do All In, o lutador acabou por ser despedido por Tony Khan.

Em entrevista a Ibou do WrestlePurists, MJF explicou porque nunca confrontou CM Punk:

Nunca comentei o assunto. Digo-vos porquê. Não sou exatamente um homem de empresa. Quase fiz com que a nossa empresa fosse expulsa da Turner.

O facto é que o Collision é muito importante, é super importante. Por isso, na altura, ter um tipo daquela estatura era algo por que toda a gente naquele show podia lutar, porque, realisticamente, por muito que o Tony Khan deseje clonar o MJF, eu não posso estar em todo o lado ao mesmo tempo.

Não tive qualquer problema com isso. Achei que fazia todo o sentido do mundo.


Pensas que MJF deveria ter confrontado CM Punk?

6 Comentários

  1. Tosse10 meses

    Não disse nada

  2. El Cuebro10 meses

    Se esquivou pouco, mas até entendo isso, imagino que ele não quis causar polêmicas.

  3. Alex Kidd10 meses

    Essa tradução tá certa?
    Entendi nada.

  4. É, como o Cuebro diz ele esquivou a pergunta mas ele basicamente queria dizer que não poderia partir dele esse desejo e que o Tony tinha outras ideias para ele.

  5. Ahah o MJF tem uma bazófia do c*lh, ali a dar a ligeira impressão de que é melhor que o Punk (nada contra quem acha isso, mas para mim não é, mas é muito bom e muito novo) 😂😂
    Mas fica bem na personagem dele 🙂