A NJPW realizou na noite deste sábado no Japão, ainda de manhã em Portugal e Brasil, mais um grande evento e desta vez foi a primeira noite do Wrestle Grand Slam que aconteceu no MetLife Dome, em Saitama.

Como main event tivemos o IWGP United States Championship Hiroshi Tanahashi a defender o seu título contra Kota Ibushi, e foi o campeão que saiu como vencedor deste embate e assim reteve o seu título.

De destacar também: o combate entre Kazuchika Okada e Jeff Cobb; o embate entre Chase Owens e Toru Yano num No DQ I Quit Match pelo KOPW 2021 Provisional Championship; e a entrada de SHO para o Bullet Club.

Resultados

– Momo Watanabe & Saya Kamitani venceram Maika & Lady C (Stardom Showcase)
– Robbie Eagles & Tiger Mask venceram Hiromu Takahashi & BUSHI
– SHO venceu YOH
– Toru Yano venceu Chase Owens (No DQ I Quit Match)
– Jeff Cobb venceu Kazuchika Okada
– IWGP United States Champion Hiroshi Tanahashi venceu Kota Ibushi

Vídeos

Watch Wrestling


O que achaste desta primeira noite do NJPW Wrestle Grand Slam?

4 Comentários

  1. El Cuebro3 semanas

    Antes de tudo bom ver o Kota Ibushi de volta, é bem vê-lo recuperado e grande luta frente ao Tanahashi, mestre Ace está bem demais! Também bom ver a ação da Stardom abrindo o show, que isso se torne mais comum, aliás seria bom ver um IWGP Women’s Title algum dia! A rivalidade dos ex-companheiros de dupla Sho e Yoh está boa demais, uma dupla interessante entre Eagles e Tiger e ainda outra grande luta entre Cobb e Okada, bom ver a NJPW voltando aos shows, mesmo com os prejuízos causados pela covid até agora, que tudo dê certo lá e que todos fiquem bem!

  2. Já fazia algum tempo que não via alguma coisa num show da NJPW. Tive que ver alguns resumos de shows anteriores para ver o contexto para o Wrestle Grand Slam e ora aqui vai.

    Gostei:
    – Robbie Eagles & Tiger Mask vs Los Ingobernables de Japon. Um bom combate de abertura entre 4 ótimos lutadores. Eagles & Tiger Mask continuam a formar uma boa parceria e Los Ingobernables de Japon continuam a ser uma stable exemplar. Robbie Eagles consegue a vitória com o seu leg lock brutal.
    – YOH vs SHO. Os 2 ex-membros dos Roppongi 3K enfrentaram-se neste combate emocional. YOH tentou mostrar que a amizade valia mais a pena do que isto e SHO fez um ótimo trabalho como heel. SHO consegue a vitória neste ótimo combate.
    – Após o combate, os Bullet Club apareceram e oferecem uma camisola da “House of Torture” a SHO, com este a aceitar. Um bom segmento.
    – Kazuchika Okada vs Jeff Cobb. Mesmo com o público morto devido ao combate anterior, estes dois partiram a casa, como seria de esperar. Ambos estiveram fantásticos, num combate que obrigou Okada a procurar fundo dentro de si próprio. A intensidade foi perfeita, bem como o storytelling. O final também é muito bom e Jeff Cobb consegue a merecida vitória. Vejam este combate!
    – Kota Ibushi vs Hiroshi Tanahashi. Bom ver que está tudo bem com Ibushi. Devido aos combates anteriores entre ambos, a fasquia estava alta. O combate não atingiu essa fasquia mas, mesmo assim, é um combate incrível. O combate foi curto para preservar Ibushi mas ainda assim foi excelente. Tanahashi vence! Vejam este main event!

    Não Gostei:
    – Toru Yano vs Chase Owens. Que horror… Eu geralmente não gosto de exagerar na negatividade, mas este I Quit Match fez-me dizer I Quit a meio. A química era inexistente, os spots desnecessários e foi lento. Este combate matou o público completamente. Yano consegue a vitória.

    Overall: 7/10. Uma mistura de combates bons, excelentes e horríveis. Os últimos 2 combates são o destaque óbvio. Os primeiros 2 combates variam entre o bom e ótimo. A I Quit Match só tem de destaque o regresso do velho Yano. De resto… raios me partam. Também estou curioso para ver a House of Torture.

  3. Anónimo3 semanas

    Bom combate entre o Okada e Cobb.

  4. Adam Cole3 semanas

    Acho que no futuro vai ter um embate Kota Ibushi vs Kenny Omega pelo US Championship, talvez no Double or Nothing ano que vem